História Ero Kazoku!! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ecchi, Hentai, Incesto, Loli, Oppai
Exibições 3
Palavras 660
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Famí­lia, Harem, Hentai, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Yoo leitores, essa é minha primeira fic Hentai. E na realidade, tô até meio com vergonha de postar kk mas enfim aí vai... Espero que gostem, boa leitura.

Capítulo 1 - Reencontro.


 O calor estava de matar, como já era esperado do primeiro dia de verão. Eu sou Kuma, tenho dezesseis anos e acabo de completar o meu último ano do ensino fundamental. As férias de verão acabaram de começar e eu resolvi viajar para a casa da minha tia. Demorei quase quatro horas pra chegar aqui, quando sai da rodoviária, peguei o táxi. O trânsito estava calmo e ventava forte, mas nada disso mudou o fato de estar muito quente. Quando cheguei na casa de minha tia pensei estar no endereço errado, uma enorme casa estava a minha frente, e se não me engano, a oito anos atrás, da última vez que vim aqui, essa casa não tinha nem porta direito. Tirei minhas malas do porta malas, paguei o taxista e ele foi embora. Ao tocar a campainha, uma bela garota morena com um belo corpo veio até a porta me receber.
- Olá.
- O-Oi
Ela estava vestida somente com um short de pano fino e uma blusa larga, qualquer um que olhasse bem perceberia que ela estava sem peças roupas íntimas. Tinha um corpo lindo, pernas perfeitas, uma cintura fina e belos seios. Os seus seios médios chamavam a atenção naquela blusa quase transparente.

- Vai ficar aí olhando meus peitos ou vai falar o que quer moço?
-Ah, desculpe. Essa...é a casa dos Kerovyns.
- É sim, o que deseja?
- É que, bom, eu sou sobrinho da dona da casa, a senhora Lene.
A garota morena olhou pra mim com um brilho no olhar e disse entusiasmada:
-Então é você?!
Entra, entra. Ela está resolvendo umas coisas no serviço e logo logo chega.
- Tudo bem, e.. só mais uma coisa... Quem é você? Trabalha pra ela ou algo assim?
- Não se lembra de mim né?
- Nos conhecemos?
- Claro que a gente se conhece, priminho.
- Brenda?!
- Acertou Kuma, mudei um pouco desde a última vez né? - disse Brenda com uma voz doce aproximando sua boca da minha.
- S-sim, mudou bas-bastante. - Disse meio envergonhado.
- Eu sei Kuma, você também mudou. - Diz ela ainda com uma voz doce aproximando seu corpo do meu.
-Hey Bren-.
- Silêncio Kuma...
Então ela encostou seu corpo no meu, aproximou mais sua boca, olhou no fundo dos meus olhos e me empurrou no sofá que estava atrás de mim.

-Primo tarado. Tome jeito. -  disse Brenda enquanto ria
-Baka.- Eu disse meio envergonhado.
- vou tomar um banho e trocar de roupa, daqui a um tempo a mamãe chega, se quiser tomar um banho tem outros banheiros pela casa. Seu quarto foi preparado especialmente, por mim, é o último do corredor da direita, lá em cima. Sinta-se em casa.
Obrigado, Brenda.
Peguei minhas coisas e fui até meu quarto, meio abismado, nunca imaginária que aqueles garota gostosa até exageradamente seria minha priminha, não posso crer, preciso...ver de perto.
Após deixar as malas no quarto, caminhei lentamente até o quarto de Brenda e a porta estava aberta, entrei lentamente até a porta de seu banheiro e a observei. Ela tirou a roupa,urinou, e ligou a água. Que belo corpo, seus seios com os bicos rosadinhos igual aos seus lábios, também igual a suas partes íntimas. Ao ver aquela cena não consegui evitar a ereção, minha bela priminha tomando banho. Tirei algumas fotos com meu celular, mas somente para guardar. Comecei a me masturbar diante daquela cena, mas antes que eu pudesse terminar, ela sai do banho.
Quando fui sair do quarto ouvi minha tia no corredor então não poderia sair pela porta, também não poderia ficar no armário já que ela precisaria vestir roupa, então deitei em baixo da cama e esperei que ela se troca-se. Enquanto ela se trocava, sem querer esbarrei no pé da cama fazendo um alto barulho. Ela ainda nua, se abaixou, olhou nos meus olhos e disse:
- Vejo que temos um pequeno espinha aqui.. não é... Kuma?
-Ferrou...


Notas Finais


Então é isso pessoal, obrigado por terem lido e espero que tenham gostado. Deixe sua opinião nos comentários, beijos e tchaaau.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...