História Está Tudo Bem... - Capítulo 4


Escrita por: ~

Visualizações 115
Palavras 735
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Ficção, Romance e Novela, Saga
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura ♥

Capítulo 4 - Eu sei que sou estranha


Assim que Rafael fechou a porta do quarto de Felipe eu o abraçei ele pareceu confuso mais logo me abraçou também:

- Obrigada...Muito obrigada... se não fosse você com certeza eu não estaria mais aqui...-mormurei o abraçando mais forte, era o mínimo que eu podia fazer para o agradecer. 

- Não fiz nada de mais Luna, mais não faça isso novamente...por favor... Você poderia...ter ... morrido e eu não suportaria viver sem você... quer dizer... Nós não suportariamos viver sem você. -Rafael disse segurando o meu rosto. 

- Eu vou tentar... prometo...-disse o encarando. 

- Você pode contar comigo para o que precisar Luna.-disse Rafael me abraçando novamente. 

- Bom, eu tenho que trocar  as faixas do meu braço já estão todas ensanguentada denovo...-Falei  me separando do Abraço. 

- Ta...Vai lá-Ele disse entrando no quarto de Felipe. 

POV's Rafael. 

- Oque ela queria?-Felipe perguntou concentrado no monitor do computador. 

-Ha... ela queria uma ajuda... com a lição do colégio...-Menti enquanto sentava na cama de Felps. 

Felps riu:

- Luna é a pessoa mais inteligente do universo, ela nunca precisa de ajuda com lições ou trabalhos inclusive ela fazia os meus.Me conta oque ela queria.- Felps pediu.

- Nada... ela não queria nada...-Falei.

- Sei...-disse ele desconfiado.

Horas depois...

POV's Luana. 

- Você vai comigo Luna?-Felipe perguntou.

- Para onde?-perguntei.

- Meu Deus!!Você não ouviu uma palavra do que eu disse?-perguntou ele eu neguei.

- Eu disse que:Eu e Rafael vamos no restaurante encontrar com o Alan, Guaxinim, Pk, Sasa e se você quiser ir pode ir com nosco.-disse Felipe pausadamente. 

- Ta pode ser...-me levantei do sofá da sala e segui os dois pela saída de casa.

No Restaurante...

- Nossa você é muito idiota Alan-disse Guaxinim.

Todos estavam rindo das palhaçadas de Alan, menos eu é claro:

-Você está bem? - perguntou Rafael colocando sua mão sobre a minha. 

Balancei a cabeça positivamente. 

- Oi gente!-uma garota se aproximou da mesa e se sentou ao lado de Rafael. Sasa.

Todos a comprimentaram.

- Tudo bem amor? - Ela perguntou para Rafael que parecia desconfortável com o fato dela estár ali.

-Estou. -Ele respondeu seco.

Ela o deu um selinho e o obraçou de canto, Espera se ela o beijou  ela é a  ...namorada dele:

- EU VOU AO BANHEIRO! - falei me levantando da mesa rapidamente e me dirigindo ao banheiro. 

Droga, Droga, Droga!! Eu sou tão idiota!Como eu sou IDIOTA!! E eu achando que ele gostava de mim, meus pensamentos foram interrompidos quando alguém me pega pelo pulso.Rafael:

- OQUE VOCÊ QUER?!-Me exaltei sem querer.

- Ela não é minha namorada!-disse Rafael sem soltar meu pulso.

-Foda-se, isso não é da minha conta....-mormurei.

- Da para você me soltar-perguntei o encarando. 

Ele demorou um pouco mais logo me soltou e voltou para mesa.

....

Voltei a mesa e me sentei no meu lugar, procurado manter a calma e não sair socando todo mundo. 

- Você não vai nos apresentar sua irmã  Felps?-Sasa perguntou. 

Antes que ele pudesse responder eu disse:

- Você pode falar diretamente comigo sabia? Eu não mordo...-falei a encarando.

- Pensei que fosse muda...-ela disse dando uma risadinha sarcástica.

Rafael bateu no ombro de Sasa como se estivesse mandando ela calar a boca:

- O que foi? Todo mundo já percebeu que essa garota é estranha.-disse Sasa gesticulando com as mãos e fazendo uma cara de nojo.

Todos arregalaram os olhos esperando minha resposta, eu não iria responder oque ela havia dito mais eu decidi que não iria abaixar a cabeça:

- Escuta aqui garota! Quem você pensa que é para me jugar? Eu sei que sou "estranha" ninguém precisa me dizer isso, mas ao contrário de você eu tenho educação.  - falei me levantando da mesa e apontando para cara dela.

Todos abriram a boca incredilos, inglusive Felipe que nunca havia visto eu falar daquele jeito. 

- Vamos embora Felipe. - Falei batendo em seu ombro. 

...

Fui para meu quarto e me joguei na cama Felipe estava tentando conversar com Rafael pelo telefone para saber como ele iria voltar para nossa casa afinal ele tinha ficado no restaurante. 

Me virei para o lado da parede e acabei adormecendo.

....

Acordei com o barulho da porta do meu quarto sendo aberta não sabia quem era eentão finji que estava dormindo(não queria conversar com ninguém)Senti um peso ao meu lado da cama,alguém havia sentando ao meu lado:

- Eu juro que não foi culpa minha-disse Rafael passando as mãos sobre minha cabeça. 

Finji que ainda estava dormindo:

- Eu sei que você não está dormindo. -Rafael disse. 

Abri os olhos e me virei para seu lado:

Continua...



Notas Finais


Eeee mais um capítulo com amor!!!
E como dizia um grande filosofo
um beijo
Um queijo
E até lá


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...