História Esse amor errado. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 2
Palavras 496
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Escolar, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem das minhas histórias! ♡

Capítulo 1 - Amigos também quebram seu coração.


E lá estava eu sentada na cama de meu quarto pensando. 

- Não, não pode ser. Você está doida Sofia. - eu repetia alto para mim mesma. 

Não sabia se era amor ou só por ele ser próximo demais de mim e eu estar apenas confundindo as coisas. 

Depois de alguns minutos, meu celular apita com uma mensagem do "Best ��", como eu salvava ele. Fui ler a mensagem e ela dizia: "Sô, tenho uma novidade ótima, preciso te contar ��". Respondi que eu estava meio mal, mas que ele podia falar. Ele perguntou o que era e eu continuava mentindo: "Eu juro Léo, não é nada. Fala logo!!" 

Até que uma hora ele me pergunta: "Sabe a Luísa?", só de ler aquele nome me dá arrepios, ela me odiava e fazia de tudo para me ver mal quando éramos crianças, mas ele não sabia, então respondi um simples "Sim".

Aí que vem a bomba. 

"Estamos namorando, foi hoje à tarde tomando sorvete, eu fiz o pedido e ela aceitou ❤️❤️", congelei. Minutos antes eu estava pensando se o amava ou não e ele vem me falar que está namorando com ela. Ótimo. Para não ficar mais estranho respondi bem depois um "Ata, parabéns." e desliguei minha internet.

Por ser muito emotiva, deitei na minha mais fiel amiga, a cama, e desabei a chorar, o que ocasionou em um travesseiro todo molhado. Como era noite, adormeci até no outro dia. Acordei com uma forte dor de cabeça e continuei deitada. 

"E agora?" eu pensava ainda lá jogada que nem um trapo.

- Hora de levantar mocinha, é domingo, mas já são onze horas.- disse minha mãe entrando no quarto e abrindo a cortina, o sol cegando meus olhos.

- Aaaah- resmunguei afundando a cara no travesseiro para que ela não veja a cara de choro.-Já vou, só mais um pouco...

Quando ela saiu, me levantei e troquei de roupa, lavei o rosto e fui pra cozinha tomar café. Quando estava chegando lá, senti o cheiro do frango frito da minha avó, e lá estava ela no fogão. 

- Aí está você, minha querida!- exclamou  vindo em minha direção para me abraçar.

- Vovó- sorri levemente e retribuí seu abraço apertado. - To com fome.

- O almoço já está quase pronto. Uma meia hora. Acha que aguenta?

- Aguento sim.. Fala com a minha mãe que eu já to voltando. 

Digo e saio de casa para pegar um pouco de ar fresco. Quando chego na pracinha, meu local preferido onde sempre venho com Léo, estava ele e Luísa sentados em nosso banquinho sorrindo e se agarrando.

Além dela roubar meu melhor amigo (e amor), roubou meu lugar preferido. Como eu odiava ela.

Voltei para a casa desapontada, esperei o almoço, comi e me tranquei no quarto desolada. Estava sendo o pior fim de semana na minha vida, além de no outro dia ser segunda-feira, eu teria que vê-lo e teria prova de matemática, a pior matéria. 

 

 


Notas Finais


Primeiras fanfic minha, então sei que não é lá aquelas coisas! De qualquer forma, espero que saibam que escrevi com todo meu amor e carinho. ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...