História Era uma vez uma batata - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Batata, Troxas, Vida
Exibições 9
Palavras 315
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Canibalismo, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


foltaaaaiiii MEXMO SERA Q O AKISE FELA DA POLTA FAI MORE?

Capítulo 19 - 19 eu acho


Fanfic / Fanfiction Era uma vez uma batata - Capítulo 19 - 19 eu acho

Nós 3 já tínhamos ido embora, Akise estava louco, disso todo mundo já sabia, mas agora...Como vamos fugir dessa merda de casa?

-Merda...Estava tudo indo tão bem...Até aquele humano pegar os alimentos do porão...- Castiel disse com os braços cruzados olhando pro chão emburrado. Herb não disse nada, só concordou com a cabeça e ficou quieto.

-Okay....Eu que comecei esse tumulto todo então...Eu vou terminar.- Falei parando de andar logo depois.

-Como assim você começou? Você não tem culpa de nada, foi só um acidente!- Castiel disse parando de andar também e ficou me encarando.

-Eu não tenho culpa de nada?- Falei me virando para Castiel. - Quem foi que obrigou as meninas de ficar no porão?

-M-Mas...Elas foram pra lá por que queriam...Não é? - Herb disse tentando se aproximar, mas Castiel o impediu com o braço.

-Por acaso você mandou um humano pegar elas Alex?- Castiel falou irritado. - Por acaso você fez o Akise ficar maluco?

-Ugh...Pelo amor da laranja do céu Castiel...Você só sabe brigar? Só me deixa tentar fazer a gente sair dessa merda de lugar, ok?- Herb estava puxando a manga da jaqueta de Castiel, então o mesmo logo parou e cruzou novamente os braços emburrado.

-Ok...- Castiel resmungou fazendo um biquinho com a boca e Herb apertou a bochecha esquerda dele.

 

-POV'S Ellie-

Estava esperando o momento certo para fugir, vi a mulher se afastando da porta e sai correndo. Estava tão animada quando passei pela porta que nem vi o menininho na minha frente.

-Ah...Mãe...- Sem querer, bati no pé do menino.- ....OLHA MAIN UMA BATATA!!- O menino gritou com uma felicidade inexplicável.

-AI MEU DEUS EU NÃO ACREDITO! QUERIDO VAI TER PURÊ HOJE A NOITE!- Eu não estava entendendo mais nada.

-aeee porra- Consegui ouvir uma voz tão longe, estava difícil de escutar. Então a mulher me pega e me joga na pia ligando a torneira. 

 

 


Notas Finais


aeee porra


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...