História Escuro Fatal - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Beatrix, Carla Tsukinami, Christa, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Yui Komori, Yuma Mukami
Tags Diabolik Lovers, Otome Games, Sadomasoquismo, Vampiros
Exibições 21
Palavras 812
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Harem, Hentai, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


:v
...
Oi (?)

Capítulo 15 - Os mesmos erros


- Quem é?- Laito diz do outro lado da porta

- É a sua Mesu-chan!- Laito abre a porta e eu entro em seu quarto

- Laito-Kun, oque você gostaria de fazer hoje?- Pergunto inocentemente

- 69 coisas inapropiadas- ele responde- Porque?

- Que coicidencia Laito-Kun- Sussurro em seu ouvido - Eu também!

- Será o destino?- Ela fala sorrindo maliciosamente

-Talvez- digo mordendo o lábio

Laito me puxou repentinamente, fazendo eu soltar um gritinho. Conseguia sentir seu halito quente no meu pescorço, sua lingua a deslizar pelo mesmo. seguro a sua camiseta e olha solta um risinho baixo

-Sempre soube do seu desejo intenso por mim- suas mãos, que antes estavam me segurando contra ele vão para baixo da blusa. Sua pele gelada fez um arrepio subir através do meu corpo

- Eu nunca neguei...-Não espero mais e coloco minhas mãos no seu pescorço o puxando para um beijo de puro desejo

Laito era habilidoso, suas mãos subiam e desciam na minha cintura, minha mente estava um turbilhão, não pensava direito

-Mesu-chan está atrevida hoje - Ele sussurra e morde o lóbulo da minha orelha

- Você não viu nada...- Desfaço o nó em sua gravata mas ele para as minhas mãos

- Já que você me quer, não se importaria se eu fizesse uma pequena brincadeira não é?- ele desliza sua mão até minha bunda e aperta ela de leve

- Que tipo de brincadeira?

-Posso te pedir isso?- Ele ignora minha pergunta

-Peça oque quiser Laito-Kun, que eu serei uma boa garota e obedecerei!- ele dar um pequeno sorriso de predador

-É assim que eu gosto...

Laito usa a gravata para vendar os meus olhos e depois de alguns segundos segura a minha mão, guiando-me para a cama. Ele faz com que eu fique deitada por cima dele. Percebo que o mesmo está sem camisa

-Foi rapido ein?- Digo com um sorriso malicioso

Ele nada responde, apenas sinto seus dedos deslizarem pela minha saia, a tirando por completo . Seus dedos tocam minhas intimidade pelo tecido da calcinha

- Já está tão molhadinha assim?- ele pergunta- Bem, acho que você nunca teve um orgasmo, estou certo?

-Sim...

-Adoraria ser o primeiro...-  Suas mão passam pelo tecido da calcinha - irei te fazer sentir o mais puro prazer!

Seus dedos penetram na minha intimidade e eu agarro os lencois de sua calma. Laito começa a fazer movimentos de vai e vem com os dedos.

-L-Laito- K-Kun..- Gemi trincando os dentes- N-Não P-Pare.. Ahhh!

- Isso Inoe, Deixe-me mais excitado!- Ele aumentava mais a velocidade de seus movimento e eu arqueio as costas em sua direção

-Ahhh L-Laito-K-Kun....

- Deixe ouvir sua voz tomada pelo prazer!

De repente, sinto uma uma sensação tomar o meu corpo por completo. soltei um longo e alto gemido, depois puxo a gravata dos meus olhos. Laito está sorrindo para mim

-O-Oque foi...

-isso, Baby é oque eu posso lhe dar todos os dias, se pertencer a mim!- Ele se levanta e veste a camisa

- Até que foi boa nossa brincadeira- Digo com um sorriso- Deveriamos repetir

                                             * * *

- Inoe-Chan , sai dai- Diz Yui

Depois de um tempo a ficha caiu e eu voltei ao normal, dai eu lembrei do que havia feito com o Reiji, com o Subaru  e com o Laito. Tive um ataque de vergonha e me tranquei no banheiro

- Oque deu nela? - Pergunta Ayato

- Ela tentou fazer sexo com o Reiji, com o Subaru e comigo- Laito responde

- Além de mondai é pervertida- Shu diz

- eu comentei que ela teve um orgasmo comigo?- Laito menciona e eu fico totalmente vermelha

- Laito-kun isso não é coisa que se fale em público!- Yui o repreende

- V-Vão embora!- Digo

- Sweet-Chan você deveria ser a MINHA boneca! - Diz Kanato

- P-Por favor saiam!- Peço novamente

- Espero que aprenda a lição recepiente inútil. - Diz Reiji, mesmo a culpa disso tudo sendo dele.

 Abro lentamente a porta para me certificar que haviam ido e fecho a porta lentamente. Estava tão envergonhada e cansada que acabo dormindo no chão

                                                                     * * *

Quando acordo estou na minha cama e sentado na mesma estava Subaru. Ele estava de olhos fechados

- Subaru-Kun... - Chamo-o ainda envergonhada

- Ainda tem aquele Rosário? - Ele pergunta

-Sim - Digo e tiro o rosário de dentro da minha blusa

- Quero te levar a um lugar- Ele diz e eu o olho confusa- Venha Baka!

 Eu me levanto da cama e o sigo até fora da mansão, passamos pelo jardim e chegamos a uma torre. Eu caio de joelhos no chão. Pequenas lembranças me vem a mente: Mémorias de uma mulher dizendo que iria ficar tudo bem mais ainda assim ela chorava, memórias de um homem de cabelos brancos e olhos dourados... ele falava um nome : Akeno!

 

 


Notas Finais


" Ciúmes é o melhor tempero, deixe isso te preencher por dentro. Quanto mais você me odeia, mais adorável você se torna. Quando te vejo coberta de luxúria quero fazer amor com você. Essa é sua cara de excitada? Tão linda!"- Laito Sakamaki


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...