História Estaca zero - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Luan Santana
Tags Luan Santana, Romance
Exibições 55
Palavras 811
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura! (desculpa pela demora)

Capítulo 5 - Isso é ridículo!


Fanfic / Fanfiction Estaca zero - Capítulo 5 - Isso é ridículo!

{Ana Paula}

Estou exausta,me jogo no sofá,meus olhos estão inchados,apenas de lembrar daquela cena,o choro volta,não posso controlar.
Eu amei Guilherme como nunca amei outra pessoa queria poder entender o que aconteceu,queria poder começar tudo novamente,fazer tudo novamente,mas não é possível. Não sei se minha tia estava certa,penso que Guilherme esteve comigo esse tempo todo por pena,pena da menina fragil que ele conheceu a 3 anos atrás. Queria para de pensar,de chorar por isso,mas é como se metade de mim fosse embora.
Meu celular está tocando,mas não tenho condições de atender ninguém no momento. O melhor a fezer é desligar o celular,não quero falar com ninguém,quero ficar sozinha,trancada no meu quarto.

{Luan}
Rj 14:00h
Estou jogado na cama do hotel, Rober e Well estão nas poltronas do quarto. Rober está no celular,paro para prestar atenção na conversa:
     - Não,ela não está aqui! - quem sumiu agora? - ja ligaram para Guilherme? - Ana Paula! Essa menina é problemática? Senhor- bom,avisem!
Termina a ligação e Rober nos olha espantado:
    -Ana Paula,não atende o celular e Bia está ligando para todos procurando ela,parece que ela e Guilherme e ela acabaram de vez.
  -Sério? - Well fala arregalando os olhos.
- É óbvio o cara é um babaca!

{Ana Paula}

A campainha não para de tocar,se fosse alguem desconhecido o porteiro iria ligar. Minha tia tem a chave,então não é ela,QUE MERDA! Devia ter avisado o porteiro para dizer que eu não estava. Vou abrir a porta.
  -Ana Paula! - Bia fala me abraçando,está Julio,Carlos,Maya e Camila na porta. - Por que você não atende minhas ligações amiga? - Bia pergunta,me soltando.
   -Gente o que vocês querem? Eu estou bem,podem ir embora! Digo indo em direção a o meu quarto.
   -Ana,abre essas janelas,vai morrer chorando? - Camila diz me seguindo,entro no meu quarto e fecho a porta na cara dela,deitando em minha cama.
        -Ana Paula! -diz abrindo a porta. - Levanta daí,agora!
       -Você não pode me obrigar! - digo escondendo meu rosto com o travesseiro.
        -Ana,por favor! Parece uma criança! - Julio fala arrncando o travesseiro de minha mão.
      -Vocês são amigos horriveis! - digo me sentando na cama. - vocês ligaram para minha tia?
      - Não,achamos melhor vir aqui antes de apavorar ela! - Carlos diz me puxando pelos braços,para que eu levante.
        -Hoje você vai afogar as mágoas na boate! - Camila diz animada.
  -Não mesmo! Amanhã é segunda,tenho faculdade pela manhã!
       -Cala a boca, todo o mundo sabe que você não vai. - Maya diz erguendo uma sobrancelha - Vou ficar aqui com você,e o resto vai embora!
       -Eita,ta bom. Tchau,buscamos vocês as 21:00. - Bia diz se despedindo,assim como o restante.
         -Maya,eu não vou a lugar algum essa noite. - digo jogando o corpo para trás.
      -Claro que vai,para de drama!
      - Onde vocês tiraram essa de boate no domingo? 
    -O amigo do Julio,Rober,convidou e nós vamos!
     - Vou falar com minha tia antes.
     - Ja falamos!

20:41h
     Eu não quero boate,não quero bebida,quero dormir!
       -Você está linda! - Maya me elogia!
       - Não fala mais nada antes que eu desista!
30 minutos depois...
      Chegamos.
Está lotado,a música está alta,toca eletrônica,eu estou perdida,não estou com diposição para nada,QUERO MINHA CASA!
Chegamos no balcão  de bebidas da boate,onde está Luan e Rober.
            -Oi! -digo
            -Oi! - Luan responde.
Iria chamar Bia,mas quando percebo que ja estão dançando e com bebidas em mãos. Luan fica observando toda boate bebericando sua bebida. Decido pegar algo para mim beber.  Após pegar a bebida,começo a ficar entediada.
      -Não vai dançar? - pergunto para Luan.
       -Eu não danço! -diz olhando para  a multidão.
     - Que mentira! - digo bebericando a bebida,ele sorri de canto.
      -Você quer me ver dançar? - diz me olhando com um sorriso malicioso.
     - Eu odeio você! - digo com um sorriso de lado,olhando para frente.
      - Você nem me conhece direito! - Luan diz balançando a cabeça.
      - Para você ver como é a vida. - digo olhando para ele que também me olha.
      -Jogo da sinceridade?
      -Ok,jogo da sinceridade! - respondo mordendo os lábios.
      - Quem é que desliga o celular e fica presa no quarto chorando por 2 horas?  - pergunta fazendo careta.
      -Eu estava triste! Isso é ficar triste!
     -Não me leve a mal,mas,isso é ser burra! - bate com o copo de leve no balcão - Prefiro quebrar copos! - diz tomando um gole de sua bebida.
     -Por que eu quebraria copos? Isso é ridículo! - digo franzindo a testa.
      -Morrer chorando ou quebrar copos? - pergunta erguendo as duas sobrancelhas,reviro meus olhos sem responder. - Viu?
     -Não gostei dessa brincadeira!
       

          
             

              

    

    


Notas Finais


Estão gostando?
O que vcs acham que vai acontecer agora?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...