História Estava Escrito(Camren) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Austin Mahone, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Shawn Mendes
Tags Allybrooke, Camilacabello, Camren, Dinahjane, Fifthharmony, Laurenjauregui, Normanikordei, Romance
Visualizações 1.165
Palavras 1.203
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Parte 2


Fanfic / Fanfiction Estava Escrito(Camren) - Capítulo 2 - Parte 2

Parte 2

Acordei com uma luz desconfortável no rosto, serrei os olhos antes de abri-los totalmente, pisquei diversas vezes para me acostumar com a luz e então os abri. Olhei para a janela que ficava ao meu lado direito e sorri lembrando de ontem, sentei-me sobre a cama coçando um olho e bocejei erguendo as mãos.

-Bom dia Sol. -Disse me fazendo dar um sobressalto na cama.

Oh céus, eu tinha esquecido da linda garota da noite anterior. Ela estava um pouco deitada com os joelhos dobrados lendo um livro e seus óculos de descanso, fitei-à intensamente e nossa, ela era realmente muito bonita.

-Bom dia Lua. -Sorri me levantando.

-Você está atrasada para o café da manhã. -Soltou uma gargalhada gostosa. -A reitora veio chama-lá umas cinco vezes, mas eu tratei de avisa-lá que você estava um pouco doente. -Sorri assentindo enquanto caminhava para o banheiro.

Tomei um banho um pouco longo e lavei os cabelos, por incrível que pareça ser, não acordei com dor de cabeça. Lua e eu pareciamos nos conhecer à anos, ela sorria abertamente e eu me sentia feliz por ela sorrir.

-Não vai sair hoje Cabello?. -Perguntou Ally batendo na porta do banheiro.

-Cabello, hoje tem aula de natação. -Ouvi Dinah gritar e rir.

-Já estou saindo. -Abri a porta, o que fez as duas saírem correndo em direção à cama. -Vocês sabem que eu odeio que me incomodem no banho.

-Mila, Mani passou mal hoje, como vamos consolar Dinah?. -Perguntou em tom de deboche.

-Vai procurar o que fazer Ally. -Resmungou Dinah jogando uma almofada na mesma, nesse momento Lua entra no quarto e para na porta ao ver as garotas.

-Ora ora, não vai apresentar sua nova coleguinha de quarto?. -Dinah disse olhando para Lua que me olhava confusa.

Ajeitei a toalha sob minha cabeça e caminhei até a Lua.

-Essa é a Lua, Lua,  essa são minhas amigas, Ally e Dinah. -Sorri apontando para cada uma.

-Lua?Uh, este é o seu sobrenome?. -Perguntou Dinah sentando na minha cama.

-Não, meu sobrenome é Jauregui. -Deu um sorriso labial e sentou na cama.

-Então Srta.Jauregui, que tal irmos para o refeitório?. -Dinah sugeriu.

Lua me olhou e eu assenti com as sobrancelhas erguidas e o lábio inferior entre os dentes.

-Podem ir, estarei lá em alguns minutos. -Sorriu e as meninas assentiram levantando-se da cama e indo em direção a porta. -Sol. -Chamou-me. -Pode me ajudar com uma coisa?. -Assenti e fui até a mesma.

[...]

-Sol e Lua, que par mais desengonçado. -Debochou Dinah.

-Não somos um par sua inútil. -Joguei uma batatinha em sua cara.

-Qual é Mila, sabemos que você tá afim dela já. -Ally zoou.

-Parem, eu não estou afim dela. -Disse e vi Lua vir em nossa direção. -Mudem de assunto. -Pedi entre dentes.

Todas conversávamos atentas e dávamos toda atenção à Lua, ela disse que veio para cá e se acabou sendo separada dos amigos, e ela realmente passava uma imagem de uma garota um pouco solitária, também com esse jeito sombrio que ela tem.

-Ora ora, a novata sentando na mesa da queridinha Cabello. -Disse Alexa inconveniente, revirei os olhos, ótimo a sessão de bullying pela manhã irá comecar.

-Bom dia Alexa. -Revirei os olhos.

-Deixa ela falar sozinha Sol. -Lua disse e Alexa pigarreou.

-Além de ladrona de namoradas é mentirosa também Camila?Vai pegar a novata também?Igual roubou a minha namorada?. -Disse e à olhei incrédula.

-Olha amiga. -Falei mostrando tamanha falsidade. -Não roubei a sua namorada e à propósito, eu sou bv. -Lua arregalou os olhos e continuou comendo.

-Se eu não fosse a mais venenosa dessa escola, juro que seria você. -Cruzou os braços me olhando sorrindo. -Bv, só se for...

-Sua presença me dá nojo garota. -Dinah interrompeu jogando arroz em sua blusa arrancando de todas nós risadas.

-Vocês são patéticas sabiam?. -Limpou a blusa e saiu andando com seu rebolado exagerado.

Olhei para a Lua e ela estava olhando para sua bandeja, toquei seu ombro e ela me olhou de soslaio.

-Seu nome é Camila?. -Assenti.

-Camila Cabello, ao seu dispor. -Disse e ela soltou um riso nasal.

-Lauren, Jauregui. -Sussurou para que ninguém ouvisse, pisquei para ela e voltei a refeição.

Lauren, a dona de um par de olhos verdes bem claros, juro, que se ela me olhasse por tanto tempo, eu perderia a visão, ou talvez o juízo.

[...]

-Sol, você está bem?. -Perguntou me sacudindo.

-Eu, desculpa. -Eu havia me perdido na imensidão daqueles olhos.

Estávamos estudando matemática, precisamente na minha cama, o que eu gostava, pois minha cama era confortável e macia. Mas Lauren começou a gesticular enquanto falava sobre bascaras e raiz quadrada, ela fixou seus olhos nos meus e continuou falando. E o que me instigou mais, foi a sua timidez por eu olha-lá tanto tempo. Ela umedeceu os lábios lentamente e com a mão direita colocou uma mecha do cabelo para trás, me encarou novamente e deu um sorriso labial.

-Como eu estava dizendo...

-Não Lauren, eu já cansei de tantos números e traços e números e traços e arr. -Gritei jogando meu corpo para trás, ouvi sua risada ecoar no quarto me fazendo suspirar, era gostosa de se ouvir.

-Sol, temos que estudar, você me pediu ajuda, agora levanta. -Segurou a gola da minha camisa e tentou me levantar, porém, deu erro 404 na ação.

Numa tentativa falha de me levantar, seu corpo foi e voltou caindo em cima de mim, seus cabelos longos e castanhos escuros caíram como cascatas em meu rosto, sua pupila dilatou no exato momento em que nossos olhos se encontraram, ela umedeceu os lábios fitando os meus. Coloquei uma mexa do seu cabelo atrás da orelha como ela sempre faz, olhei para os seus olhos e sorri.

-Você é tão linda. -Sussurei e ela respirou fundo se levantando.

-Me-me desculpa, eu não queria. -Amarrou os cabelos em um coque alto.

-Lauren... -Tentei dizer e ela me interrompeu.

-Podemos terminar isso outra hora certo?. -Pegou os materias rapidamente e desajeitada.

-Lauren... -Tentei mais uma vez e nada.

-Nos vemos outra hora Lua. -Se virou e eu levantei rapidamente, à puxei pelo braço fazendo nossos corpos se chocarem com o seu retorno.

Seus olhos travavam uma guerra intensa para saber em qual dos meus olhos ela iria fitar de uma vez.

-Lauren, relaxa. -Falei soltando um riso.

Seus olhos estavam quase arregalados, eu podia jurar que eles saltariam a qualquer momento da sua face. Me aproximei e sorri, ela fechou os olhos e largou os materias que estavam em sua mão fazendo-os cair no meu pé esquerdo.

-Oh, merda!. -Gritei me agachando.

-Sol me desculpa me desculpa, não foi por querer, meu Deus. -Se agachou ao meu lado.

Que dor Deus, o que essa garota tinha mesmo?As mãos furadas?.

-Uff, tudo bem Lua tudo bem. -Falei segurando suas mãos que estavam agoniadas em meu rosto. -Tudo bem.

-Sol desculpa é que você estava muito perto e... -À puxei com força e selei nossos lábios em um selinho demorado.

Me afastei abrindo os olhos e à vi com os olhos arregalados quase saltando de sua face, sorri e ajudei a pegar os materias, levei até sua cama, quando me virei ela estava no mesmo lugar, da mesma forma. Me agachei e toquei seus cabelos, ela me olhou engolindo à seco e levantou-se rapidamente.

-Não ouse me beijar novamente. -Disse em um tom grosso enquanto ajeitava a roupa.

-Me desculpe, foi impulso. -Respirei fundo.

-Não se beija uma garota sem antes levá-lá para sair sabia?. -Resmungou e saiu do quarto.

Então tinha que chamar pra sair?Dinah não me ensinou isso.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...