História Espírito de Dragão - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Overwatch
Personagens D.Va, Genji, Hanzo
Exibições 40
Palavras 653
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mecha, Mistério, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


para os que acharam que era uma fanfic genji x hanzo se enganaram heheheheheh trolei

Capítulo 1 - Reencontro


A paz foi restaurada no mundo todo e a guerra entre humanos e ômnicos finalmente havia acabado e o mundo inteiro estava em intensivo processo de recuperação. Pouco após minha ultima batalha na qual meu maior inimigo era meu irmão, Genji, pedi por piedade e perdão ajoelhando-me ao chão. Ele estendeu sua mão à mim e no final me deu um abraço apertado (e como era apertado, aquela armadura deu poderes sobrehumanos à ele whew!). Após tudo aquilo voltamos à Hanamura lar do clá Shimada e fomos recebidos de volta com glória e uma grande festa. Todos ficaram em alegria e esperança novamente afinal, haveria alguém para governar o clã novamente. No entanto, Genji ainda parecia um pouco acanhado, foi por conta de sua despreocupação e sua vida de playboyzinho que quase acabei o matando. Então fui falar um pouco com ele:

-Hey, fico feliz em ter você de novo aqui. Só não vai aprontar mais, certo? - Dei uma risada cômica e Genji riu também, tirando seu capacete.

-Ha,ha,ha pode deixar nii-san. - ele me deu uma leve cotovelada na costela.

-Bem, vamos comer algo depois vamos dormir. Ainda não estou acostumado a dormir tarde - nos dirigimos à mesa e pegamos algo que comer. Depois de conversar, jogar e beber fomos repousar. Estava com muitas saudades de nossa casa típica japonesa, porém ainda haviam sequelas da guerra, ainda haviam coisas para reformar no dia seguinte em Hanamura.

Acordei com o sol batendo levemente em meu rosto vindo da janela. Esfreguei meus olhos e fiquei mais um tempinho tomando coragem para me levantar, quando o fiz depois de longos minutos. 

Fui o primeiro a acordar, então como não tinha o que fazer, fui caminhando pelo que tinha sido meu lar, há muitos anos atrás. Ver tanta coisa destruída foi de partir meu coração. Felizmente o que eu mais adorava naquele lugar permaneceu intacto: As cerejeiras e suas belíssimas e abundantes flores rosas já estavam florescendo. Era o que me mantinha calmo e sereno. Me sentei embaixo da minha favorita, a que ficava justamente em frente ao templo do clã Shimada e respirei fundo, em estado leve de meditação. Mas após alguns minutos assim, ouço uma voz familiar vindo em minha direção:

-Hanzo!! - Não vi seu rosto apenas senti minhas costas tendo um impacto no chão e uma figura por cima de mim. Admito que fiquei um pouco corado com a tudo isso

-H-Hana? - Era uma garotinha coreana que lutou na guerra contra os ômnicos também

-Você se lembrou! -Ela me abraçou o que me deixou mais corado. Então com dificuldade me levantei e sentei, a menor ainda permanecia no meu colo, me abraçando firmemente e me deixando mais corado.

-Aah! Onde está.. - Tapei imediatamente sua boca. 

-Shhhh... Vai acordar a cidade inteira com sua voz. Vem, vou te levar pra casa. - ela ficou meio envergonhada e brava ao mesmo tempo mas permaneceu em silêncio enquanto eu a guiava pela casa enorme que também era a base do clã Shimada até chegar em meus aposentos.

-P-por que me trouxe aqui?? - ela disse em um tom um tanto nervoso.

-Por que... - peguei uma peça de vestuário na cor rosa claro- não se deve vir ao Japão sem vestir um Kimono não é mesmo?

-V-você guardou o meu kimono rosa?? Isso é tão...

-Foi Genji que o guardou para você... já faz tantos anos não é mesmo? heheh Espero que ainda sirva afinal... -eu a encarei de cima a baixo com um sorriso de canto, sua camiseta, sua jaqueta, calças e sapatos- você não mudou nada Hana Song. - Ela imediatamente vestiu a roupa e ficou em tom de felicidade e euforia, mesmo q subentendidos. 

-Ah Hanzo... - ela puxou levemente minha roupa com um sorriso bobo no rosto.

-Sim? - me virei confuso

-É D.Va pra você! - ela piscou um olho e botou a língua pra fora


Notas Finais


vai ter muita treta ainda :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...