História Espelho - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Jikook, Kpop, Romance, Século Xix, Taegi, Vga
Exibições 109
Palavras 1.353
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Magia, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!!!

Capítulo 4 - Não dá pra ser pior!


Olhei aquelas roupas que a tal Madalena tinha me dado. Era tão, mais tão ridícula que até um palhaço não usaria.

  A contra gosto tirei minha camiseta, pra logo em seguida tira a bermuda deixando em cima da cama já dobradas.

  Vesti a roupa de Taehyung e me senti um ridículo - e olha que eu só vesti a calça e a blusa. Deixei o resto jogado pela a cama. Não iria usa de jeito nenhum aquelas coisas estranhas.

  Quente. Essa roupa era tão quente. Parecía que estava me fervendo por dentro. Meu Deus!

  Olhei pro sapato e fiz uma careta ao calça-los. Eram grandes demais para meus pés. Mas eu tinha que me contentar afinal eu estava apenas com a minha pantufa desde que cheguei aqui. E eu nao ia fica andando com uma pantufa por aí. Já é muita vergonha fica com essa roupa imagine com essa pantufa de urso - que por sinal foi o Jimin que me deu.

  Jimin. Como será que ele está?

  Bufei.

  Eu ainda não conseguia acredita que eu estava preso nesse maldito lugar. Por que eu? O que eu fiz pra merece isso?

  Passei a mão pelo meu cabelo suspirando.

  Sai do quarto andando por aquele corredor enorme e passando por várias portas. Pra que tantas? Mora quantas pessoas aquí senhor?

  Escutei vozes mais a frente e fui em direção a uma sala enorme encontrando Taehyung e duas moças sentados e conversando.

  Resolvi volta pro quarto, não queria atrapalhar a conversa. Me virei pronto pra sair mas sinto algo segura meu braço e o mesmo começa a fumiga.

  Olhei para o indivíduo e corei ao vê Taehyung com um semblante preocupado. Ele estava perto demais.

  Me soltei de seu braço me afastando e o encarei sem sabe o que dizer.

  - Está se sentindo bem Senhor Yoongi? - Taehyung pergunta quebrando o silêncio.

  - Eh... sim. - Falei sem jeito e ele sorrir.

  - Permita-me a apresentar a minha irmã, Hyuna. - A moça de cabelos castanhos se levanta junto da outra e sorri envergonhada.

  Que fofa!

  - E essa daqui é a Senhorita SooHyun. Uma amiga da família. - Taehyung fala e a menina me olha com cara de bunda.

  Oshi. Já não fui com a cara dessa menina metida a besta. Enfim...

  - Eae? Tudo bem? - Perguntei me aproximando delas. As duas me olha confusas e não responderam. Fiquei envergonhado. Me sinti como se fosse um alienígena.

  - Vejo que a roupa lhe ficou um pouco grande - Hyuna fala olhando para minhas pernas.

  - Ah falando nisso. Valeu pela roupa. - Falei para Taehyung.

  - Eu posso perdi para Senhorita Madalena arruma-la para o Senhor. - Hyuna continua e sorri.

  - Não precisa se incomodar. Não pretendo fica por muito tempo. - Planejo me manda desse hospicio o mais rápido possível.

  As duas moças arregalaram os olhos e eu as olhei confuso. Disse algo de errado?

  - Pensei que não sabia como volta para casa. Foi isso que o Senhor Kim nós disse. - SooHyun se pronunciou.

  Senhor Kim? Ela está chamando esse rapaz que tem pelo menos a minha idade de Senhor Kim? Louca!

  - Sim senhorita SooHyun. - Taehyung me olha arqueando uma sobrancelha. - Foi o que o Senhor Yoongi tinha me dito.

  - Eu só não sei como volta. - Falei como se fosse obvio. O que na verdade era. Eu só não sabia como volta. - Além disso eu não planejo fica muito tempo aqui, como já avia dito.

  - Não precisa ter tanta pressa, Senhor Yoongi. Será um prazer te-lo hospedado aqui em minha casa - Falou. Ele parecia sincero.

  Sorri.

  - Valeu mesmo cara. Mas eu preciso realmente me manda o mais rápido possível. Tenho coisas pendentes la. - Falei mordendo os lábios. As meninas se entre olharam e eu novamente fiquei confuso.

  - Compreendo. - disse ele - Me permita lhe mostra a casa agora?

  - Oh claro Taehyung.

  Mas uma vez as meninas arregalaram os olhos se entreolhando. Ótimo!

  - Porque sua irmã e a SooHyun pareciam surpresa a cada palavra que eu dizia? Eu disse algo errado? - Perguntei quando já tínhamos saído da sala e agora andávamos pelo correndo enorme cheio de portas. Eram tantas que eu nem mais sabia onde ficava o quarto que estava com as minha coisas.

  - Cómo eu ja lhe disse, o senhor tem um jeito peculiar de se expressar. Mas creio que elas ficaram surpresas pelo fato do senhor me chama pelo  eu primeiro nome.

  O olhei por um longo tempo. Isso é sério? É realmente serio?

  - Mas é seu nome né? - Ele sorriu.

  - Sim, é meu nome. Mas normalmente devemos saudar os cavalheiros por seus sobrenomes. Pelo menos nessa parte do país. - Isso é sério! - Se dirigir alguém por seu primeiro nome denota certa... intimidade.

  - Intimidade tipo conhecer a muito tempo ou tipo sexo? - Perguntei.

  Ele parou ficando cada vez vermelho. Pelo sua expressão imaginei que aqui o assunto sexo não é um dos tópicos mais discutidos.

  Ops!

  - Senhor Yoongi eu gostaria que não falasse de certos... uh... assuntos na minha casa.

  - Oh desculpa aí cara. Eu não sabia ok? - Falei revirando os olhos. Se ele não fala de sexo significa que nunca o fez. Que desperdicio!

  - Obrigado Senhor. - Falou voltando a andar.

  - Taehyung eu posso te pedi um favor? - Perguntei já irritado com tantos senhor.

  - Certamente, Senhor.

  Argh!

  - Será que pode me chama apenas de Yoongi. Sem o senhor. Apenas Yoongi. - Falei - Porque, serio, isso me irrita.

  - Posso tentar. Mas não sei se consigo

  - Claro que consegui. - digo e sorriu - Além disso posso te chama apenas de Tae? - Perguntei. - E que é muito estranho te chama de senhor.

  - Na verdade eu não me importo. Pode me chama de Tae se quiser - Abriu um sorriso - Mas se mais alguém ouvi, terá uma reação igual a de SooHyun.

  - Oh tudo bem. Tentarei me lembra. - Falei e paramos de anda assim que chegamos na cozinha.

  A tal Rita estava pra la e pra cá preparando a comida. Ao nos ve faz uma reverência.

  - A roupa ficou um pouco grande nos Senhor. Quer que eu arrumei depois? - Perguntou olhando para minha pernas.

  - Não, obrigado. Esta bom assim. - Falei e um homem careca entra na cozinha.

  - Esse é o Senhor Flyn meu mordomo. - Tae me apresenta e sorri.

  O sorriso dele é muito bonito. Além disso ele sorria com facilidade. Isso é bem legal.

  - Encantado em conhece-lo, senhor Yoongi - O homem se inclinou.

  Não disse nada apenas assenti com a cabeça envergonhado. Eu e Taehyung saímos da cozinha e ele começou a me mostra o resto da casa - ou melhor o resto do castelo. Porque meu Deus essa casa é enorme.

  - Acabou? - Perguntei quando voltamos a grande sala onde era para Hyuna e SooHyun estarem.

  - Sim. Lhe mostrei toda a casa. Há algo errado, Senhor Yoongi?

  Arregalei os olhos. Não podia ser só isso. Não, não, não...

  - Hum... Tae? - O chamei. Estava com medo de pergunta. Ele me olha preocupado.

  - Senhor, se sente bem?

  - Cadê os banheiros?

  - Banheiros?

  Ah não! Isso só pode ser um pesadelo e dos piores.

  - Sim Taehyung. Banheiros. Onde toma banho.

  Ele fica confuso. Muito confuso. Então suspirei. Nada de banheiros.

  - Imagino que tenha notado a banheira em seu quarto. - ele disse ainda confuso.

  - Sim. - E ainda não consigo acredita. - Certo. Eh... e o resto?

  - Resto?

  - Pare de repetir tudo o que eu digo. Já está me irritando. - Falei bufando.

  - Perdoe-me. A que resto o senhor se refere? - Perguntou inclinando a cabeça de lado.

  - O resto. As necessidades fisiológicas, o xi...

  - Ah Sim. O senhor deve está falando da casinha.

  O olhei assustado. Minha cabeça começou a pensa em várias coisas sobre essa tal "Casinha".

  - Fica do lado de fora. Vou lhe mostra.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...