História "Escolhas " (alren) - Capítulo 38


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Alren
Visualizações 47
Palavras 1.139
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Nudez
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 38 - Capítulo 38


Fanfic / Fanfiction "Escolhas " (alren) - Capítulo 38 - Capítulo 38

                  Lauren~Pov

Peguei meu carro e comecei a anda pela cidade, esperando dar a hora da Lucy me liga, Dinah estava escondida na parte de trás do carro, mesmo eu falando que seria perigoso pra meninas, ela quis vim, olhei no relógio e já era meia noite e onze, meu célula começou a toca,  pegue ele coloquei no viva voz.

Lucy. - então querida Lauren, me encontra na porta da nossa antiga faculdade

Lauren. - estou indo

Lucy. - sem gracinhas, ou eu vou manda pedacinhos das pequenas pra mãe

Lauren. - ta bom Lucy, so não faz nada com elas.

Lucy desligou o célula, então dirigi o mas rápido possível para a antiga faculdade, a rua estava escura,estacione o carro e sai, vir Lucy com as meninas sentada em um banco, me aproxime e ela tinha um arma nas mãos.

Lauren. - Lucy me entrega elas,

Lucy. - pode ir meninas

Lauren. - vamos meus anjos

Lucy. - não tão rápido Lauren

Lauren. -oque você quer?

Lucy. - manda a Dinah sai do carro

Lauren. - Dinah ela sabe que você está aqui, vem - Dinah saiu do carro e paro no meu lado deixando as meninas atrás da gente

Dinah. - você é uma desgraçada Lucy como podi fazê mal a duas crianças, tira elas da mãe

Lucy. - me poupe Dinah, sofrimento pra mim e câncer,  vamos acaba logo com isso, so queria olha pra sua cara de babaca mesmo podem ir, e se preparem pra o pior

Virei minhas Costa, as meninas foram na frente e eu e Dinah atrás, Lucy me chamo e quando eu virei.

Lucy. - Lauren? - quando me virei Lucy me deu um tiro no braço - agora estamos quites

Lauren- sua desgraçada

Dinah. - você está bem laur?

Lucy. - Dinah - quando Dinah olho ela deu um tiro na perna da Dinah. - acho que iria se fácil?

Dinah. - Eu vou te mata.

Lucy. - agora tchau meninas até mas.

Lucy saiu debochando da gente, ajudei Dinah a ir até o carro, coloque as meninas no Banco de trás e dirigi até o hospital. Quando chegou la uma medica fico com as meninas e levaram eu e a Dinah para ser atendida, por sorte um tiro que tomei foi de raspão, mas o Dinah não,a bala fico alojada na coxa, então ela teve que fazê uma mini cirurgia, depois de umas horas Dinah entrou no quarto sendo carregada na maca  .

Dinah. - conseguiu avisa alguém que estamos aqui?

Lauren. - sim, já estão vindo,

Dinah. - cadê minhas filhas?

Lauren. - uma medica está com elas, são muito novas pra fica aqui dentro.

Dinah. -ta, obrigado Lauren, por coloca sua vida em risco pra acha minhas filhas

Lauren. - Eu faria tudo de novo Dinah

Acho que nossa família chego e não pode entra, Dinah acabo dormindo por causa da anestesia, e eu também acabei dormindo. Acordei com a voz da ally me chamando.

Ally. - amor, como você está?

Lauren. - bem, não era pra você está com sua mãe?

Ally. - sim,  mas quando eu soube que tinha tomado um tiro, eu tive que vim.

Lauren. -cadê allyce?

Ally. - ficou com minha mãe

Lauren. - você precisa ir, pedi Lucyana para te leva

Ally. - você vai me visita?

Lauren. - sim

Dei um beijo nela e depois ela saiu da sala, depois que ela saiu Normani, tia milika, minha mãe e Meu pai entraram, contei tudo oque tinha acontecido para elas. Depois de umas horas o médico entrou e deu alta para mim e para Dinah. Meus pais me levaram para casa que já tinha uma viatura da Polícia Na Porta fazendo nossa segurança, Dinah foi para casa da tia milika que tem vários seguranças.


                    Ally~Por


Depois que sai do hospital, Lucyana me trouxe para casa, eu queria fica mas se a Lucy descobrisse onde estou iria vim atrás da allyce, E eu não me perdoaria se alguma coisa acontecesse com allyce.

Lucyana. - vou pra casa

Ally. - por que?

Lucyana. - você fica ai com essa cara de pamonha,pensando na vida e eu fico fazendo nada

Ally. - você está carente?

Lucyana. - talvez um pouco

Ally. - deita aqui chata - Lucyana deito a cabeça no meu colo

Lucyana. - você está com medo?

Ally. - da sua irmã me pega não, mas dela quere faze alguma coisa a allyce sim

Lucyana. - não vou deixa ela faze isso

Ally. - se ela descobri onde eu esto você promete que foge com a allyce enquato eu destraio ela ?


Lucyana. - com vocês duas

Ally. - a allyce vai ser sua prioridade

Lucyana. - ta bom

Aĺly. - então puxa o a cama  que ta embaixo da minha , você vai fica aqui comigo até pegarem sua irmã

Lucyana. - ta mas amanhã tenho que pega umas coisas minhas la em casa

Ally. - ta bom

Lucyana. - a Lauren não vai quere me mata ne?

Ally. - não 

Lucyana. - que bom, posso te pedi uma coisa?

Ally. - sim

Lucyana. - continua fazendo carinho na minha cabeça

Ally. - folgada você


Lucyana estava sendo uma ótima amiga nesse momento, as vezes me fazia rir as vezes me fazia bate nela de tão chata . Fiquei mechendo no cabelo dela e ela acabo dormindo, deixei ela na minha cama e desci pra ver allyce, ela deve esta sentido falta da Lauren, elas duas são muito agarradas, desci e minha mãe estava com allyce no colo, meu anjinho ja estava dormindo.

Ally. - ela deu muito trabalho?

Mãe. - não filha, allyce e quietinha parece você quando era bebe, não dar trabalho

Ally. - ela é um anjinho mesmo, ela comeu alguma coisa mãe?

Mãe. - fiz uma mamadeira morna para ela, mas antes dei um banho.

Ally. - ela gosto de você

Mãe. - que bom,  Seu pai ligou

Ally. - falo que eu estou aqui?

Mãe. - sim

Ally. - e como ele reagiu?

Mãe. - falo que quer te ver, quer conhece allyce.

Ally. - que bom, amanhã conversamos mas mãe, vou leva allyce la pro quarto.

Mãe. - Boa noite filha

Ally. - Boa noite mãe

Subi com allyce, Lucyana ainda dormia na minha cama, acordei ela pra ela ir pra cama de baixo, ela desceu então coloque allyce no lado dela, e deu uns tapas na Lucyana pra fica vigiando meu bebe, pegue um conjuntos de moletom e fui tomar banho,  Depois de alguns minutos sai do banheiro e me deite, allyce dormia agarrada na Lucyana então deixe as duas dormindo, me cobrir e fiquei pensando na minha Lolo, queria ela aqui comigo, acabei chorando, espero que Lucy não fassa mas mal a ela, e nem encontre eu e allyce, com esses pensamentos acabei dormindo.

                  






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...