História Está Tudo Bem... - Capítulo 5


Escrita por: ~

Visualizações 40
Palavras 373
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Ficção, Romance e Novela, Saga
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura ♥
( Leiam máscaras,é uma boa Fanfic)

Capítulo 5 - Desistir de tudo?


- Ela não é minha namorada...-Rafael Mormurou.

Suspirei:

- Rafael ...Eu não tenho nada haver com isso...se você namoramora ou não aquela garota...o problema é seu.-falei me sentando ao seu lado na cama.

- Pensei que gosta se de mim...-susurrou ele 

- Eu gosto de você...Você é o melhor amigo que uma pessoa pode ter e...-falei mas fui interrompida.

- Pensei que gosta se de mim de outra forma...-disse ele olhando para o nada.

Com toda a dor no meu coração eu disse:

-Sinto muito...-minha voz saiu falha.

Ele se levantou da cama e saiu do quarto fechando a porta.

Eu gosto muito dele, mas eu não seria capaz de lhe fazer feliz, ainda mais com o meu plano de acabar com tudo...Sim, eu estava pensando em desistir de tudo e se eu falasse para Rafael que eu gosto dele vai fazer ele sofrer ainda mais com a minha ausência. Então eu tive que guardar meus sentimentos para mim mesma. 

Horas depois...

Eu estava  no 4 andar de minha casa, estava no telhado sentada bem na beira da telha feita de cerâmica (ou sla doque telhas são feitas).

Era bem alto lá em cima eu podia ver toda a cidade e também o por do sol:

- Pensando na vida?-Rafael disse se sentando ao meu lado.

- Não...-disse. 

- Pensando em que?-Ele perguntou. 

- Na morte...-mormurei. 

Rafael riu pelo nariz :

- Não tem medo dela?-perguntou ele.

Balancei a cabeça negativamente.O ssilêncio tomou conta do ambiente, até que Rafael o quebrou:

- Você realmente não gosta de mim?-perguntou se aproximando e fazendo com que eu o olhasse. 

- Nã...-respirei fundo-Não...

Rafael aproximou seu rosto do meu fazendo com que nossos lábios quase se encontrasse. 

- Rafael eu ja disse que Nã..-mormurei mais logo fui interrompida por um beijo, é claro que levei um susto da porra quando ele me beijou, mais não tive coragem de recuar:

- Oque foi isso?-perguntei quando nos separamos. 

-queria ver se era verdade...-disse ele rindo e sorrindo para o horizonte. 

- Oque? - perguntei confusa o olhando.

-Se você realmente não gostase de mim, teria recusado ou recusado. - ele falou com um sorriso enorme no rosto. 

- Não foi isso...eu só...queria...ser educada.-falei envergonhada. 

- Hum...sei-falou ele desconfiado. 

Sorri olhando para o horizonte. 

- Nunca tinha te visto sorrindo...-Rafael olhou para mim.

- É... nem eu-falei. 

Continua....


Notas Finais


Eee mais um capítulo.
(Eu nunca sei oque dizer aqui)
Um beijo
Um queijo
E até lá


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...