História Errado - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias ASTRO
Personagens Moonbin
Tags Astro, Imagine Moonbin
Visualizações 10
Palavras 1.083
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - 5


Fanfic / Fanfiction Errado - Capítulo 5 - 5

[POV] (S/N)

Sai do banheiro com uma calça moletom e uma camisa larga rosa, fui direto para cozinha preparar algo, por falta de sorte não havia nada apenas uma jarra de água gelada. - Essa semana é a semana errada para mim- digo baixo. Ouvi a porta sendo aberta imaginei MJ

S/n- Quantas vezes eu tenho que dizer "não quero você aqui" - disse da cozinha indo para porta ver 

Binnie- Você vai ter que me aguentar aqui linda - sorriu falso - trouxe comida - levantou as mãos com sacolas

S/n- Eu não sabia que era você - revirei os olhos - venha me ajude a preparar o almoço

Binnie- Eu? Odeio cozinhar - fez cara de tédio 

S/n- Não ajuda não come - o encarei 

Binnie- Okay eu ajudo - bufou fazendo uma cara fofa

S/n- E a Hyeri - ele mudou a expressão

Binnie- Esta bem - comeu um pedaço de pão 

S/n- Não era isso que eu queria saber - lavei as mãos

Binnie- Mas vai ser isso que vai saber por enquanto - ergueu uma sobrancelha

S/n- Eu queria acordar e saber que tudo isso foi apenas um pesadelo - ele riu fraco

Binnie- As coisas as vezes não são como queremos S/n - se escorou no balcão

S/n- E o que você entende disso? Você é jovem...- peguei as panelas colocando na pia

Binnie- Com 26 anos, acho que já se pode saber de várias coisas - abriu uma lata de refrigerante

S/n- 26?! - o olhei e o mesmo assentiu

Binnie- Você tem que idade S/n?

S/n- E-eu? 23...- falei fazendo barulho com a panela para ele não me ouvir

Binnie- Hã?

S/n- Você não ouviu? Fazer o que né? É uma pena - peguei as coisas da mesa

Binnie- Vou para sala - disse saindo

S/n- Yá! Você vai me ajudar aqui! - gritei

Binnie- Depois...e não grite comigo sou mais velho que você - deu um sorriso de canto

S/n- Mas tem a mente de uma criança de 12 anos pelo jeito - falei baixo

Binnie- Não foi isso que me falou no carro - girtou da sala - Binnie awnnnn - fingiu um gemido

S/n- Babaca...

Comecei a preparar o almoço, enquanto não estava pronto peguei meu celular e mandei mensagens para minha mãe.

Mensagens

[Mãe]: Você desapareceu filha, não veio aqui em casa ontem hã? E o MJ? Ele não se arrependeu?

[S/n]: Estou bem mãe. Não ele não falou comigo bem nada por enquanto, desculpa por não ter ido aí.

Coloquei o celular no balcão e servi o almoço, tentei pegar os copos no armário mas estava na última prateleira de cima, fiquei nas ponstas dos pés até sentir alguém atrás de mim.

Binnie- Você devia ter me chamado - pegou os copos - você é muito teimosa

S/n- Não preciso de você

Binnie- Okay tente ficar no máximo 10 minutos sem me pedir algo - se sentou na cadeira

S/n- Esta bem então - nos servimos

Binnie- Pela primeira vez na vida é carne de animal e não doa meus amigos! - eu ia botar a primeira colher de comida na boca mas quase vomitei

S/n- Me diz que isso é brincadeira - o encarei e o mesmo estava apenas zoando com minha cara

Binnie- Claro, não tenho amigos...- falou 

Essas palavras, ele me parecia ser mais confuso do que parece. Sua infância devia ter sido uma das piores, sem seus país por perto com uma vó psicopata que não sei como não foi presa ou condenada a morte. Terminamos de comer e eu coloquei as coisas na pia, ele não me ajudou em nada apenas foi para sala.

Fui para meu quarto e coloquei um vestido florido junto com um salto, hoje eu iria falar com o meu chefe para não me demitir depois do meu pequeno desaparecimento.

[14:33]

Binnie- Vai sair? - perguntou deitado no sofá

S/n- Sim, preciso fazer algumas coisas - respondi conferindo minhas coisas na bolsa

Binnie- Vou junto - pegou as chaves e um moletom preto

S/n- Não, você fica Moonbin! 

Binnie- Quer ficar viva? - riu irônico

S/n- Você é surdo ou o quê?! Eu disse fica do MEU LADO! - o mesmo deu um sorriso balançando a cabeça negativamente

Entramos no carro e logo senti um arrepio só de pensar no que havíamos feito ali.

Binnie- Quer deixar pra fazer suas coisas mais tarde? - disse num tom de malícia

S/n- Tarado... Vamos rápido! Tenho que ir para o centro - o mesmo assentiu

Cheguei na empresa e para minha surpresa Junmyeon estava lá conversando com meu chefe. 

Chefe- S/n, por onde você andou?! - ele estava muito puto

Suho- Não se preocupe - falou para meu chefe - ela sumiu depois da festa devia estar mal não é S/n? - me encarou com um sorriso assustador

S/n- Me desculpe chefe! Eu sinto muito! - falei de cabeça baixa

Chefe- Você não tem jeito né S/n? - suspirou decepcionado - você e a Hyeri são como umas filhas para mim - pegou um copo de água - venha amanhã ao serviço esta bem?

S/n- Sério?! Obrigada! Eu vou vir sim! - o abracei e o mesmo se espantou 

Quando estava na saída da empresa alguém segura meu pulso

Suho- Calma aí! - falou num tom rouco

S/n- Ne solta! 

Suho- Não vou te morder S/n - sorriu - como sua amiga fez!

Binnie- Ela não vai te garanto - apareceu com as mãos no bolso nos encarando

Suho- Moonbin? - me largou - o que esta fazendo aqui?

Binnie- Dando uma volta - me olhou com raiva - Vamos S/n? Sua mãe esta nos esperando para ir fazer compras 

S/n- Minha mãe? Aah, sim - peguei em sua mão e ele apertou forte

Binnie- S/n é minha mulher Suho - sorriu mentindo - espero que vocês se dêem bem

Suho- Mulher? Você nunca me contou isso - pareceu confuso

Binnie- Tem coisas que eu prefiro não contar, nunca se sabe se vai dar certo.

Suho- Depois nos falamos tenho uma reunião agora.

Binnie- Bom, vou aproveitar minha folga hoje. Tchau Suho.

Suho- Tcha Moonbin - me encantou - Tchau S/n 

S/n- T-Tchau

Binnie- Lhe falei que ele estava vivo - soltou minha mão

S/n- Vamos tomar um sorvete! - falei

Binnie- Sério isso?

S/n- Sim ou prefere  ir num açougue?

Binnie- Haha - fingiu um riso


Fomos para sorveteria, ele estava desconfortável. Acho que ele nunca havia feito isso antes. - idiota - falei levando uma colher de sorvete à boca

Binnie- Corna - encheu a boca de sorvete 

S/n- Isolado - ri baixo

Binnie- Vai continuar?

S/n- P S I C O P A T A - o mesmo saiu me deixando ali 

Ele havia ficado irritado com minhas palavras, me senti um pouco mal mas estava falando a verdade. Paguei a conta e fui para casa da minha mãe. 





Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...