História Era uma vez... KLAROLINE - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Caroline Forbes, Klaus Mikaelson
Tags Klaroline
Visualizações 111
Palavras 1.803
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi meus lindos estou de volta e agora com novas novidades nesse capítulo acontecerá algumas coisa
Vou ficando por aqui e até as notas finais.

Beijinhos no ar

Capítulo 4 - O retorno


POV CAROLINE

 

Após eles irem embora , fiquei  me lembrando daquele beijo,  do que ele me disse sobre ter me dado o meu primeiro beijo, ele tinha razão nunca havia beijado ninguém, sempre foi só eu meus irmãos meu pai e o único homem mesmo, que conheci fora eles foi nosso jardineiro Matt Donanvan, e eu não tinha nenhuma atração por ele, ele é até bonito, mas sempre esperei  por aquele homem que me deixasse sem palavras e ao mesmo tempo me questionasse e não concordasse sempre comigo só porque sou bonita, e o príncipe me fazia isso, eu faria de tudo pra não demonstra o que estava se passando comigo pra ele, iria dar a ele o prazer da dúvida, iria ser muitas vezes amável e logo após o trataria mal.

-Irmã!

-Oi, Damon.

-Tá pensando naquele beijo?

-De certa forma sim.

-Gostei do que você disse a ele, isso deixa o homem louco.

-E o que eu disse pra fazer tal coisa?

-Dito que já tinha recebido beijos melhor do que o dele, só deu azar que ele percebeu que realmente era seu primeiro beijo, mais não se preocupe pois ele não tem como saber se é verdade ou não.

-Você irá me ajudar a conquista ele Damon?

-Nós iremos irmã, pois precisamos que vocês consigam mudar essa lei maldita que obriga alguém a casar com alguém sem amor.

-Eu amo, vocês dois irmãos, sempre serão meus irmãos.

-Também te amo irmã.

-Eu também.

-Acabei de mandar noticias pra seus pais o rei e a rainha se prepare que daqui a pouco iremos pro reino de Perfect Love.

-Pode deixar irmão já estou com tudo organizado, apesar de saber que ganharei roupas reais.

-Ótimo então vou organizar as minhas.

-E eu também.

ENQUANTO ISSO NO REINO DE PERFECT LOVE

 

Pov autora.

O guarda entrou na sala do trono, correndo com uma informação sobre a princesa desaparecida.

-Vossa majestade trago noticias boas.

-E qual seria?

-Mande chamar a rainha que isso envolve ela também.

-Ok

O rei mandou chamar a rainha pra sala do trono pra saber que noticia era assim tão boa. Quando a rainha chegou o guarda foi logo falando.

-Vossas majestades, encontramos a princesa perdida.

A rainha ficou radiante de tanta felicidade finalmente teria sua filha de volta mesmo que por pouco tempo, pois logo se casaria com o príncipe herdeiro de Hope Dream.

-Que maravilhoso, isso sim é uma boa noticia, e aonde ela está?

-Em uma propriedade bem vasta dentro da floresta, meu rei.

-Então vá buscar ela logo, quero poder dar um abraço em minha filha.

-Pode deixar meu rei já mandei os melhores guardas pra irem buscar ela, agora tem um porém.

-E qual seria?

-Vou lhe explicar vossa majestade. A princesa foi criada pelo duque Salvatore, junto com seus dois filho, a cerca de uma semana ele veio a falecer e o um dos filho dele veio me procurar de imediato não acreditei muito pois poderia ser uma impostora, foi quando ele mostrou as roupas com que ela foi levada e uma pulseira com o brasão real, ele me confirmou que o seu pai havia raptado a mesma e criado ela como filha, e que em seu leito de morte teria contado pra ela quem ela era realmente, e que ela procurasse nós e fosse feliz e que levasse seus dois filhos com ela pra cá, fiquei meio assim e fui até a propriedade pra ver ela se ela teria alguma característica com a princesa e quando a vi ela é cara da rainha mas tem os olhos do rei, e é uma exigência dela que os irmãos como ela os chama venha junto com ela.

-Por mim tudo bem, meu marido.

-Tá certo tudo bem querendo ou não eles cuidaram dela

-Quero que mande uma mensagem pra o rei e rainha de Hope Dream, pra me mandarem a princesa Liliane pois a verdadeira pretendente do príncipe foi achada.

-Pode deixar vossa majestade.

 

NO REINO DE HOPE DREAM

Tudo corria bem no castelo quando, os guardas de Perfect Love chegaram.

- Vossa majestade tem um mensageiro do reino de Perfect Love ai fora querendo falar com o senhor.

-Pode mandar entrar.

-Tá certo, majestade.

O guarda foi até fora e mandou o mensageiro entrar. Quando ele chegou na sala do trono a família real já se encontrava na sala. Estava lá o rei Mikael, rainha Esther, príncipe Niklaus e a princesa Rebekah, juntamente com a princesa Liliane.

-Pode falar mensageiro o que meu querido amigo e rei Bill Forbes mandou me dizer?

-Primeiro venho informar que a Princesa Caroline foi encontrada, segundo que o rei me pediu pra levar a princesa Liliane de volta, pois ele mandará a princesa prometida a seu filho e terceiro que haverá um baile pra comemorar a volta da princesa daqui a uma semana e sua família foi convidada.

-Que grande noticia. Pode dizer ao rei que tudo bem, e que irei pra o baile juntamente com minha família. Disse o rei Mikael. –Princesa Liliane, vá arrumar suas coisas pra ir com ele.

-Obrigada vossa majestade.

A princesa saiu radiante da sala do trono pra arrumar suas coisas. Enquanto isso o príncipe Niklaus ficou preocupado com essa nova princesa como seria ela? Tinha se visto livre da princesa Liliane, e dava graças por isso pois não sentia nenhuma atração e graças a esse motivo tinha conseguido autorização pra também ficar com a linda jovem que havia conhecido, mas agora será que isso mudaria? Tinha que ir novamente até a casa dela e tinha que ter custe o que custar uma noite de amor com ela, por isso decidiu que quando a noite chegasse iria lá e faria isso.

-Irmão?

-Oi, Rebekah, o que você quer.

-Só conversar, fiquei sabendo que conheceu alguém?

-Mamãe já foi falar pra você?

-Não eu estava passando na hora que você, estava contando pra ela.

-Coisa feia irmã, não aprendeu que é feio escutar atrás da porta?

-Aprendi sim, mais sou curiosa.

-Verdade, isso é mal de família, todos nós somos.

-Então, me fala sobre ela, ela é bonita? E como se chama?

-Tá, eu vou contar a você. Sim ela é linda, tem cabelos loiros como o seu e olhos azuis lindos, e por incrível que pareça e apesar de já a ter  beijado duas vezes, ainda não sei seu nome.

-E você tá apaixonado por ela?

-Não sei Rebekah, me sinto diferente, e a única coisa que sei é que tenho que tê-la em minha cama.

-Isso se chama paixão irmão.

-E o que você entende disso querida little sister?

-Já tive uma paixão, mais ele simplesmente sumiu.

-Vocês chegaram a... você sabe.

-Não irmão, ainda sou virgem, mais trocamos muitos beijos, e nunca consegui esquecer desse beijo.

-Entendo irmã, posso pedir sua ajuda para algo?

-Fale, sabe que sua irmã sempre faz o que você pede?

-Sei sim, eu quero sua ajuda pra distrair nossos pais, que hoje a noite irei até ela pra tê-la só pra mim.

-Posso sim irmão.

Os dois continuaram a conversar por um longo tempo, sobre a nova princesa e a linda senhorita que havia conhecido o que ele não sabia era que ambas eram a mesma pessoa.

 

NA MANSÃO SALVATORE

Os guardas chegaram pra levar a linda princesa pra o castelo e pra sua família. Bateram na porta e quando a mesma se abriu viram a linda princesa.

-Já esperava vocês, vou pegar minhas coisas e chamar meus irmão para irmos.

-Tá certo alteza , esperamos você aqui.

Caroline foi até seu quarto pegou suas coisas e chamou os irmãos pra lhe ajudar a levar um baú pra baixo junto com as coisas deles, os guardas ajudaram a levar tudo pra carruagem , a mesma entrou junto com os irmãos na carruagem e foram pra o castelo. Depois de uma hora de viagem, chegaram ao pequeno reino de Perfect Love, as ruas estavam um alvoroço pois todos queriam ver a princesa perdida, quando a mesma chegou no castelo havia uma multidão de pessoas, ela saiu da carruagem e todos fizeram uma grande comemoração por ela ter sido encontrada, a rainha não aguentou tamanha alegria por finalmente ver sua linda filha novamente e  foi correndo abraça-la, Caroline ficou surpresa mais abraçou-lhe também, a rainha chorava copiosamente, e Caroline se sentiu amada por ela e não conseguiu aguentar as lagrimas e juntamente com a mãe chorou. Mãe e filha ficaram assim por um bom tempo, depois disso a rainha foi apresenta-la ao pai e a sua irmã que já havia chegado.

-Filha esse aqui é seu pai.

-É um prazer conhecer o senhor. Disse Caroline estendendo a mão pra ele.

-Não precisa me chamar de senhor filha, sou seu pai pode me chamar de pai.

-Me desculpe, é por que... vocês devem saber da historia e apesar de ele ter sido tão maldoso com vocês privando-os de meu crescimento ele foi meu pai e muito bom por sinal, e mesmo que ele tenha feito isso não consigo o odiar ele e sim ama-lo pois foi isso que ele me deu até o final  de sua vida e aprova disso foi que ele me contou toda a verdade. Eu peço um tempo pra me acostumar.

-Eu entendo você filha e pode deixar, que vou esperar o tempo que for pra você me chamar de pai. Agora deixa eu lhe apresentar essa aqui é sua irmã a princesa Liliane ela nasceu um ano depois que você havia sido sequestrada.

Caroline olhou pra sua irmã, e se aproximou dela e lhe deu um abraço, esperava que as duas fossem grandes amigas , Liliane retribuiu o abraço e agradeceu mentalmente por sua irmã ter aparecido e queria o mesmo que Caroline ser amiga dela. Caroline depois se afastou e foi apresentar Damon e Stefan.

-Esses aqui são meus irmãos Damon o mais velho.

-E o mais bonito. Disse ele arrancando alguns sorrisos da família real.

-E o mais convencido também. Disse Caroline ainda rindo. –E esse é o Stefan.

-Prazer vossas majestade. Estendeu a mão pra todos que estava lá.

Depois todos entraram pra dentro do castelo, Caroline foi levada pra seu quarto ainda com todas as suas coisas que seus pais tinham comprado pra ela ao longo dos anos ela ficou maravilhada com tanta coisa que tinha nele. Mais como estava cansada se deitou na cama e logo dormiu.

POV KLAUS

Sair do castelo e fui até a casa da minha amada mais chegando lá, vi que o lugar não tinha mais ninguém, me senti desiludido por não a encontrar lá, voltei pro meu castelo e fui atrás de Rebekah pra contar o que havia acontecido, mas a mesma já havia dormido, entrei em meu quarto triste pois pensava que nunca mais iria ver ela novamente, me deitei e dormir.


Notas Finais


Espero que tenham gostado desse capítulo.
E ai pessoal o que vocês acham que irá acontece?
Qual será a reação do príncipe Niklaus quando descobrir quem é a Sweet dele?
Próximo capítulo haverá o baile e teremos um momento Klaroline.

Até a próximas.
E beijinhos no ar pra vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...