História Escola de monstros - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Avril Lavigne, Demi Lovato, Fifth Harmony
Personagens Avril Lavigne, Camila Cabello, Demi Lovato, Lauren Jauregui
Tags Camren, Sobrenatural
Exibições 100
Palavras 760
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Fantasia, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura meus palmitos!!

Capítulo 16 - Princesa de gelo e dama do verão


P.O.V. Camila

Tentei de todas as formas que conheço, mas nada. Ela nem me tocou durante essa noite! Aff, sei que é perigoso, mas sinceramente, não me importa!

Acordei, com o barulho do celular da Lauren tocando, não me mexi. Ela passou o braço por cima de mim e pegou o celular, desligou o despertador, e quando ia se levantar, me virei para ela, e pus uma perna sob sua cintura, abraçando-a. Ela suspirou pesadamente, e começou a fazer um carinho de leve em meu braço.

- Eu sei que você está acordada! Desiste. - Eu riu e faço um bico, olhando pra cima e encontrando os olhos mais lindos do mundo.

- Chata! - bufei, e me sentei em seu colo, com uma perna a cada lado de sua cintura, fazendo-a se sentar.

- Camz, não faz isso! - Ignorei e beijei ela com sede de seus lábios. Invadi sua boca, sem permissão, nossas línguas dançavam em uma musica lenta. Suas mãos pararam em minha bunda, deixando um leve aperto e me fazendo gemer em sua boca. Baguncei seus cabelos, arranhando sua nuca. Me separei de sua boca e ataquei seu pescoço, tentando deixar alguma marca, mas tudo cicatrizava muito rápido. Mordi sua orelha e ouvi um gemido abafado. - C-c-camz, nã-ã-ão...... aahhh. - Segurou em minhas coxas e nos levantou, caminhando, me prendendo contra uma parede e derrubando alguma coisa. Ela beijou meu pescoço, e eu gemi com o contato de sua língua fria com minha pele quente.

P.O.V. Lauren
    - C-c-camz, nã-ã-ão...... aahhh. - Levantei e a prendi contra a parede, segurando em suas pernas, para não cairmos. Beijei seu pescoço com ternura e ela gemeu. Ouvi seu coração batendo acelerado contra seu peita, ela gemia e aranhava meu pescoço e costas, com força. Sua mão passou por debaixo da minha blusa, logo a tirando, e atacando minhas costas com suas unhas afiadas. Ela anida estava com aquela lingerie maravilhosa! Agora imaginem, Camila Cabelo, gemendo com uma lingerie vermelha. NÃO, NÃO IMAGINEM, ISSO É SÓ MEU!!!
       - Lo-o, va-ai logo! Pelo amor de Deus!! - Ela implorou, enquanto eu acariciava suas coxas, indo bem próximo a sua intimidade, e voltando ao início. Tirei seu sutiã, e me deparei, com uma vista perfeita dos seus seios, ates que ela pudesse dizer qualquer coisa, distribui vários beijos naquela região, chupando e deixando marcas por todo seu corpo. - Lauren... não me tortura! - Ela sussurrou, com a voz mais rouca que o normal, me fazendo arrepiar. Sentei-a em uma mesa, jogando tudo que ali havia, no chão. Ela tirou meu shorts e meu sutiã, juntei nossos corpos mais ainda, e ela gemeu, dessa vez mais alto. O som de seus gemidos, se confundia com o de seu coração batendo acelerado, minha garganta implorava por te-lá e meu corpo por senti-lá. - Gostosa!

- Você fala demais! - Beijei-a, e minha mão foi de encontro a sua intimidade, massageando o local ainda por cima da calcinha. Ela mordeu meu lábio em uma tentativa falha de não gemer. Sorri com o ato e aumentei os movimentos fazendo-a gemer cada vez mais alto. Arranquei sua calcinha, e desci meus beijos dando leves mordidas e chupões pelo caminho. Cheguei onde eu mais queria! Vi seu sexo e encaixei minha boca ali, Fazendo movimentos de vai e vem com a língua, enquanto estimulava seu clitóris com os dedos.

- Aahh porra! - Ela gemeu, me fazendo delirar, só em ouvir sua voz. - L-lo, e-eu v-vou, aahhh . Ela não terminou a frase, e seu liquido quente já desceu direto para minha boca, engoli e fiz questão de subir e beija-lá. Um beijo calmo, e terno, encerramos com vários selinhos e sorrisos.

- Eu te odeio! - Falei com a voz falha e ofegante. - Odeio o efeito que tem sobre mim! - Ela suspira e da um sorriso. 

- Eu sei que você me ama! - Falou convencida.

- Te amo, muito! Sua chatinha!

- Também te amo, princesinha de gelo!

- Dama do verão! - Falei e rimos. - Vamos tomar banho? - Ela sorriu maliciosa. - Só banho Camz!

- HAHAHA, ta bom vamos. - Desceu da mesinha olhando em volta, meu quarto estava todo quebrado! - Viu só o que você fez amor? - Ela me olhou divertida. - Quebrou todo seu quarto! Que coisa feio Lolo.

- Hahahahahaha, você que provocou! - Demos um selinho e fomos para o banheiro. eu disse que seria só um banho, mas não resisto a MINHA Camz! Vou deixar vocês imaginarem essa parte. 


Notas Finais


Desculpem pela demora e pelo hot meio bosta! Mas obrigada por lerem meus palmitos lindos! Beijos na bundaaaaa!!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...