História ''essa garotinha aqui é capaz'' - Capítulo 1


Escrita por: ~

Exibições 11
Palavras 772
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Fantasia, Ficção, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem ^=^

Capítulo 1 - Novos amigos?


Fanfic / Fanfiction ''essa garotinha aqui é capaz'' - Capítulo 1 - Novos amigos?

E lá estava eu, de frente a sala toda. A Professora me olhava me enchendo de confiança, e toda a sala me observava, cada um me julgando de uma maneira, resolvi logo quebrar aquele barulhinho de conversa na sala e fui logo me apresentando:

-Meu nome é Taiá, eu sou de...um lugar longe daqui e bem diferente, e-e acho que é só isso... 

Dei um sorriso e voltei para o meu lugar, que era a penúltima carteira da fila ao lado da parede, a carteira tinha vários rabiscos e estava bem desgastada, a cadeira então, nem se fala! era bem desconfortável ,sem contar do sono que eu estava pois as aulas eram bem cedo, me mexi varias e varias vezes e consegui ficar em uma posição um pouco mais confortável.

Havia uma garota ao meu lado que vivia tentando puxar assunto, pena que eu não tenho os mesmos gostos que ela, e diferente do garoto que senta atrás de mim, ele é legal, pena que não presta atenção na maioria das pessoas que tentam falar com ele.

Passei as aulas copiando tudo o que os professores diziam, pelo menos o que eu conseguia prestar atenção por que eu fiquei observando o garoto que sentava na minha frente, ele parecia me estranhar e eu tinha medo de puxar assunto, mas ele vivia dando uma olhada para atrás.

As aulas passaram voando e logo que bateu o sinal eu levantei, peguei meus matérias e sai da sala. Como todo mundo estava correndo , uns voltavam para as suas salas outros corriam para saída, eu não estou acostumada com isso por que de onde eu vim é bem mais tranquilo, vamos dizer assim, logo meus pensamentos foram por água a baixo, logo depois que trombei com alguém.

-D-desculpa!

Respondi gaguejando e morrendo de vergonha e ele logo respondeu:

-Não tem nada

Ele disse com um sorriso e eu retribui com outro. Logo ficou um silencio entre nós, escutávamos apenas o barulho de alunos conversando e de vários passos, então ele resolve quebrar o silencio e se apresenta.

-Meu nome é Rafael, mas a maioria me chama de Cellbit

-Meu nome é Tainá

Respondi com um sorriso, e ele retribuiu e continuou a conversa.

-Prazer...e mudando de assunto, você por acaso não viu um cara alto, moreno e com o rosto perfeito?

Dei uma risadinha e respondi:

-Não

Depois que eu respondi alguém passou correndo entre nós, logo olhou para traz e gritou:

-RAFAEEEEEEEELEEEEEEEE!!!!

Um jovem correu ate o Rafael que logo gritou:

-FELEPEEEEEEE!!!!!!!!

Eu olhava para eles confusa e perguntei:

-Vocês são namorados?

Eles se olharam e começaram a rir e o Rafael logo disse:

-Se ele não namorasse eu ate ficaria com ele!

Eles riram e o jovem logo notou que não tinha se apresentado e começou

-Ae quase esqueci, Eu sou o Felipe, mas pode me chamar de Felps e o seu?

-Tainá

Respondi rapidamente o Felipe fez uma careta e eu dei uma risadinha.

-Felipe você viu o Alan?

Rafael perguntou olhando para os lados, provavelmente procurando o tal de Alan.

-Ele já foi para o apartamento, não aguentou esperar por você.

Felps logo respondeu e o Cellbit deu uma risadinha.

-Acho melhor eu ir antes que fique tarde, até mais gente !

Disse logo me virando para ir em bora. Os meninos pediram para eu ficar mais um pouco que eles me acompanhavam ate minha casa, eu agradeci e fui em bora.

No caminho para casa fiquei pensando se poderia considerar as pessoas que tinha conhecido como amigos. Logo depois de chegar na porta do prédio me deparo com três pessoas brigando com o porteiro. Eu ignorei e tentei passar por eles despercebida, mas o porteiro gritou.

-VOCÊ AI!

Eu me virei lentamente e me deparo com o Rafael, o Felps e um outro ,provavelmente ,amigo deles.

-H-hey

Respondi com um pouco de vergonha, o porteiro fez um sinal de que eu podia subir para meu apartamento.

-Oi Tainá

Disse o Rafa com um sorriso. Logo depois o Felps me cumprimentou junto com o amigo desconhecido.

Dei um tchau e subi no elevador, apertei o numero 3 e esperei o elevador subir.

Sai do elevador e fui ate a porta do meu apartamento, que era o numero 10, procurei a chave da porta na minha bolsa de escola e quando achei abri a porta e entrei. Fechei a porta, joguei a bolsa no sofá e fui para meu quarto.

Eu estava tão cansada que deitei na minha cama e rapidamente dormi.

[9:00 da manhã]

Acordei escutando um barulho que vinha da cozinha, levantei e fui até lá ver o que era.


Notas Finais


qq eu to fazendo?
eu n sei



mas espero que gostem :3

obrigada
de nada


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...