História Espirito Livre (Garoto Indomável) - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Boruto Uzumaki, Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Minato "Yondaime" Namikaze, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Pain, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yamato
Tags Sasunaru
Visualizações 95
Palavras 1.517
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


~Boa leitura😚😚

Capítulo 15 - O Lado Bom das Coisas


Bateu a porta do carro com um pouco de agressividade mas não deu pra evitar, estavam se beijando como loucos e algo lhe dizia que eles iriam fazer ali mesmo.

- Tem certeza de que não quer ir pra minha casa?. - Disse ofegante enquanto encarava os lindos olhos do loiro.

- Não, vamos ficar aqui mesmo. - Disse voltando a grudar seus lábios nos dele. - Se formos pra minha casa minha mãe olharia pela fechadura da porta. - O ruivo para e o olha encredulo. - AAi!!  ela sempre fazia isso quando eu levava meus namorados pro meu quarto. - Disse revirando os olhos. 

- Espera um pouco, sua mãe espiava você enquanto fazia sexo com seus namorados? - Perguntava com incredulidade. 

- Sim,  pra ela era normal,  talvez só estivesse com medo de eu não usar camisinha e acabasse engravidando alguém,  mas eu sempre me cuidei. 

- Ouu!  Perai você gosta de mulher também? - Pergunta confuso com a cituaçao. 

- Olha eu gosto de todo. 

- Como assim gosta de tudo? Você é um bissexual?

- Não, eu sou pansexual. 

- Pode me explicar, porque esse ai eu não conheço. 

- A isso é simples,  panssexuais são pessoas que gostam de todos sem ligar pro gênero ou opção sexual, simplificando são humanos que gostam de humanos. - Disse se ajeitando no banco enquanto olhava para seu corpo ainda nu. - Bom mas trocando de assunto,  vou pegar minhas roupas porque pelo visto sexo é tudo que não vai rolar essa noite. 

O ruivo cai na gargalhada. 

- Me desculpa,  o clima esfriou, nossa quase que você tira minha virgindade hoje. 

Deidara para o que está fazendo quase de imediato  e o olha incrédulo. 

- Como é que é?  O que você disse? Você é virgem? 

- Sou, porque tem algum problema? 

- Hahaha!  Pra falar a verdade tem sim.  VOCÊ TA LOUCO!?  IA PERDER A VIRGINDADE ASSIM DE QUALQUER JEITO? 

- Como assim, o que é que tem? 

- O que é que tem é que a primeira vez tem que ser especial e você simplesmente ia BUM TCHA! TCHA!  E deu? 

- Hum na verdade eu não pensei nisso. 

- É percebi. LIGA O CARRO!! - Disse terminando de se vestir. 

- Quer que eu te leve pra casa, nossa saber que eu sou virgem é tão ruim assim. 

- O que!? Não desculpa, eu só me expressei mal. - Pula para o banco da frente logo sendo seguido pelo ruivo. - É que a primeira vez tem que ser com alguém que você ame de verdade, alguém que te atraia de alguma forma tão boa e intença. Resumindo alguém que consiga fazer seu coração disparar e...  - Sente o outro colocando a mão sobre seu braço o fazendo para quase que instantâneamente. 

- Deidara,  o motivo pelo qual eu ainda sou virgem era que ninguém nunca me fez sentir assim. - Disse o encarando intensamente tendo total atenção dos orbes azuis. - Você é a primeira pessoa que me fez sentir assim e pôr isso, que se você é claro..  Não tivesse quebrado o clima eu teria sim perdido a VIRGINDADE aqui! 

Deidara sente suas bochechas queimarem com a vermelhidão intenção,  ninguém nunca havia dito isso pra ele antes. 

- Nossa eu não acredito!...  Que você disse que eu quebrei o clima,  quem fez isso foi você, E NÃO EU! 

Sasori se pós a rir, não Iria discutir com ele,  não agora.  Mas que Deidara é o seu primeiro amor é a mais pura verdade.  Deidara  tirava do sério tanto sua paciência quanto seu coração. Mesmo sem muita experiência com isso estava disposto a cair de cabeça nessa paixão intença.

 - Bom..  Vamos pra onde mesmo? Quer que eu te leve pra casa minha casa? - Pergunta olhando as feições do menor. 

- Hum...  Se você quiser é claro, eu aceito, já que isso me parece um convite porque não,  né?! - Disse tentando esconder as bochechas ainda avermelhadas, será que Sasori não queria apenas dispacha - lo de uma vez? 

- OK vamos então. - Disse tentando esconder a empolgação, queria muito mostrar sua casa a Deidara mesmo que talvez fosse um pensamento um pouco infantil, tomara que não tenha se esquecido de arrumar a casa.

---

Acorda com a luz da manhã adentrando o comodo agora claro, olhava no relógio da cabeceira da cama 6:35, estava atrasado,   ainda tentando voltar a sua antiga rotina de modelo, mas estava difícil,  para todos os lados que olhava só conseguia ver Sasuke,  mas não adianta,  ele não estava lá,  apenas meras lembranças dos incríveis momentos que passaram juntos tinha que voltar a sua antiga rotina de vida,  tinha que seguir em frente.  Se olhava no espelho do banheiro sua aparência detonada com serto àr de depressão. 

- Naruto, como você é idiota! Ele não vai voltar! - Dizia a sí mesmo,  tentando acreditar no que ele mesmo dizia mas parecia tão difícil sua mente poderia acreditar mas seu coração não. - Ai! Se liga Naruto! Ele provavelmente já te esqueceu, você continua ai chorando por ele,  igual a um idiota! Por que? - Ele se questionava se xingando e apontando o dedo pra sí mesmo. Por que? Por que? Por que? - POR QUE EU O AMO!!! - Disse deixando  as lágrimas caírem. - Eu o amo muito...! - Sussurrou se encostando na parede deixando seu corpo cair de uma vez no chão. 

Quem sabe tomar um banho alivie a dor de seu corpo, mas no fundo sabia que a dor no coração seria permante. 

---

Estando pronto seguiu rumo a sua agencia de trabalho,  mas sentiu falta de Deidara que não havia voltado pra casa na noite passada provavelmente dormindo fora como sempre. 

Chegando no trabalho foi abraçado e cumprimentado por todos, seus colegas haviam sentido muito sua falta todos faziam perguntas de como ele estava e o que havia acontecido, Naruto tentava fazer o maximo para responder todas, tentava mostrar um pouco de ânimo mesmo que estivesse com seu coração destroçado. 

Depois de tudo,  voltou ao seu trabalho normal, foi maquiado e vestiu as roupas escolhidas por seus chefes e assim toda manhã passou - se normal. 

No final da tarde pegou suas coisas e caminhou até a portaria só queria chegar em casa logo e se enfurnar em seu quarto novamente. Porém saiu de seus pensamentos ao ter seu braço segurado se deparando com um lindo moreno portador de olhos negros. 

- Oi Naruto, nossa com todos tão contentes com a sua volta, nem tive tempo de ver como você está. - Disse com sua tipica expressão sorridente no rosto. 

- Oi Sai, a quanto tempo acho que nem vi você hoje, me descupe. - Disse um pouco vermelho com a aparição  repentina do outro. 

- Tudo bem, mas espero que então não deixe de aceitar um convite pra jantar comigo então. - Disse colocando a mão sobre o ombro do menor avistando suas bochechas queimarem com o ato inexperado. 

- Hum.. Jantar? - Dizia um pouco sem jeito, ele se parecia tanto com Sasuke, será que deveria mesmo aceitar? - Quando?.. O jantar vai ser quando? 

- Um hoje a noite está bom pra você? 

- Ah sim,  sim está ótimo. 

- Que bom,  vou a sua casa lhe pegar as sete., OK? 

- OK, eu estarei pronto até lá. - Disse com um pouco de ânimo. 

Esse convite sem querer havia feito Naruto ter um pouco de esperança, esperança de esquecer Sasuke, será que séria capaz,  capaz de esquece-lo de uma vez?   Isso só o tempo podia dizer.

---

Olhava para o teto do quarto sem saber o que fazer,  onde estaria seu irmão, ou melhor como ele estaria. Com todos esses anos havia tentado tanto se aproximar novamente de seu caçula, porém o menor não dava trégua sempre o esperando com quatro pedras na mão. 

Sentiu dois braços o envolver e olhou para o lado encontrando seu amado. 

- Itachi, não fique tão preocupado com seu irmão, ele sempre foi tão esperto provavelmente está bem. - Tentava amenizar a preocupação do maior. 

- Eu sei,  mas mesmo que ele esteja bem,  como será a vida dele daqui em diante vivendo perseguido pela policia como um criminoso. - Se senta na cama e deixa as mãos caírem sobre os joelhos. - Eu devia ter feito mais por ele,  eu sei que devia. 

- Itachi para com isso! Você fez tudo o que pode ele que nunca mais quis saber de você por ligar mais pro dinheiro dele do que  pra você. - Disse tentando faze-lo voltar a razão. - Você buscou a felicidade, buscou uma vida de verdade e se ele não consegue entender isso é porque não te ama de verdade. 

- É você tem razão, mas ele ainda é meu irmão e eu vou fazer de tudo pra me aproximar dele novamente e traze-lo de volta a razão. - Disse por fim vendo seu amado ir em direção a cozinha. 

- OK então, vou fazer a janta algum pedido especial? 

- Qualquer coisa que me faça esqueçer os problemas. 

- Nossa muito específico. 






Notas Finais


Voltei gente e antes de tudo peço que me perdoem pela demora tempo ultimamente tem sido algo raro pra mim. E depois eu sei que eu tinha prometido um lemon, porém eu pensei melhor e acho que as coisas estavam indo rápido demais entre o Deida e o Saso, então inventei essa agora então por favor me aguentem.
E mais uma coisa ultimamente ando elaborando bastante essa história então não vou demorar tanto pra escrever o próximo capitulo, e acima de tudo quero que vocês saibam que mesmo que eu demore as vezes eu nunca vou deixar de atualizar minha fic então por favor peço apenas paciência com está escritora em desenvolvimento. 😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...