História Escondido em um Mar de Amor (Yoonmin) - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jungtaeseok, Namjin, Yoonmin
Exibições 298
Palavras 2.314
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oláaaa, boa leitura
e obrigado pelos 450 favoritos pessoas <3 amo vocês e quero guardá-los em um potinho <3

Revisei o capitulo, mas sempre fica um errinho para trás então vou revisar de novo quando tiver tempo pq a semana de portfólio está próxima -.-'

Capítulo 27 - 24


Seis meses haviam se passado desde que fomos parar na delegacia. E muita coisa havia acontecido.

Como por exemplo, o trio fantástico assumiu o namoro, Jin e Namjoon estão noivos, passei de ano na escola e estou trabalhando em uma floricultura. E inclusive estou nela agora atendendo uma cliente que está encomendando flores para casamento.

Antes de trabalhar aqui eu nunca liguei tanto para flores. Apenas as via e achava bonito, mas desde que arranjei esse emprego, e passei a conviver sempre com as flores, comecei a admirá-las.

A floricultura não ficava muito longe da lojinha de instrumentos que Yoongi trabalhava, então quase todos os dias eu ia lá e fazia companhia pra ele no trabalho.

- Eu posso mostrar algumas flores para você - falei com um sorriso no rosto olhando olhando a mulher que admirava as flores que havia ali - posso falar o significado delas também se quiser.

- Flores tem significados? - perguntou.

- Sim - falei e comecei a andar dentro da loja - cada flor e cada cor tem um significado diferente. O casamento será na praia, certo? - me lembrei que a mulher havia dito quando veio ver as flores - essas flores são as melhores opções para um casamento na praia.

Fui aonde as flores de primavera ficavam e a mulher me seguiu olhando as flores e conversando com a amiga do lado.

- Como estamos na época de primavera e o casamento será na praia, uma boa escolha seria essas flores aqui - apontei para as flores e falei o nome de cada uma - essa é Callas, sabem a flor copo-de-leite? - perguntei e elas concordaram - é a mesma flor só que com nomes e cores diferentes. Cada cor tem o seu significado e se quiserem eu posso falar ou vocês peguem o livrinho que tem em cima do balcão para dar uma olhada - apontei para outra flor - essa é a Lírio, provavelmente vocês já as conhecem, ela simboliza pureza, brancura e inocência ela é bastante encomendada para casamentos e também é uma ótima escolha e cada uma das cores também tem seu significado - apontei para a Margarida - as margaridas antigamente eram considerada a flor das donzelas, e hoje em dia simboliza a juventude, paz, pureza, inocência, sensibilidade e afeto. Ela combina com várias outras flores para a decoração e também vendemos bastante delas. E temos também as Astromélias, essa flor em minha opinião fica bonita em buquês junto da flor Chuva de Prata. A Astromélia simboliza saudade e agradecimento, muitas noivas as escolhem em forma de agradecimento pelo momento que está vivendo, no caso o casamento, e a Chuva de Prata simboliza o amor eterno, tanto o amor familiar, o platônico e também no sentido romântico. Acredito ser uma ótima combinação, pois essas duas flores juntas podem acabar significando um agradecimento aos familiares e amigos por presenciarem o momento.

- Estou na dúvida - a mulher disse e inflou as bochechas - mas já sei como vou querer meu buquê - disse animada e eu sorri - vou confiar no que você disse e quero meu buquê com as flores Astromélia e a Chuva de Prata. Você fala muito bem! Eu nem sabia que as flores e as cores delas tinham significados...

- Eu também não sabia. Antes de começar a trabalhar aqui eu via uma flor e pensava apenas em como ela era bonita mas depois que arranjei esse emprego escutei os funcionários falando dos significado das cores para os clientes e fui pesquisar sobre e acabei pesquisando tudo sobre as plantas - sorri - e passei a gostar mais delas do que antes também.

- Entendo - disse - depois vou pegar um daqueles livrinhos que você disse - riu - acho que vou querer meu buquê com Astromélias vermelhas e brancas com algumas Chuva de Prata - disse.

- Ótima escolha - falei - a Astromélia também representa um vínculo forte que duas pessoas podem ter, e a cor vermelha seu principal significado é o amor, mas também significa fidelidade, paixão e atração. A branca significa pureza, lealdade, paz e também o perdão. Seu buquê ficará muito bonito - sorri - as flores para a decoração se for fazer um arco de flores, Lírio branco e Astromélias vermelhas ficaria muito bonito - falei - só uma opinião minha - ri - você decide como vai ser a decoração.

- Deve ficar lindo mesmo - juntou as mãos e seus olhos brilharam - quero assim. Vou querer a decoração com Lírios brancos e Astromélias vermelhas.

- Tudo bem - falei e soltei uma risada vendo a empolgação da mulher - vamos ao caixa acertar tudo.

A garota me seguiu para o caixa e olhei meio de lado vendo Yoongi escorado no balcão sorrindo para mim. Fiquei sem graça porque ele havia me visto trabalhar mas dei um tchauzinho pra ele e sorri de lado. Levando as duas para o caixa acertar tudo.

- Obrigada! - disse sorrindo e fechando os olhos - é mesmo… você me acompanhou em tudo e nem sei o seu nome - disse e mordeu o lábio inferior - eu sou Jeon Jiyoon.

- Nossa, me desculpe - falei - o erro foi meu não ter me apresentado. Sou Park Jimin, mas somente Jimin está bom.

Terminando de acertar as coisas ela se despediu de mim e saiu toda sorridente da lojinha e eu sorri com isso.

- Olá - escutei uma voz ao meu lado e sorri vendo quem era - como você está pessoa que não reparou que cheguei uns dez minutos atrás?

- Você está aqui faz dez minutos? - fiquei com a boca aberta - meu deus, eu não te vi! A lojinha estava cheia e acabei nem vendo você entrar - fiz biquinho e o abracei - desculpa.

- Você está trabalhando - riu - não fique assim, logo você vai sair e eu vim te esperar para irmos em algum lugar. Consegui sair mais cedo do trabalho hoje.

- Que lugar? - perguntei sorrindo e dando um selinho nele.

- Você escolhe - deu um beijo em minha bochecha e se afastou - tem clientes na loja, estou atrapalhando você. Vai lá que eu te espero lá fora.

- Senta nesse banquinho aqui - peguei um banquinho do lado do balcão e dei leves tapinhas para ele se sentar ali - que a gente já vai fechar.

Yoongi foi se sentar no banquinho e eu fui atender o rapaz que havia entrado na lojinha.

☆☆☆

- Quero de chocolate - falei assim que entramos na sorveteria e fomos ao caixa.

Depois daqui iríamos dar uma volta na praça e depois iriamos para minha casa.

Não comentei nada, mas Chung-Ho agora anda comigo e com os meninos na escola, ele até se separou de seus antigos amigos.

Por um milagre, nós cinco estamos na mesma sala esse ano e estou feliz. Mesmo sendo meu último ano escolar, por estar terminando ele com meus amigos me deixa totalmente satisfeito.

Mas agora minha vida está um pouco mais corrida e não tenho muito tempo para ir ver Yoongi. Estudo de manhã, de tarde trabalho e de noite três vezes por semana tenho aula de dança.

E falar em dança, daqui umas cinco semanas iremos fazer uma apresentação em Daegul. Alguns farão apresentações individuais, outros em duplas ou pequenos grupos. Pretendo fazer algo individual, e avisar o hyung da apresentação para ele ir comigo.

- Amor - o chamei e estávamos andando pela praça de mãos dadas - vou ter uma apresentação em Daegu daqui algumas semanas… E queria saber se você iria me ver dançar - falei fazendo um biquinho e olhando para o chão.

- Claro que vou - disse beijando minha bochecha - só me falar o dia que eu estarei na primeira fileira vendo você dançar.

- Tá bom então - sorri - vou começar a ensaiar hoje na aula de dança.

☆☆☆

- Pra quem vai fazer uma apresentação individual, quero que pensem na coreografia e conforme for a inventando quero estar por dentro de como está ficando. Se precisarem de ajuda eu vou estar a disposição de ajudá-los. Em grupo a mesma coisa, dúvidas falem comigo ou com Hoseok.

- Acho que vou fazer uma apresentação individual - falei para Hoseok enquanto nos alongavamos para começar a ensaiar - mas não tenho a menor idéia de qual música e muito menos a coreografia.

- Eu também não - disse suspirando e alongando as pernas enquanto eu empurrava seu corpo pra frente - vou ver se consigo pensar em algo hoje.

- Também vou tentar. Mas você não é um professor daqui? - perguntei o encarando confuso - vai fazer apresentação também?

- Até Jackson vai - disse - eu também vou dançar e tenho que pensar na música e na coreografia. 

Assim que nos alongamos eu fui para o lugar onde tinha um pequeno sofá e me sentei ali começando a ver as músicas que eu tinha no celular e ver se alguma idéia surgia na mente.

Mas nenhuma música que eu tinha estava me inspirando.

- Que droga - bufei e abaixei a cabeça sentindo alguém se sentar ao meu lado.

- Não está conseguindo uma música Jimin? - escutei a voz do Jackson do meu lado e eu mexi minha cabeça dizendo que não estava - você tem tempo ainda pra pensar em uma música. Não se afobe que você irá conseguir.

- Hoje não tô inspirado pra isso - murmurei e levantei minha cabeça apoiando meu rosto em minhas mãos que estavam em cima do meu joelho - acho que vou dançar um pouco pra não dizer que não fiz nada na aula de hoje.

- Tudo bem - riu - você consegue uma coreografia boa Jimin. Qualquer coisa eu ajudo você em algo.

- Tudo bem - sorri e me levantei dando alguns pulinhos e fui dançar.

☆☆☆

- Como foi? - Yoongi perguntou assim que sai da sala de dança e o encontrei sorrindo sentado conversando com Katherine que sorriu ao me ver.

- Não consigo pensar em uma música legal - fiz bico.

- Falta tempo até a apresentação não é? - perguntou e eu concordei - você vai conseguir - levantou meu rosto e me deu um selinho demorado - você é incrível então irá conseguir.

- O-obrigado - falei corando e escutando Katherine soltar um risinho baixo - essas meninas fujoshis… - soltei uma risada fraca e acenei pra ela - até logo Kath.

- Até logo Jimin, Yoongi - disse retribuindo o tchauzinho, Yoongi também acenou pra ela e segurou minha mão começando a andar pelas ruas já escuras da cidade.

- Ainda bem que amanhã é minha folga - falei entrelaçando meu braço ao seu e apoiando meu rosto em seu ombro - estou exausto.

Senti Yoongi dar um beijo em minha testa e sorri aproveitando a presença dele ao meu lado.

- É a troca equivalente! - falei e ele me olhou confuso e eu sorri pra ele - eu te dou metade da minha vida... então me dê a metade da sua.

Uma das minhas frases favoritas de anime. Troca equivalente... Dar algo em troca do mesmo valor. Eu não me importaria de dar metade da minha vida a Yoongi. Não me importaria de me entregar completamente a ele. Quero apenas viver com ele para sempre por todos os dias da minha vida.

- Fullmetal Alchemist - disse sorrindo e acariciou meu rosto - lembro quando a gente assistia esse anime quando criança - paramos de andar e ele ficou na minha frente acariciando meu rosto e eu sorri fechando os olhos sentindo a sua mão acariciar minha bochecha - uma de minhas frases favoritas - aproximou seu rosto ao meu e me deu um selinho rápido se afastando um pouco em seguida - eu também darei minha vida a você Jiminie… Não somente a metade, mas entrego-a completamente a ti.

Sorri e rodeei meus braços em seu pescoço selando nossos lábios em um beijo quente e apaixonado. Seus lábios são macios e nunca me cansarei deles, seu gosto é doce e viciante do jeito que eu amo. Tornou-se uma droga viciante para mim. Tornei-me dependente de seus lábios, seu corpo, seu cheiro, sua companhia. Yoongi é como uma barra de chocolate. Onde cada vez que você come, mas você quer, algo que nunca irá enjoar, um vício que não quero largar nunca.

- Eu amo você - falei com o rosto quente e colei nossas testas acariciando sua bochecha.

- Também te amo - sorriu - quer passar noite em casa?

- Aceito - sorri e nos afastamos voltando a encaixar minha mão na sua e andar pelas ruas de Seul até o apartamento de Yoongi.

☆☆☆

Eu estava deitado com as pernas levemente abertas esperando meu namorado para dormirmos e ele se encaixou entre minhas pernas e sorriu me dando um beijo cheio de amor.

- Amor - o chamei e ele sorriu acariciando minha bochecha com seu nariz - eu te amo.

- Eu também te amo Jiminie - disse e acariciou meus cabelos - Sempre vou amar.

Eu sorri e segurei seu rosto entre minhas mãos e aproximei meus lábios aos seus.

Céus, eu estava muito feliz. A pessoa que eu amo está aqui comigo, sinto que meu peito irá explodir de tão forte que meu coração está batendo.

O beijo de início era calmo, mas logo se tornou mais intenso e eu gostei. Eu estava permitindo que ele me beijasse daquela forma e sinto que estou pronto para me entregar a ele, me entregar de corpo e alma.

Anseio por seus toques em minha pele me deixando

- Hyung... - falei com a voz baixa e sentindo meu rosto corar - e-eu quero fazer amor com você.


Notas Finais


Depois desse capitulo vou atrás de uma floricultura arranjar um emprego
E gente boa noticia
O próximo capitulo é o tão desejado Lemon Yoonmin <3 <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...