História Escondidos. - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Original, Romance Gay, Segredos, Sexo, Violencia
Exibições 57
Palavras 949
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 9 - A três.


Fanfic / Fanfiction Escondidos. - Capítulo 9 - A três.

Os dias se passaram e nenhuma ameaça foi feita, os ferimentos de Gabriel se cicatrizaram e ele estava todo bobo andando para lá e para cá pela loja, assoviando e se divertindo com os cachorros que não lhe deixavam ficar seco.

- Anna, eu amo o meu trabalho. – O loiro dizia lá dentro enquanto a ruiva estava no balcão, mexendo em seus próprios cabelos.

- Eu sei, eu sei! É a décima terceira vez que você diz isso. – Anna se levantou e foi até a porta da loja, abrindo-a para Nathan e Stella que estavam ali parados.

- Oi, Anna. – Nathan disse com um sorriso no rosto.

- Não me venha com um “ Oi Anna “, faz seu namorado calar a boca, ele não para de repetir a mesma coisa! – Nathan riu da ruiva e beijou sua bochecha, indo para o mesmo local que Gabriel.

- Você não está muito irritada hoje? – Stella falou, se encostando na parede e cruzando os braços, sem desviar o olhar da ruiva.

- Não, eu não estou, para de me analisar. – Anna se virou e quando ia andar, teve seu braço segurado. – Stella, é sério.

- Eu estou falando sério, estou preocupada. – Stella levou sua mão para a mão da ruiva e a puxou, beijando a mão da mesma logo depois.

- Você terminou comigo, não pense que eu vou cair de novo. – Anna se soltou e voltou para o balcão, anotando alguma coisa em um bloco de notas e vendo um cliente chegando para pegar seu cachorro. – Gabriel!

O loiro apareceu na recepção um pouco bagunçado e olhou para o dono do cachorro, corando, e logo voltou para buscar o cachorro do cliente.

- Preciso levar o Nathan embora. – Stella riu e Anna apenas arqueou a sobrancelha.

- Já estamos terminando. – Gabriel voltou com o cachorro na mão e entregou para o dono, se despedindo do mesmo.

- Acabamos, vamos embora. – Anna se levantou, desligando o computador e entregando já a chave para Gabriel poder fechar tudo.

A ruiva pegou sua bolsa e assim que viu tudo fechado, apagou as luzes e saiu com todos, fechando a ultima porta.

- Vou te levar para casa. – Stella olhou para Anna e a mesma só suspirou em resposta, ambas se despediram do casal e passaram a andar juntas. – Vou te levar para conhecer alguém, só vem comigo, não quero você reclamando.

Anna revirou os olhos e continuou andando ao lado de Stella, andaram por um bom tempo até pararem na frente de uma casa branca com alguns detalhes azuis, Stella tocou na campainha e a loira abriu a porta, como sempre suas roupas não eram decentes, Isabela não gostava de ser decente em sua própria casa.

A ruiva ficou com o rosto corado, como era bom ressaltar Isabela era linda aos olhos de qualquer pessoa.

- Ah, oi! – A loira que estava apenas com uma camiseta, desta vez preta, e uma calcinha rosa abraçou Anna e deu um selinho em Stella, ela estava animada.

Deixou as duas entrarem e assim que o fez trancou a porta.

- Anna, essa é a Isabela, e Isabela essa é a Anna, minha ex. – Isabela não entendeu muito bem o porque de estar conhecendo a ex-namorada de Stella mas não poderia ser rude, manteve seu sorriso e pegou na mão da ruiva.

- Ok, e por que estamos nesse clima estranho? – Anna deixou sua bolsa em cima do sofá e logo viu o que menos queria ver: Stella puxou Isabela e a beijou, a ruiva revirou os olhos mas quando Stella parou de beijar a loira seus lábios se encontraram com os de Anna, o que fez dessa vez Isabela ficar surpresa.

- O que você está fazendo? – Isabela a olhava sem entender e quando Stella se separou de Anna, ela fez as outras duas se beijarem.

Isabela não entendia muito bem o que estava acontecendo, mas Anna viu como uma boa oportunidade de tocar o corpo escultural da loira que chamou sua atenção, e isso deixou mais baixa completamente corada.

- Eu amo vocês duas, e não consigo viver sem vocês. – Stella disse se sentando no sofá, vendo ambas se separarem.

- Você está jogando sujo. – Anna cruzou os braços e viu que Isabela não estava dizendo nada, ela estava meio fora de órbita.

- Você já aceitou isso, eu sei. – Stella sorriu ao ver o rosto de Anna corar novamente, sabia completamente os gostos da ruiva e Isabela se encaixava neles. – Isa, você tem que falar algo.

- ... – A loira olhou em volta e logo parou o olhar em Stella, se beliscando em seguida. – Ok, não é um sonho, posso beijar ela de novo? – Isa apontou para Anna e Stella começou a rir.

- Pode, se ela deixar. – Stella sorriu ao vê-las se beijando novamente, era incrível ter as duas ao seu lado e não teve nem que mentir para nenhuma delas.

Quando ambas se separaram, Isabela se sentou no colo de Stella e Anna se sentou ao seu lado.

- Você joga muito sujo. – A ruiva olhou para a morena que apenas sorriu.

- Só não quero perder nenhuma das duas. – Deu um selinho na ruiva e logo depois um em Isabela, vendo a loira sorrir.

Gabriel e Nathan tinham acabado de jantar, estavam sentados na frente da televisão até tocarem a campainha, Nathan se levantou e foi atende-la.

- Oi filho. – Uma mulher que aparentava ter seus cinquenta anos carregava uma mala, seus cabelos e olhos tinham a mesma coloração que os de Nathan.

- O que você quer? – O moreno disse sem nenhuma vontade de responde-la, queria fechar a porta e voltar para o lado de Gabriel.

- Preciso de ajuda...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...