História Espírito demoniaco - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias As Tartarugas Ninja
Visualizações 17
Palavras 964
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Meu espírito demoniaco


Mente do Raphael P.O.V

Eu vi o meu espirito demoníaco me olhando com um sorriso maniaco em seu rosto.

Os corpos dos meus irmãos estavam jogados no chão cheio de ferimentos e todos sangrando descontroladamente.

Os meus olhos se encheram de lagrimas, mas eu me mantive forte e não derramei uma única lágrima.

Quando eu tentei correr até eles ... Eu não consegui ... Eu senti alguma coisa se enrolando nos meus tornozelos e nos meus pulsos, assim me impedindo de ardar ou correr.

O meu espirito se aproximou de mim em uma velocidade assustadora... Quando ele estava perto o suficiente, o espirito me encarava com os seus olhos vermelhos tenebrosos.

- O que achou do meu shwzinho ? - O meu espirito demoníaco perguntava me encarando.

- Eu acho que eu vou te quebra inteiro ! - Eu digo revoltado.

- Pra que tanta revolta Raphael ? - A fera demoníaca me pergunta ainda sorrindo.

- Por que você fez isso !? Por que você os matou !? - Eu digo quase gritanto.

- Mesmo depois de tantos anos você ainda não intende ? - O meu espirito diz com.o seu rosto próximo ao meu - Eu sou um maníaco. Eu mato por puro prazer ! Eu sou um demônio e me alimento do sofrimento dos outros ! Ao contrário de você, que não passa de uma piada... Sempre tentando manter aqueles répteis inúteis que você chama de irmãos e aquela ratazana que você chama de pai seguros ! Você não é capaz nem de matar alguém ! ... Mas logo isso ira mudar.

- Como assim !? O que você quer dizer com " isso ira mudar " - Eu digo com medo do que ele poderia dizer.

- Você sabe muito bem o que eu quiz dizer - A fera demoníaca diz com um brilho maldoso no olhar - Você mais cedo ou mais tarde vai abaixar a guarda e quando isso acontecer eu vou dominar sua mente, eu vou te controlar... Então eu finalmente poderei fazer aquilo que mais gosto... Espalhar o caos, a destruição eu irei espalhar o panico, a dor, agonia, tristeza e angústia... Eu irei matar tudo o que cruzar o meu caminho, eu irei matar todos aqueles que interferirem nos meus planos.

- NÃO ! EU NÃO VOU DEIXAR ! EU IREI LUTAR CONTRA VOCÊ ATÉ O FIM DA MINHA VIDA ! EU NÃO VOU DEIXAR QUE VOCÊ ME TRANSFORME EM UM DEMÔNIO !

- Você se acha tão forte não é ? Mas veremos se você ira se conter quando sair daqui.

O meu espirito demoníaco começou a dar uma risada psicótica ... Eu senti as sombras me rodiando ... Eu estava sendo consumido pela escuridão, eu ... Eu tenho que sair daqui ...

Logo eu senti as sombras me consumirem inteiramente.


Fora da mente do Raphael.

Raph P.O.V

Eu abri os olhos de uma vez... Eu senti que minha respiração estava pesada, eu estava a suar feito condenado.

O meu olhar estava pasmo, eu olhei para os meus irmãos e todos eles inclusive o sensei estavam me olhando com olhares preocupados.

- Você esta bem Raph ? - O Donie me pergunta.

- E... Eu estou - Eu digo me acalmando.

- Por que você ta com essa cara ? - O Mikey me pergunta - Até parece que viu um fantasma.

- Essa é a única cara que tenho - Eu digo já voltando ao meu normal.

- Raphael - O sensei diz chamando minha atenção - Tem alguma coisa te perturbando ?

- Não sensei - Eu minto.

- Raph o que aconteceu ? Você ta pálido, suado e meio assustado - O Leo diz meio desconfiado - Como o Mikey disse " até parece que você viu um fantasma "

- Eu to bem ! Ta legal ! - Digo meio irritado.

- Raphael você esta escondendo alguma coisa da gente ? - Splinter disse me olhando, confesso que congelei um pouco ao ouvir a pergunta.

- Escondendo ? Não imagina... Eu não tenho nada a esconder - Digo mentindo mais uma vez.

- Raph - O Leo disse me chamando a atenção - Você esta meio estranho.

- Eu não estou não - Eu digo com a cara fechada de sempre - Eu acho que eu preciso descansar um pouco... Só isso.

- Eu também acho - O Donie diz me olhando - Você male má anda dormindo ultimamente.

- Eu sei - Eu digo me levantando - Sensei posso me retirar do treino por hoje ?

- Sim meu filho - Splinter diz acenando com a cabeça - Aliás... Todos vocês estão liberados por hoje.

- Obrigado sensei.

Eu digo e vou em direção ao meu quarto, mas paro no meio do caminho ao sentir uma mão em meu ombro... Eu me viro e vejo o Leo.

- Raph tem certeza de que esta tudo bem ? - O Leo me pregunta com certa preocupação.

- Tenho - Eu digo e me viro.

- Eu não acho ! - Ele me diz e mais uma vez paro de andar - Eu acho que você esta escondendo alguma coisa da gente.

- Eu não estou escondendo nada Leonardo ! - Eu digo com raiva.

- Raph o que esta acontecendo ? - Ele continua me perguntando, o Leo não estava acreditando em minhas palavras 

- NÃO ESTA ACONDECENDO NADA ! APENAS ME DEIXE EM PAZ ! - Eu disse praticamente gritando. Eu estava perdendo o controle sobre o meu espirito demoníaco.

- Raph se acalme - O Leo diz meio pasmo .

- ME ACALMAR ! VOCÊ QUER QUE EU ME ACALME ? - Eu digo em um tom muito elevado, quase como um grito - ENTÃO ME DEIXE EM PAZ E PARE DE FAZER PERGUNTAS !

Eu disse e fui para o meu quarto rapidamente, antes que eu surtasse de vez.

Eu abri a porta brutalmente e entrei em meu quarto, depois eu fechei a porta com forca, causando um estrondo e depois a tranquei.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...