História Esquadrão suicida Nova geração - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Esquadrão Suicida, Os Vingadores (The Avengers)
Personagens Dr. Bruce Banner (Hulk), Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina), Personagens Originais
Visualizações 34
Palavras 282
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Luta, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 15 - Emilly


Olá me chamo Emilly tenho 17 anos tenho um irmão mais velho o Derrick  Bruen  que tem 29 anos, ele é tudo para mim foi ele que praticamente me criou, ele me defendeu da minha mãe e do pai nas brigas que tenho com eles. Infelizmente Derrick se mudou da cidade e entrou no governo de segurança dos Estados Unidos.

Ele me prometeu que iria me tirar das mãos da minha mãe e do meu pai. Como eu disse fui criada praticamente pelo Derrick já que minha mãe Pamela Lillian Isley não tinha tempo para a gente, não parava em casa vivia viajando, meu pai Derek Bruen é um bêbado vive nos bares enchendo a cara, me lembro das surras que meu pai me dava quando eu queria sair com ele e tantas vezes que minha mãe me bateu só por que eu tinha pesadelos e pedia para dormi com  ela.

Bryan e Hanne são meus melhores amigos podemos dizer que eu e Hanne somos irmãs de mãe diferente, minha área entrou em uma confusão e tivemos de se mudar de cidade mas agora estou de volta, odeio Ana Clara com todas as minhas forças. Éramos melhores amigas mas de uma hora para outra ela parou de falar comigo começou a andar com  a Beth e a me humilhar.

Chego na sala de aula e Ana e Beth estão chamando a Hanne de estranha discuti con elas e por fim dou um soco em Ana e ela sai bravinha.

Eu Hanne e Bryan conversamos muito até que o dia acaba e cada um vai para a sua casa. Chego em casa e logo me tranco no quarto nao estou afim de apanhar dos meus pais hoje



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...