• >
  • Escrevi para você já que não tinha para quem mais escrever.

História Escrevi para você já que não tinha para quem mais escrever.


Escrita por: ~


Sinopse:
Querido Taehyung, nessas cartas eu vou falar de você. Você deve estar se perguntando, “qual o sentido de falar sobre mim, para eu mesmo?” Mas acontece que todas pessoas que eu podia ficar falando de como sou completamente apaixonado por você, já enjoaram. Por tal razão resolvi me declarar para assim poder falar disso com você.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais, V
Tags Carta, Fluffy, Taekook, Vkook
Exibições 242
Comentários 17
Palavras 3.388
Terminada Não

Fanfic / Fanfiction Escrevi para você já que não tinha para quem mais escrever.
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Minha declaração.
5
86
646
 
2.
O que faz com elas?
4
73
770
 
3.
Fazer perguntas nas cartas é perda de tempo.
4
49
881
 
4.
Fazes loucuras, Taehyung. Gosto disso.
4
34
1.091

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~ana_carol_hs
Capítulo 3 - Fazer perguntas nas cartas é perda de tempo.
Usuário: ~ana_carol_hs
Usuário
Sabe, eu li hoje mais cedo assim q vc postou (no meio do trabalho, minha chefe quase viu hajshaushaus)
Eu fiquei pensando o q comentar quase q a tarde toda, isso acontece muito quando eu leio algo q eu gosto muito, muitas vezes não sei o q comentar e demoro e tem vezes q nem comento... Coisa feia não? Mas nesse caso eu vou comentar algo q ficou na minha mente o dia inteiro.
Em vários momentos do meu dia eu me pegava divagando sobre o Tae (quer dizer, todo dia eu fico divagando sobre o Tae, mas hj era o Tae da sua fic kkkkkkk)
Eu ficava pensando se quando ele lia as cartas ele fazia isso com cara de paisagem ou com algum tipo de sorriso, seja largo ou de canto. Se ele se distraia ao ler as cartas e se desligava do resto do mundo. Se ele fazia caretas com os pequenos puxões de orelha q levava do Jeon ou ficava feliz ao perceber q alguém cuidava dele. Se ria quando o texto ficava um pouco confuso e obviamente o admirador se encontrava um pouco nervoso ou simplesmente o achava um pouco estranho, quer dizer, ele deve achar seu admirador um cara meio estranho né não? Afinal é um pouco mesmo, mas ao mesmo tempo adorável, e ai fico pensando se Tae também o achou adorável...
Estou tão apaixonada pelas cartas de Jeon, o Tae tem q se sentir muito especial por ter alguém que o ama e cuida dele dessa maneira, eu daria um braço por alguém assim (se fosse recíproco, claro lkkkkkk)