História Errado - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias ASTRO
Personagens Moonbin
Tags Astro, Imagine Moonbin
Visualizações 12
Palavras 1.197
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esse capítulo é só para explicar um pouco sobre a vida do Binnie e do seu ponto de vista na festa com Suho.

Capítulo 4 - 4


Fanfic / Fanfiction Errado - Capítulo 4 - 4

[POV] Moonbin

Devo começar a contar minha história para vocês? Bom meu nome é Moon Bin, tenho 25 anos ( não é a idade real dele crianças😂☺) Moro com minha vó Lucy de 58 anos,  ela quem me criou e fez ser assim. Aos 13 anos matei a primeira pessoa. Minha vó parece uma vampira digamos assim? Pois é, me nego acreditar nisso, prefiro achar que ela tem sérios problemas. Mas ela não só se alimenta de sangue, como da carne deles, pelo simples fato dela achar saborosa. Ela apenas gosta de matar as pessoas por prazer.

Isso para mim já era normal, ajudava ela a trazer pessoas, para ela fazer essas coisas. Ela matou todos de nossa rua, um por um, quase ninguém comentou na época pois era e ainda é um lugar desconhecido por alguns. Minha vó dizia que meus pais me abandonaram, eu superei isso, mas era horrível quando chegava o dia dos pais ou das mães. Nunca me interessei em saber mais sobre eles, minha vó sempre esteve comigo.

Eu cresci estudei, e comecei a trabalhar como secretário de um cara dono de uma das empresas mais famosas e ricas da cidade. Junmyeon, meu amigo e meu chefe.

 Saimos para beber juntos diversas vezes, ele sempre foi um cara legal comigo, tinha uma sorte grande, mas ele era um tremendo de um babaca. 

De uns dias pra cá, comecei a analisar minha vida, alguma coisa estava faltando e eu não sabia o que era. Pensei na possibilidade de viver trancado fazendo das vontades de minha vó, então resolvi que seria a última vez que faria isso ( mataria pessoas). Pensei em viver minha vida longe de minha vó, eu só não sabia como faria isso.

Flashback on  ( dia do ocorrido com S/n)

Fui convidado para uma festa com Suho ( Junmyeon), ele bebeu muito, eu apenas fingia que bebia, odeio bebidas alcoólicas.  Eu estava sentado num banco junto com Suho, ele observava as mulheres à procura de uma para passar a noite. Uma garota de cabelos lisos e pretos veio em nossa direção mas para falar com Suho.

???- Junmyeon! - sorriu e dando um beijo no rosto de Suho

Ela nem havia notado minha presença

Suho- Hyeri, veio mesmo hein? 

Hyeri- Sim, vim junto com minha amiga S/n! Se lembra? Falei muito dela para você.

Suho- Oh, sim...até demais - olhou para mim tentando achar uma desculpa para sair dali

Hyeri- Falei de você para ela também, mas a mesma anda ruim. - fez uma expressão de triste - ela terminou o namoro e esta arrasada.

Suho- É mesmo? - disse olhando para uma mulher loira que o encarava

Hyeri- Ela deve estar lá fora - falou apontando para porta - se quiser falar com ela - deu um sorriso malicioso - qualquer coisa vou estar com o Lay - saiu 

Suho- Garota chata! - revirou os olhos

Binnie- Ela parece mesmo gostar da amiga...

Suho- Okay, vou pegar essa garota! Mas vou foder ela tão forte que nem vai se lembrar de como é andar! - gargalhou 

Eu apenas o observei saindo do lugar, passou mais alguns minutos e eu o segui. Lá estava os dois perto de um árvore conversando, ela não parecia estar tão a fim dele. Eu estava querendo voltar, mas algo me chamou a atenção, Suho pegou ela pelo pulso acho que a bebida fez muito efeito nele.

Meu celular começou a tocar era minha vó, eu atendi bufando pois saberia que ela queria algo de mim.

Ligação

Lucy- Binnie, você esta aonde meu neto?

Binnie- Na festa da empresa com meu patrão vó - falei

Lucy- Não demore Binnie! Quero você em casa - desligou

Coloquei o celular no bolso bufando, quando olhei para frente vi Suho jogado no chão sangrando, cheguei mais perto e ouvi Hyeri e sua amiga S/n falando algo. Elas saíram correndo e logo eu fui ajudar Suho.

Binnie- Junmyeon? - mexi nele 

Suho estava vivo era apenas a bebida que ele tinha tomado, acho que essa meninas se deram mal. Pedi para um de seus amigos levarem ele e eu fui para casa. No caminho vi as meninas conversando na mata que havia ali. Eu devia ter trazido meu carro mas como era perto a festa preferi ir de pé mesmo.

Lucy- Binnie? - minha vó apareceu

Binnie- Vó?! O que a senhora faz aqui?

Lucy- Quero ajuda com dois homens que acabei de matar...- disse como se fosse normal

Binnie- Tem duas meninas ali - apontei para mata

Os olhos de minha vó pareciam brilhar com minhas palavras. Ela não respondeu nada apenas foi andando até as meninas.

Como sempre sobra pra mim. Minha vó nem sempre mata as pessoas ela prefere me ver matando, ela diz que ninguém pode saber da existência dela ali, então se for para alguém ser preso seria eu! 

Levei as duas meninas para casa, ajudei com os corpos dos rapazes, minha vó nem ligou tanto para as meninas e sim para os homens. Coloquei as duas separadas, uma delas saiu do quarto, eu ignorei pois sabia que ela não iria longe.

Fui para o quarto onde minha vó estava me deparei com uma cena do meu dia a dia. Minha vó  estava cortando pedaços dos braços de um dos homens

Binnie- Vó eu vou tomar uma banho qualquer coisa me chama - disse e ela não me olhou

Lucy- Hmm, vá então 

Eu ia subir as escadas quando ouvi um barulho de um dos cômodos, fui ver então e vi S/n ela iria fugir com Hyeri. Eu ia impedir delas saírem, mas Hyeri me mordeu no braço dizendo para S/n fugir dali.

Binnie- Merda! - falei com a mão no meu braço

S/n havia fugido mas eu não me preocupei tanto o lugar era imenso, a garota não conseguiria ir longe.

Tranquei Hyeri no quarto e fui tomar banho, me sequei e coloquei um moletom amarelo com uma calça confortável. Desci as escadas e peguei as chaves do carro, eu decidi ir atrás de S/n. Pode parecer idiota, mas eu estava pensando em me aproveitar um pouco dela, já que Suho não conseguiu, eu tinha ela em mãos.

A única casa que tinha moradores ali estava tendo uma festinha, era a casa de Kiara, ela morava ali faz 9 anos. Resolvi inventar uma história para ela me entregar a garota.

Binnie- Kiara! - sorri 

Kiara- Moonbin, você esta fazendo o que essa hora aqui? - disse dando um riso baixo

Binnie- Liguei várias vezes para minha namorada...S/n! Ela não respondeu. - fingi estar triste - como aqui é mais perto da cida pensei que ela passaria por aqui.  Você a viu?

Kiara- S/n é sua namorada? - pareceu pensar - ela esta aqui sim! Vou chamar ela.

 E assim foi. No carro eu iria mesmo usar a S/n, mas ela me parecia apavorada, então dei uma desculpa. 

Binnie- Você achou mesmo que eu faria isso? - peguei meu moletom - Não quero perder meu tempo

Ao dizer isso ela ficou brava e atacou meus lábios, àquela noite foi incrível. Nunca pensei que um dia transaria dentro de um carro, e foi muito gostoso fazer isso com ela. Tive em mente de colocar S/n em meus planos de fugir de casa, eu moraria com ela por um tempo depois iria embora para outro país. 

Binnie- Posso te levar para sua casa...


Flashback off














Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...