História Escravo | Ziam Mayne - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction, Zayn Malik
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Ziam
Exibições 78
Palavras 1.856
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia)
Avisos: Cross-dresser, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


obrigada pelos votos e comentários! vocês são uns amores

Capítulo 3 - Thank you ?¿


Fanfic / Fanfiction Escravo | Ziam Mayne - Capítulo 3 - Thank you ?¿

EU NAO MORRI

por favor nao me matem!1!! eu dei mancada e demorei, perdao.

zangado é o nome de um dos anões da branca de neve, pra quem nao entendeu E SE ACALMEM PQ NAO VAI SER TEXTING, É SÓ UMA PARTEZINHA E O CAPITULO TA ENORME

amo voces tanto

[14:07]

zangado: ZAYN VC TA BEM?

zangado: ME DESCULPA TER SUMIDO EU TAVA COM O HARRY

zangado: ELE TAVA ME MOSTRAND A ESCOLA

Zayn arqueia as sobrancelhas "mostrando a escola". E você pode achar que ele está com ciúmes, mas, longe disso. Ele realmente espera pelo momento que Harry e Louis vão se tocar que amam um ao outro há anos.

[14:11]

zZZz: sei bem o que ele tav mostrando

zZZz: to brincand nao me bate

zZZz: eu to bem, só fiquei meio molhado, mas o niall me ajudou

[14:15]

zangado: vc tem sorte que to me sentindo culpado o suficiente pra nao ir ai te bater

zangado: ele me contou o que aconteceu, me desculpa nao estar lá

zangado: liam nadinha

zangado: niall rainha

O moreno solta uma gargalhada, não há ninguém melhor que Louis para o animar. Ninguém.

[14:21]

zZZz: como se essas maozinhas fossem fazer muito estrago

zZZz: nao se culpe, aproveite a recepção do harry

zZZz: vou ter que concordar

zZZz: tenho que ajudar minha mae cara, até amanha

E assim ele bloqueia o celular, colocando-o em cima da sua comoda e sai do seu quarto, direcionando-se para a cozinha. Malik passa a tarde inteira ajudando a mãe como todas as segundas-feiras, é quase uma tradição. Trisha sempre tem a segunda de folga e faz questão de passa-lá com Zayn. Seu filho se preocupa com isso, não é que não goste, na verdade ele ama... Mas, desde que o seu pai morreu sua mãe está sempre sozinha e digamos que ele não se incomodaria de ficar sozinho em uma segunda se isso significasse que Trisha está feliz com outra pessoa.

Z sempre foi assim, desde pequeno, pensa sempre nos outros antes de pensar em si mesmo, principalmente se tratando de sua mãe, que sempre o apoiou em tudo até.. Bom, até naquilo.

- Como foi o primeiro dia de aula? -Trisha pergunta, já terminando de comer o cupcake que os dois fizeram.

- N-normal - o menino engasga com o pedaço do bolinho e sua mãe o encara, desconfiada - Olha mãe, foi até corrido, tem um monte de dever, quer dizer, nossa, um monte mesmo! E eu vou lá fazer e depois já vou deitar, boa noite - ele continua, falando rápido demais. Zayn é péssimo em mentir.

É claro que sua mãe percebe que ele está mentindo, mas apenas assente enquanto Z lhe da um beijo na cabeça e sobe as escadas. Ela nunca o pressionaria, se ele ainda não está pronto pra falar, então ela esperaria até que ele tivesse.

No dia seguinte.

Zayn acorda e a primeira coisa que lhe vem a cabeça é Liam. Segundo dia como escravo e ele já pensa em desistir, o que só o faz pensar como estará estourando daqui um mês.

Ele pensa seriamente em ficar em sua cama, seria bem melhor do que enfrentar o mundo real, não é? Sem dúvida. Mas, pra sua infelicidade, ele é responsável o suficiente pra não faltar sem um motivo real, e ainda mais no segundo dia de aula. Sendo assim ele bufa e chuta as cobertas, saindo lentamente da cama enquanto murmura algo incompreensível até pra ele. Malik pode ser uma criança quando quer.

O moreno se arruma rapidamente - que os anjos digam amém - colocando uma calça preta justa e uma regata, até que ouve o barulho de chuva e troca por uma camiseta com um moletom cinza com ondinhas desenhadas. Essa é a única forma que Zayn gosta de rios, oceanos ou qualquer coisa a ver com água - quando estão desenhadas, caso contrario ele prefere correr.

Já que está adiantado ele fica esperando Louis no quintal, tomando cuidado pra não molhar sua roupa ou o seu cabelo.

-Vamos?

Eles vão o caminho todo conversando e cantando. Louis pede desculpas cerca de dez vezes dizendo que não deixaria mais o amigo sozinho, nunca. O que foi o suficiente pra Zayn se irritar e dar um sermão incluindo Harry no meio. Tomlinson resiste por um tempo mas acaba sedendo.

- Ok, você sabe se virar sozinho - suspira - Mas qualquer coisa me chama ok? Qualquer coisa mesmo - Zayn apenas assente, saindo do carro.

- Ei, cara - por sorte o sotaque é Irlandês e não Britânico.

- Hey - Malik abre um sorriso sincero, e com isso os dois caminham para dentro da escola.

O sinal logo toca e todos vão pra suas respectivas aulas, incluindo Zayn. Tudo parecia em paz, em paz demais.

- Niall, por que não fui obrigado a fazer nada ridículo até agora? - o loiro, que estava na carteira da frente o olha confuso - Quero dizer, onde está Liam?

- Pelo jeito ainda não chegou - da de ombros - Mas ele sempre acaba vindo.

Zayn concorda, voltando sua atenção pra aula. Biologia, de novo.

Terceira aula.

- Você é bom no futebol? - um menino de cabelos castanhos se aproxima.

- Não sou terrível - o outro da de ombros, corando.

- Ok, agora é aula de Educação Física, você é do meu time. Certo? - Zayn assente - Sou Barry - diz, abrindo um sorriso que vai de orelha a orelha.

- Zayn.

Logo, todos já estão no campo separando os times, e como prometido, Zayn e Barry fazem parte do mesmo. Ninguém ali realmente joga muito bem, pelo que eles saibam, então o outro time não parece preocupado. Ah, mas eles deveriam.

O professor apita e todos começam a correr pelo gramado. Zayn é o único com uma camisa diferente, já que esqueceu o seu uniforme e teve que emprestar um shorts de Barry, que o fez sem se queixar. O jogo está quase entediante, até Zayn resolver começar a jogar de verdade. Ele aproveita que a bola está com um menino baixo e fraquinho e a pega, driblando todos que tentavam tira-la de si. Há uma vantagem em ser pequeno, afinal. O moreno quase perde a bola pra Trash, um gigante do time contrario, mas toca pra Barry que devolve e Malik finalmente chuta, marcando o primeiro gol.

-"Não sou terrível"? Você 'tava brincando comigo né? - A aula já acabou e bom, digamos que eles ganharam de 5x1, sendo quatro gols feitos por Zayn e agora os meninos estão no vestiário, se trocando.

- Não gosto de me gabar - Malik responde, olhando pra baixo e torcendo pra não corar - Ei, vou tomar um banho, estou muito suado, se ver um cara loirinho me esperando, Niall, pode dizer pra ele ir pro refeitório já e que eu vou logo atrás?

- Claro - Barry responde, fechando o armário e dando um ultimo adeus.

Zayn deixa sua roupa separada na bancada assim que percebe que está sozinho e se encaminha para o chuveiro. Apesar da sua fama vaidosa, o rapaz tenta não demorar muito, já que teria pessoas o esperando. Ele sai do banho com uma toalha enrolada na cintura, parando pra avaliar sua cicatriz no abdome, de uma cirurgia que teve que fazer uns tempos atrás por conta do.. Bom, isso não importa.

- Que porras? -ele sussurra, olhando pra bancada vazia - eu juro que coloquei aqui. - uma risada faz com que ele se vire.

Liam sai correndo do vestiário e Zayn - se esquecendo do seu estado - sai atrás. Payne é muito mais rápido que Zayn, obviamente, mas isso não impede o menor de quase alcança-lo.

- Ei! Parado ai! - uma voz fina soa atrás dele. - Pra minha sala, agora! - ótimo, a diretora. O menino olha pra trás, mas Liam já não está mais lá, então ele apenas suspira, acompanhando a diretora até a sala.

- Quero explicações pra isso senhor Malik, ou terei que chamar os seus pais?- Sua voz fica ainda mais aguda, se isso é possível.

-Alguém pegou a minha roupa, eu não tenho culpa.

- Alguém? -ela pergunta.

Eles são interrompidos quando a porta abre, revelando o inspetor e Liam.

- Achei esse daqui fugindo no corredor - o homem velho diz e se retira.

O castanho se senta em uma cadeira ao lado de Zayn, o encarando com suplica no olhar.

- O senhor já chegou atrasado hoje, e eu sei que seus pais foram o motivo, mas isso está se tornando inadmissível Liam. É o segundo dia de aula, e já está nesse nível?

Pais? O que? Zayn pensa, olhando pro outro, que agora está de cabeça baixa, como se odiasse o fato de ser exposto.

-Não foi ele - os dois disparam um olhar confuso pro moreno -Foi algum outro menino, não me lembro quem, afinal, sou novo aqui - ele da de ombros - Mas tenho certeza que não foi ele, eu só vou tentar achar minha roupa, desculpa o incomodo - termina, saindo da sala e voltando pro vestiário, onde encontra a calça, a camisa e - graças a Inês Brasil - a cueca amassadas em cima do banco.

-Todo mundo já sabe o que aconteceu, o Louis tá uma fera - Zayn mal entra no refeitório e Niall já dispara a falar.

Ele vai até a mesa pra encontrar os seus dois outros amigos.

- Ele não pode fazer isso Harry, não pode - Louis gesticula pro maior, completamente irritado. Harry envolve o pequeno em um abraço, tentando acalma-lo.

- Finalmente Zayn, Louis está uma pilha de nervos - Tomlinson automaticamente pula dos braços de Harry, indo pro lado do amigo.

-Tá tudo bem? Ele não te bateu né? Tem algum machucado? Se acalma, ele vai pagar por isso.

- Wow, calma, ele não é um demônio ou algo assim - Malik diz, virando-se ao sentir uma mão pousar sobre seu ombro.

- Preciso falar com você - Liam declara, sem mudar seu ar arrogante.

- Você não acha que já fez o suficiente por hoje? - Louis dispara em direção aos dois, mas Harry o segura.

- Você fala demais pro seu tamanho, não acha? - Payne sorri cinicamente.

- Louis, tá tudo bem, por favor - o menor o olha, incrédulo, e sai acompanhado de Harry e Niall.

Zayn o encara os olhos castanhos, esperando. Liam olha de volta, em completo silencio, como se esquecesse o que dizer.

- Então? - sua voz sai baixa, ele odeia não conseguir rude.

- Foi legal aquilo, de você não ter falado. Quer dizer, de você ter mentido, mas não por ter mentido. Por ter me encoberto. É, isso. - Ele alterna o olhar entre o chão e o nada.

- Só isso? - Liam assente - Deve ser o seu melhor "Obrigado" então, de nada.

- Cuidado com o jeito que fala com o seu Senhor - Zayn gargalha e sai.

Liam se permite sorrir, quando o outro está longe o suficiente para que não veja.


Notas Finais


reparem q o lima nao pede desculpa nao, só agradece do jeitão dele mesm

RUN BARRY RUN

desculp

moninfa eu te amo
quem quiser dedicação de capítulo e só avisarrr
estão gostando?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...