História Era uma vez - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Turma da Mônica Jovem
Personagens Aninha, Carmem, Cascão, Cebola, Denise, Do Contra, Eduardo "Dudu", Irene, Magali, Maria Cebolinha, Maria Mello, Marina, Mônica, Penha, Personagens Originais, Titi, Toni, Xaveco
Tags Turma Da Mônica Jovem
Visualizações 44
Palavras 1.111
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi gente voltey com esse capítulo,quero dizer que teve uma total mudança em relação aos planos dos próximos capítulos,então resolvi seguir esse jeito, isso porque mais pra frente eu quero que aconteça coisas e pra isso precisa ser desse jeito ♥ Espero que gostem♥

Capítulo 10 - Memórias passadas


Fanfic / Fanfiction Era uma vez - Capítulo 10 - Memórias passadas

Anteriormente em ‘Era uma vez’

 E aí gente? Estão se acostumando com essa idei a? - Perguntou Xavecão

 

- Xaveco, você conhece essa obra prima - Disse Penha sussurrando para Xaveco

- É claro que eu conheço. É o Xavecão! Um amigo meu!

- Como você nunca me apresentou ? Hoje não estaria encalhada

- Estamos procurando a Sofia, o Rodrigo, a Ariana e o Cássio - Disse Magali deixando um longo silêncio até que é quebrado...

***

- Monique. Você não sabe aonde estão eles? Quer dizer, você não sumiu - Perguntou Xaveco 

- Ela não sumiu porque foi ela quem fez o desejo. - Informou a fada azul aparecendo - Existe somente um jeito de saber aonde suas criança estão.

- Qual? - Todos falaram em coro

Em um movimentos com as mãos, a fada fez aparecer um globo,com a capacidade de encontrar algum parentesco apenas espetando o dedo na parte pontiaguda do globo

- Esse globo vai dar a localização exata de seus filhos. Cascão e Xaveco. Venham aqui

Os rapazes se aproximaram da fada que, com magia pôde aumentar seu tamanho.

- Agora espeta seu dedo e espere o globo fazer tudo.

Cascão espetou o dedo na parte pontiaguda do globo e em questão de segundos o globo deu a localização exata aonde seus filhos estavam

- Aonde fica isso? - Cascão pergunta

- Oh não! - Exclamou a fada boquiaberta - Eles estão em um lugar temido para todos os habitantes da floresta encantada. Com exceção do Capitão Gancho.

- E aonde eles estão? - Perguntou Magali preocupada

- Terra do Nunca. - respondeu a fada

- Terra do Nunca... Terra do Nunca.. Eu já ouvi falar desse lugar no nosso mundo - Disse Mônica - É o lar do Peter Pan

- Ele é perverso. O diabo em pessoa. - Disse a fada

- Então deixa eu ver se eu entendi. Os pirralhos estão no lugar mais perigoso desse reino maluco e estamos prestes a ir pra salvar eles? - Questionou Penha

- Claro fofa, você acha que eu vou deixar meus filhos em um lugar temido ? - Disse Denise

- Contudo, a um problema - Disse a fada - Só o Capitão Gancho sabe como chegar a Terra do Nunca. Já o Cebola...

- Ótimo! Nossa melhor chance depende do meu cunhado, estamos lascados - Disse Penha

- Azul - Disse Monique - Você pode trazer a memória do Capitão Gancho ao meu pai?

- É possível. - Respondeu a fada

- Cebola. Amor. Você quer mesmo voltar a ser um pirata ambicioso? vamos dar outro jeito.. Sei que podemos

- Mô, eu entendo. Mas sem às memórias do Capitão nunca vamos saber onde eles estão. Nós vamos vencer, sempre vencemos!

Cebola estava determinado em voltar com as memórias do Capitão Gancho mesmo tendo que abdicar de sua memória atual.

- Cebola. Está pronto? - Perguntou a fada com a poção de memória

- Sim. Mas antes - Cebola se aproxima de Mônica e da um beijo longo e intenso em sua boca. Assim que o beijo acaba Cebola vai até sua filha Monique e da um abraço apertado - Estou pronto!

A fada entrega a poção para Cebola tomar. Cebola ficou analisando o frasco antes de tomar. Ele queria ter certeza que está fazendo a coisa certa. Com às mãos levou o frasco até sua boca e tomou até o último gole. Todos ficaram em silêncio esperando a poção fazer efeito no rapaz de 5 fios. Mônica estava aflita e preocupada com o que poderia acontecer, seus olhos estavam lacrimejantes , sentia que ia acontecer algo de ruim com seu marido naquele estado. Cebola estava no chão com os olhos fechados

- Ele morreu? - Perguntou Penha olhando para Cebola

- Shiu!! - Disse Mônica

Minutos depois um silêncio predominou ao redor dos amigos só podiam ouvir a respiração ofegante de cada um. Cebola despertou

- Maldição. Aonde é que estou? - Disse Cebola se levantando com a mão na cabeça - Quem são vocês? E... Uau quem é esta bela donzela que está com a espada apontada para mim - Disse Cebola olhando pra Mônica

- Ih ele virou um cafetão, to vendo tudo - Disse Denise para Xaveco

- Ah princesa Denise, me poupe seus comentários desnecessários e agora me respondam! Aonde estávamos? - Perguntou o pirata

- Floresta encantada. E agora você vai nos ajudar a resgatar meus filhos - Disse Magali

- E por que eu ajudaria um monstro que nem você. Chapeuzinho - Disse Cebola rindo

- Porque - Disse Aninha aparecendo - Você quer matar o Senhor das Trevas.

- Ora ora, se não é a empregada medíocre dele - Disse Cebola se aproximando - Então amor, por que quer ver tanto a morte de seu amado crocodilo? - Perguntou Cebola arqueando sua sobrancelha

- É um acordo. Você nos ajuda e eu digo aonde ele está - Disse Aninha

- Justo. Mas pra onde os heróis desejam ir? Caso não saibam só um feijão pode nos levar a qualquer reino e eu estou disposto a emprestar meu navio.. Por falar nisso... Cadê o Jolly Roger ?

- Não está tão longe daqui. - Comentou Monique

- Maruja Monique que bom reve-la - Disse Cebola

- Muito bom te ver também - Disse Monique abraçando

- Vocês se conhecem ? - Perguntou Mônica em duplo sentido

- Sim. Está menina ia me ajudar a atrapalhar o seu casamento com o Do Contra e matar o Senhor das Trevas.

- Atrapalhar? Um pirata tão impiedoso como você ia atrapalhar? - Disse Mônica de forma irônica

- Você até me excita quando não está com está espada apontada para mim. Bom voltando, aonde está o feijão ou algo para irmos a.. Aonde vamos? - Perguntou Cebola

- A Terra do Nunca - Disse Cascão

- Eu não piso lá a décadas , desde que trabalhei temporariamente para Pan. Por sorte, eu sei cada centímetro daquela ilha amaldiçoada mas sem um feijão não posso leva-los.

Penha estava tentando usar sua magia que acabou adquirindo com a maldição. Em um movimento das mãos fez aparecer um feijão num piscar de olhos

- Yeh - Disse Penha vitoriosa – Gente, eu acho que quando eu era a Rainha Má os poderes permanecerem e olhem só? Consegui fazer um feijão mágico

 

Todos ficaram contentes com a noticia e estavam se preparando para zarpar no navio do Capitão. Enquanto todos subiam restou apenas Mônica e Cebola.

 

- Hey, queria agradecer por você estar nos ajudando,você pode não se lembrar mas.. Foi/é uma pessoa especial para nós – Disse Mônica abraçando-o

- Obrigado... Eu acho.

 

Continua...

 

 


Notas Finais


Cena fofinha de Captain Sousa ♥ Espero que tenham gostado do capítulo
Um beijo e um queijo moresx ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...