História Escola de monstros - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Avril Lavigne, Demi Lovato, Fifth Harmony
Personagens Avril Lavigne, Camila Cabello, Demi Lovato, Lauren Jauregui
Tags Camren, Sobrenatural
Exibições 106
Palavras 711
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Fantasia, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


oiie, meus palmitos lindos <3 <3 <3 Boa leitura!

Capítulo 17 - Você quer namorar comigo?


P.O.V. Camila

Acordei e senti a falta de Lauren ao meu lado. Olhei em volta e nada dela. Fui até o banheiro e fiz minha higiene matinal. Peguei meu celular, mas nenhuma mensagem. Quando ia me deitar de novo, alguém bate na porta.[botem a música I wouldn't mind - he is we] Me levanto e abro a mesma, dando de cara com a Demi, segurando uma carta. Abro a mesma, enquanto ela me encara sem dizer nada.

"oiie Camzz, desculpe não estar aí agora. Mas prometo que você vai gostar do motivo bb <3 Tenho uma surpresa pra você u_u.... Vamos fazer uma brincadeira! Quero que você decifre uma charada e vá aonde seu coração te levar..."

A cada palavra que eu lia meu sorriso aumentava, quando termino de ler olho para Demi, que está séria.

- Só posso te falar a charada, então nem tente! - Eu ri e fiz biquinho. - É o seguinte, ' onde dois corações batem no mesmo ritmo, precisamos aprender mais nada.' - Ela disse com um sorriso sapeca no rosto e eu logo entendi. 

- Não vai mesmo me falar nada? - Perguntei esperançosa, mas ela negou. Então fiz meu caminho até a sala de aula. Onde demos nosso primeiro beijo! Demi apenas me seguiu, sem falar nada. Chegando lá me deparo com Selena, a namorada de Demi, com outra cartinha.

"Parabéns!! Você acertou a primeira! Mas a próxima é mais difícil <3 O premio, vai valer a pena, confia em mim?" 

- E você pode me dizer alguma coisa?? - Perguntei a Selena, que ria desesperadamente.

- Nada, além da charada. - Bufei. - 'Senti meu coração apertar, minhas batidas quase mortas voltarem a vida, ao ver seus olhos na neblina. Um pouco de medo não faz mal a ninguém.'...... Confesso que essa nem eu entendi! - Rimos, e eu fui em direção a maldita floresta daquele dia. Quando encontrar com a Lauren eu vou matar ela de novo!! Chegamos lá, olhei em volta, até que uma Avril Lavigne me aparece de repente! Com outra cartinha, rindo do meu susto.

- Me diz que essa é a última! - Supliquei enquanto abria a carta.

- Não posso dizer nada Mila.....

- Nada além da charada. - Falamos juntas, e eu bufei.

"Sei que não gosta de caminhar, mas é por um bom motivo! Ah, e se elas falarem algo, me lembre de matá-las depois! hahaha, to te esperando princesa!"

- ''Perdida na noite, uma janela aberta, uma princesa dormia com frio. Queria eu poder ter o calor, só para aquece-lá nesta noite.' - Sorri, enquanto Avril falava. 

Caminhamos aaté o meu quarto. Elas pararam um pouco antes, e me mandaram entrar. Parei na frente da porta, respirei fundo, uma, duas, três vezes. Girei a maçaneta, dando a visão perfeita, meu quarto, cheio de rosas vermelhas, e velas. Minha Lolo, em pé, com uma caixinha vermelha nas mãos. 

- Desde que eu te vi aqui na escola, com um olhar tímido e sorriso disfarçado. Quando me derrubou no chão, e Avril me encarou assustada. - Levantou e deu um passo em minha direção. - Como te vi frágil, naquela floresta. - Mais um passo. - Quando me abraçou, mesmo imaginando que eu poderia te machucar. - Mais um passo. - Quando me beijou na sala de aula. - Mais um passo. Agora estando bem próxima a mim. - Sempre soube que te amava! Mas não aceitava isso! Você conseguiu entrar na minha 'camada de ferro', e me fazer apaixonar por você! Cada dia mais! Então, -se ajuelhou e abriu a caixinha, revelando, duas alianças, uma com o sol e a outra com a lua. -Karla Camila Cabello Estrabao, você aceita ser o meu sol? - Comecei a chorar, não sabia o que fazer, abracei-a apertado.

- Sim, sim, sim, mil vezes sim!! Eu te amo minha lua! - Ela riu, e se afastou do abraço, para por a aliança no meu dedo. Tanto a sua mão como a minha tremiam muito, fiz o mesmo com ela, abraçando o mais apertado que pude em seguida. 

- Eu te amo meu sol! - Ela sussurrou contra a curva do meu pescoço, fazendo meu sorriso se tornar maior ainda. - Vou te amar por toda a eternidade!


Notas Finais


Gente choreeeii...... beijos na bunda, amo vcs meus palmitos!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...