História Esse Loiro Retardado! - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Kakashi Hatake, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Temari, TenTen Mitsashi
Exibições 24
Palavras 1.691
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 13 - O início do namoro -- Especial ShikaTema


Aquele foi sem dúvida o melhor dia da minha vida. Eu tinha conseguido. Finalmente tinha conseguido. O Naruto me pediu em namoro... E eu aceitei. Ninguém poderia estragar minha imensa felicidade.

 

Quando já era de noite entrei no Facebook para comunicar a novidade a todos os meus amigos.

 

Hinata Hyuuga postou:

 

O início de um namoro perfeito <3 com Naruto Uzumaki

 

Imediatamente já surgiram um monte de comentários:

 

Sakura Haruno – AAAAAAAAAAAAAH PARABÉNS MIGUXA! SABIA QUE ESSA NOVELA MEXICANA BARATA DE VOCÊS UM DIA IA DAR CERTO!

 

Tenten Mitsashi – Awn que casal mais fofo! Finalmente se entenderam! Desejo felicidades!

 

Neji Hyuuga – Finalmente desencalhou hein? Coitado do Naruto, que vai ter que te aguentar...

 

Shikamaru Nara – Pow parabéns aí! Me convida pro casamento!

 

Ino Yamanaka – Hina, diva perfeita! Finalmente pegou o loiro gato U.U Faça bom proveito AUSHAUSHAUSHAUHAU

 

Sabaku no Gaara – Naruto sortudo...

 

Sasuke Uchiha – Huunf sabia que você ia ficar com ele, Hinata... De qualquer forma, parabéns.

 

Naruto Uzumaki – Minha linda Hina-chan <3

 

Hinata Hyuuga – Obrigada povo! Menos você Neji, vadio.  Meu lindo Naru-chan <3

 

Saí do Facebook com lágrimas nos outros. Eu sabia que aquele era o início da minha felicidade com o Naruto. E finalmente fui dormir feliz.

 

_________________*____________________

 

No dia seguinte eu acordei com uma animação fora do comum. Minha mãe estranhou.

 

- Qual é o motivo da felicidade, Hinata?

 

- Aah, é que...

 

- É o Naru-chan, né Hina-chan? – O Neji disse com uma voz irritante.

 

- AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH! – Minha mãe gritou como louca.

 

- MEU BEBÊ ESTÁ NAMORANDO O NARUTO-KUN? FINALMENTE HEIN?

 

- Para de exagero, mãe. – Eu disse, envergonhada.

 

Tomei o café e saí logo pra aula. Mas a surpresa foi... Adivinha quem veio me buscar em casa. Sim, ele mesmo. O Naruto.

 

- Naru-to?

 

- Bom dia Hina-chan! Vamos pra aula juntos, minha linda namorada?

 

- V-vamos sim... – Eu estava vermelha.

 

O Neji apenas observou a cena.

 

- Bom dia, Naruto. – E saiu andando.

 

Então o Naruto me estendeu a mão e eu a segurei. Ficamos andando de mãos dadas até chegarmos na escola. Ah, que romântico.

 

- Hinaaa, diva! – Ino já chegou me abraçando.

 

- Hinata-chan, finalmente vocês dois se acertaram! – Sakura sorriu, satisfeita.

 

- Parabéns, Hinata! – Temari disse, meio séria.

 

- Hina & Naru. Casal divo. – Tenten disse.

 

Ah meu Deus. Acho que aquele era o segundo melhor dia da minha vida.

 

- Agora, um beijo de cinema! – Gaara chegou com Sasuke e Shikamaru.

 

- Aah, n-nã... – Naruto me interrompeu.

 

Nos beijamos como nunca. Um típico beijo de cinema.

 

Mas aí a Anko-sensei chegou.

 

- Que pouca-vergonha é essa aqui? Já pra aula Uzumaki, Hyuuga, Uchiha, Sabaku... E todos os outros! Xôôôôô!

 

Mó estressada essa Anko viu...

 

Bora pra aula, cambada.

 

_______________*__________________

 

Especial: ShikaTema <3

 

Temari POV:

 

Eu percebi que todos os meus amigos estavam namorando. Isso me deixava feliz... E ao mesmo tempo triste. E sabia que tinha o Shikamaru... Mas eu não conseguia perdoá-lo... De jeito nenhum. Ele me traiu. Eu não podia aceitar isso.

 

- Eu sei que você não está bem, Tema. – Tenten se aproximou de mim, com uma cara séria.

 

- Eu vou ficar bem Mitsashi. Obrigada.

 

- Para com essa formalidade! Você sabe que é Tenten! E me conte... Por que não volta logo com o Shikamaru? Pra que ficar sofrendo?

 

- Eu não consigo voltar com ele. Ele me traiu.

 

- Você não é capaz de perdoá-lo? Ele já se desculpou, não? Por que não dá mais uma chance pra ele?

 

- Eu simplesmente não consigo, entende?

 

- Tema-chan... Eu sei que você o ama...

 

- Eu o amo, mas isso não importa.

 

- Importa, sim.

 

Aquela voz... Não acredito que ele ouviu... Shikamaru!

 

- Tenten... Você não armou isso, né?

 

- Não, eu nem sabia de nada! É sério, por favor, acredite em mim!

 

- Tá, tudo bem Tenten, você poderia nos dar licença, por favor, então? Preciso resolver isso definitivamente.

 

- Tá, estou indo. Até mais Tema-chan.

 

- Então, Shikamaru. Quantas vezes eu tenho que dizer que acabou?

 

- Temari... Você me ama... Você não quer ser feliz como todos os nossos amigos? Até a Hinata já se entendeu com o Naruto...

 

- Você me conhece Shikamaru. Eu sou difícil.

 

Eu não estava gostando daquela conversa. Não mesmo.

 

Quando eu ia dizer alguma coisa, uma pessoa passou correndo e acabou fazendo eu me desequilibrar. Droga adivinha onde eu fui cair? Sim, em cima do Shikamaru.

 

- Eu... Desculpe, eu... Fui empurrada.

 

Nossos rostos estavam muito próximos e eu estava começando a ficar vermelha.

 

- Você não vai resistir Temari.

 

E então ele me beijou. Eu simplesmente retribuí sem pensar em mais nada. Não tinha jeito. Eu ainda o amava muito.

 

Nos levantamos (Sim, estávamos deitados no meio da corredor da escola, ainda bem que a Anko-sensei não viu, senão a gente ia rodar), e nos abraçamos.

 

- Eu te amo Shikamaru, não tem jeito. Eu te perdôo desta vez.

 

- Eu prometo que nunca mais vou te trair Temari. Prometo. Eu te amo.

 

Tudo bem então. Tudo está bem quando termina bem, não?

 

_____________________*________________

 

14. Fazer “aquilo?!”

 

Hinata POV:

 

Fazia um mês exato que eu estava namorando o Naruto. Tudo estava uma maravilha, ainda bem. Não tínhamos brigado nenhuma vez, por incrível que pareça. Também, depois de tudo o que passamos pra ficarmos juntos. Mas... Uma coisa começou a me incomodar.

 

Será que o Naruto... Pensa “naquilo?”. Sim, “aquilo”. Bom, dizendo em linguagem comum “sexo”. Ah, do que estou falando? Só temos um mês de namoro e já estou pensando besteira! Droga!

 

O pior que isso está me incomodando muito. Será que algumas das minhas amigas já fizeram “aquilo?”. Hum, boa pergunta.

 

- Hinata-chan?

 

Droga, tô viajando. O Naruto tá bem do meu lado. Estamos no horário de intervalo no colégio.

 

- Ah, desculpa Naruto. Só estou meio aérea hoje.

 

- Está preocupada com algo? Se eu puder ajudar...

 

- NÃO, VOCÊ NÃO PODE!

 

Eu gritei. Sim, não tinha necessidade, eu sei.

 

- Q-quer dizer... É problema pessoal... Bem, me dá licença, sim?

 

- Volta aqui, Hina... Eu fiz algo errado?

 

Tarde demais, eu já tinha fugido.

 

Maldição. Corri pro banheiro e me tranquei lá dentro. Meu rosto estava quente e vermelho, mas não era de febre, era de vergonha mesmo.

 

- Hina, é você? – Uma voz conhecida falou comigo. Era a Sakura.

 

Putz, ela me reconheceu pela perna? Eu estava em completo silêncio então... Bom, enfim.

 

- Sim, Sakura, sou eu.

 

- Ah, Hina, como vai o namoro? Bem?

 

- Sim, está tudo bem.

 

- Você está com uma voz desanimada... O que houve?

 

- Nada não.

 

- Saia desse banheiro, Hina.

 

- Ah, estou bem aqui.

 

- Saia.

 

Ta, eu não podia com a Sakura. A força física dela era impressionante. Ela é capaz de destruir aquela porta.

 

- Tá bom.

 

Eu sai com o rosto meio vermelho.

 

- Me conte logo o motivo da sua preocupação. Saiba que se o Naruto fez alguma coisa, eu mesma vou lá e quebro a cara dele!

 

- Não, não é nada disso Sakura! Eu só... Bem, é constragedor.

 

- Não me diga que ele tentou... Aquilo?!

 

- Aquilo?

 

- Sim, aquilo.

 

- Não, não, não! Ele não tentou aquilo não! Pelo menos ainda não!

 

- Ainda? Hina, é esta a sua preocupação?

 

- Bem, eu estou com medo. O Naruto é homem... E deve ter seus desejos né?

 

- Hina, não pense nisso. Se ele tentar ir mais longe dê um chute “naquele lugar”, e pronto. Sempre funciona com o Sasuke.

 

- O Sasuke... Tenta?

 

- Sempre, mas eu dou o meu jeito. O Sasuke é um pervertido, só isso.

 

- Sakura, você não ta me ajudando... Bem, eu posso te fazer uma pergunta indiscreta?

 

- Sim, pode.

 

- Você... É virgem?

 

- Ah, eu? Sou sim, completamente. Estou aguardando o momento certo.

 

- Ah, ainda bem. Eu me sentiria mal se você dissesse o contrário.

 

- Relaxa, Hina. A hora chega naturalmente. E o Naruto tem que respeitar sua vontade.

 

- Obrigada pela ajuda Sakura! Eu me sinto melhor agora!

 

- Não há de quê amiga!

 

Bom, é isso. A minha hora provavelmente ainda ia demorar muito. Eu só tenho 16 anos, oras!

 

________________*____________________

 

- Hina, tá melhor?

 

- Sim, desculpa por antes, Naruto. Eu sou meio problemática, só isso.

 

- Ainda bem! Pensei que a culpa era minha!

 

- Não é não, está tudo bem.

 

Fomos embora de mãos dadas.

 

________________*__________________

 

Quando cheguei em casa fui recebida pelo idiota do Neji. Ele tinha chegado antes de mim (óbvio).

 

- Hinata, quer uma opinião masculina a respeito daquela sua preocupação? – Ele disse com um sorriso irritante nos lábios.

 

- Preocupação? Do que está falando?

 

- Acha que eu não sei? Está na cara. Ouvi você dizendo ontem no seu quarto com uma voz assustada “fazer aquilo?”.

 

Droga. Neji, vadio inútil. Odeio esse meu primo intrometido e infantil.

 

- Não preciso da sua opinião. Com licença.

 

- Qual é Hinata, deixa eu falar! Deixa, deixa!

 

- AAAAAAH, VAI SE FERRAR NEJI! ME DEIXA EM PAZ!

 

- Tá de TPM é?

 

- Não é da sua conta, demônio!

 

- Se quer saber, eu não sou mais virgem.

 

- O QUÊ? N-NEJI, COM QUEM?

 

- Não vou contar também, você me tratou mal!

 

- Qual é Neji! Pode dar a sua opinião masculina então, droga!

 

- Ah, obrigado.

 

- Então, me conte... AGORA!

 

- Foi... Com a Tenten.

 

TENTEN?! POR QUE ELA NÃO ME CONTOU?

 

- Quando, onde, por quê?

 

- Foi há umas duas semanas só. A gente se deixou levar pelo momento. Ela estava sozinha em casa, então... Bom, foi só isso.

 

AH. MEU. DEUS. Me lembre de NUNCA ficar sozinha em casa com o Naruto.

 

- Ah, Neji, seu safado.

 

- Bom, minha opinião é, nunca confie que um homem vai conseguir se segurar por muito tempo. Uma hora vai, você sabe.

 

- Isso não ajudou nem um pouco.

 

- Que ótimo, a intenção não era ajudar.

 

- AAAAAAH NEJI, SAI DAQUI SEU FILHO DA MÃE!

 

- Hahaha, já tô indo.

 

Que legal. O Neji me deixou ainda mais paranóica.

 

No dia seguinte eu com certeza teria que conversar pessoalmente com a Tenten.

 

________________*_________________



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...