História Escolhas erradas - Capítulo 78


Escrita por: ~

Postado
Categorias Descendentes
Personagens Personagens Originais
Exibições 74
Palavras 879
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Sinopse:

Vinte e dois anos atrás, Mal Bertha participou do projeto descendentes e conquistou o coração do príncipe Benjamin

Depois de anos de reinado chegou a vez da princesa Maddie, filha do casal.

O reino está passando por problemas e o Rei Benjamin faz uma proposta para sua herdeira, um seleção onde trinta e cinco garotos irão competir por sua mão

Os garotos serão escolhidos através de um sorteio e todos ficam animados para disputar pela mão da maravilhosa princesa Maddie Florian

Prestes a conhecer os trinta e cinco pretendentes que irão disputar sua mão numa Seleção, ela não tem esperanças de viver um conto de fadas como o de seus pais.

Mas assim que a competição começa, ela percebe que encontrar seu príncipe encantado talvez não seja tão impossível quanto parecia.

Capítulo 78 - Terceira Temporada - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Escolhas erradas - Capítulo 78 - Terceira Temporada - Capítulo 1


Por Maddie

E lá estava eu de novo, humilhada, chorando de novo por culpa daquele idiota, o idiota que eu chamava de amigo, o idiota por quem me apaixonei, o idiota que eu amava

Peguei a primeira coisa que quebrasse, uma boneca de porcelana que meu pai trouxe da china pra mim quando eu tinha 10 anos e taquei na parede com toda força e ódio possível, que caiu despedaçada no chão do meu quarto


Me olhei no espelho, não havia nem um pouco de maquiagem em meu rosto branco, meus olhos avermelhados por conta do choro, eu adiava meus olhos, porque diabos eu tinha que ser heterocromica ? Sofri muito por culpa deles serem diferentes

Olhei para minhas mãos e voltei ao espelho

Eu nunca seria igual a minha mãe, eu era exatamente o oposto dela, Mal Bertha, o referencial de mulher em Auradon, pele e corpo impecáveis mesmo com a idade meio avançada, as vezes explodia de raiva mas logo se controlava, sempre ao lado do meu pai lhe dando o apoio necessário, quando eu era pequena as pessoas falavam que eu seria como minha mãe, feliz e amada

Minha mãe e meu pai são o casal perfeito, desde pequena sonhava em achar alguém para compartilhar de um mesmo amor como eles sempre fizeram, mas aí aquele imbecil apareceu e estragou tudo, mexeu com meus sentimentos e depois os jogou no lixo como papel velho

Olhei meu reflexo mais uma vez, meu rosto estava um trapo, quem ele acha que é para destruir os sentimentos da herdeira do trono de Auradon ? Ele iria pagar caro pelo que fez com meu coração, era a minha vez de destruir a vida dele, abri um sorriso maléfico, ele vai sofrer como nunca sofreu durante sua inútil e patética vida, eu iria destruir o coração dele com a mesma frieza que joguei aquela boneca de porcelana na parede e a vi se despedaçar

-Ninguém é mais poderoso da que eu- Falei pegando meu estojo de maquiagem

Fiz uma maquiagem forte e chamativa

-Você não tem sentimentos, como ele destruiu algo que não existe ?- Falei olhando a maquiagem que tinha feito e dei um sorriso

Eu podia não ser boa como a minha mãe, mas era bela como a mesma
Fui até meu guarda roupa, meus pais estavam em uma viagem de férias e meus irmãos foram junto, não quis ir de jeito nenhum, peguei a roupa mais chamativa que achei em meu guarda roupa, um vestido preto que ia até a metade da minha coxa e maracava bem minhas curvas, realçava bastante meus seios e bumbum, sem contar o decote na frente, minha mãe nunca deixaria eu usar esse vestido, ela nem sabia da existência dele e ela não estava aqui mesmo então não teria problemas

-Aquele imbecil vai se arrepender do que fez- Falei colocando meus saltos pretos
Peguei meu celular e liguei para Cindy, minha melhor amiga

-Oi Maddie- Ela falou

-O que você acha da gente ir naquela boate que você me falou mais cedo ?- Falei e ela deu uma risada

-Vou me vestir- Ela falou e  então eu desliguei

Andei até o quarto dela e então bati na porta

-Ainda bem que você mudou de idéia- Ela falou e então fomos para aquela boate, eu sabia que ele estaria lá, por isso quis ir, a tortura dele começa hoje
Quando chegamos lá eu e Cindy fomos para o bar, peguei um whisky e então ele apareceu

-Olha se não é a filhinha do papai- Ele falou se colocando na minha frente

-Olha se não é o filho daquela vaca- Falei me referindo a mulher que quase destruir o casamento dos meus pais, minha mãe até hoje acha que eu não sei que meu traiu ela antes dela engravidar do Neal

-Vem Maddie- Cindy falou me puxando
para onde vários meninos estavam

-Não sabia que vinha Maddie- Ean falou com um sorriso safado no rosto, a gente já tinha namorado, tinhamos 13 anos, minha mãe nem sonha com isso, agora eu já estou com 17 anos

-Mudei de idéia no último momento- Falei e então fomos dançar e percebi o olhar daquela criatura sobre mim e Ean, puxei ele pela gola da camisa e o beijei que não recusou em nenhum momento o beijo, ele me puxou pela cintura com uma mão enquanto sua outra mão apertava minha coxa, quando o ar fez falta separei o beijo rapidamente, vi ele sair bufando de raiva, dei um sorriso, já estava dando certo, e aquilo não era nada perto do que eu planejava fazer

-Maddie, acha melhor a gente ir de volta para o castelo, o Douglas falou que estão atrás da gente- Cindy falou me puxando

-Tchau gatinha- Ean falou e então saiu

-Se meu pai descobrir eu fico sem sair do meu quarto por um mês- Falei e ela riu e voltamos pra o castelo

-Sua mãe ligou e perguntou por você, falei que vocês foram no cinema e sua mãe acreditou, barra limpa- Douglas falou

Ele era a única pessoa que eu confiava fora a Cindy, ele sabia tudo sobre a minha vida, ele me conhecia melhor do que eu mesma as vezes

Ele sempre me encobria nessas horas

-Valeu Douglas- Falei beijando sua bochecha

-Não vou segurar vela- Cindy falou e foi embora, revirei os olhos

-Já vou indo- Falei abraçando ele
Fui para o meu quarto e troquei de roupa, coloquei meu celular no carregar e fui dormir


Notas Finais


Olá
Desculpa a demora

Fim de semana foi corrido


Espero que tenham gostado da primeira narração da Maddie


Quem será esse menino que destruiu o coração da herdeira de Auradon ?
Ele é filho de quem ?

Em breve vocês irão saber...

Até o próximo cap 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...