História Estou apaixonada pelo meu patrão? (Imagine Jungkook) - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, D.O, Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Romance, Suspense, Trabalho
Visualizações 198
Palavras 1.345
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Novidade para quem gosta de um Hot 🌚

Acabei criando uma fanfic de apenas 1 capítulo (capítulo único) do Kim Namjoon.

Quer conferir? Então acesse o link em baixo ⬇️
https://spiritfanfics.com/historia/to-your-touches-baby-imagine-kim-namjoon-18-9912532

➡Adicione aos favoritos se caso gostar️⬅️

Agora fiquem com a fic do Jungkook ❤

~♡Boa Leitura♡~

Capítulo 26 - Por que é difícil te esquecer?


O que esse maníaco quer?

Acabo subindo as escadas e vou para o banheiro tomar um banho, tomo e vou me vestir, me visto e pego minha bolsa e meu celular, desço rápido as escadas e saio de casa.

** ... **

Chego na frente da casa de Jimin, respiro fundo e bato na porta, a qual demora um pouco para ser atendida.

Logo a porta se abre e me deparo com Jimin, o qual estava muito diferente.

- O que você quer? Eu disse para nós mantermo... - O interrompo.

- Jimin - Respiro fundo - Será que podemos conversar um pouco? - Pergunto um pouco preocupada com sua reação, Jimin fica um pouco pensativo e me dá passagem para entrar. Entro e sinto um arrepio em minha espinha, o ambiente aonde Jimin morava não era mais o mesmo de antes.

Vou em direção a sala e me sento no sofá, Jimin senta no sofá logo a frente.

- Anda logo,  o que você quer? - Jimin diz grosso me deixando mais aflita.

- É verdade que você é irmão do Jungkook? Por que você o esfaqueou Jimin? Por que... - Sou interrompida.

- Veio saber coisas sobre o namoradinho? Eu tenho minhas razões, e eu não preciso de te dar satisfações - Jimin diz indo até a cozinha e pegando um litro de uísque.

- Jimin você mudou completamente, você não é mais aquele garoto de antes, o que aconteceu? - Digo me levantando e o seguindo.

- Já que quer saber tanto o que aconteceu para eu mudar, eu digo. Aquele garoto inocente e doce do passado mudou após se apaixonar perdidamente pela melhor amiga, a qual nem se quer teve pena dele - Jimin diz gritando e eu fico assustada mas mantenho a postura - Aquele garoto aprendeu e dês de então, vive uma vida maldita e escolheu o outro caminho, por que seu coração ficou gelado feito gelo. - Jimin diz ficando de costas para mim e respira fundo.

- Mas - Digo me aproximando devagar dele - Isso não responde a minha outra pergunta - Digo e Jimim se vira ficando de frente para mim - Você é mesmo irmão do Jungkook? - Pergunto e Jimim me encara por alguns minutos.

- Sou sim e daí? Por que se importa tanto comigo - Jimin diz se sentando no sofá, logo tomando um gole de uísque.

- Porque você é o meu melhor amigo apesar de você ainda querer minha distância, eu me importo com quem eu amo. Você fez parte da minha vida Jimin! - Digo e recebo seu olhar.

- Então, você me ama? - Jimin diz um pouco mais calmo.

- Sim mas, não do jeito que você me ama - Digo baixando minha cabeça e meu tom de voz.

- Sai da minha casa S/N - Jimin diz e o olho, o mesmo parecia segurar o choro.

- Mas Jimin e... - Sou interrompida.

- Sai da minha casa! - Jimin diz aumentando o tom de voz.

- Ma...- Sou interrompida.

- SAI DA MINHA CASA S/N! - Jimin diz o mais alto possível e se levanta do sofa ficando na minha frente, o encaro nos olhos.

- Como quiser - Seguro a alça da minha bolsa e vou em direção a porta, a abro e a bato forte. Paro um pouco na frente da entrada e tento conter o choro, mantenho a postura e respiro fundo e saio.

Jimin (on)

S/N sai de lá e acabo chorando feito um bebê, grito tentando expulsar a dor de dentro de mim.

Pego o uísque e tomo da garrafa mesmo, agora parece que a bebida é o meu consolo. Não quero que S/N saiba da verdade e, não quero tela mais em minha vida. Tenho que esquecê-la mas, aish é difícil de tirá-la de meus pensamentos.

- Aahh! - Grito e empurro a mesinha que tinha ao lado do sofá a derrubando. Sento no sofá e começo a chorar novamente. Por que minha vida se tornou um inferno? Por que é tão difícil de te esquecer S/N?

Jimin(off)

*No dia seguinte*

Vou até o hospital para saber sobre Jungkook, chego no quarto e vejo o mesmo vazio.

- Procurando por mim? - Jungkook surge do nada no quarto já com outras roupas, acabo me assustando.

- Omo! - Digo colocando a mão no peito, Jungkook acaba rindo.

- Tão assustada assim? - Diz irônico.

- Claro você surgiu do nada, enfim, já ganhou alta?

- Já sim, aliás já estou indo para casa nesse exato momento - Jungkook diz olhando no relógio de pulso.

De repente surge o doutor no quarto.

- Bom dia senhorita S/N, bom dia senhor Jeon - O Doutor se curva para nós e fazemos o mesmo.

- Ouve algum problema Doutor? - Jungkook pergunta preocupado.

- Nenhum mas, o você terá que ficar aos cuidados de alguém até que possa tirar os pontos - O doutor diz e Jungkook acaba sorrindo de canto, achei estranho.

Jungkook (on)

O doutor diz e acabo sorrindo de canto, já que devo ficar aos cuidados de alguém, que esse alguém seja a S/N.

- Ah sem problemas, sei quem pode me cuidar - Digo e o doutor sorri.

- Ah então tudo bem, boa recuperação Jungkook. - O Doutor da alguns leves patas em meu ombro.

- Até mais, tenha um ótimo dia - Digo e me curvo e o doutor se retira.

- Quem irá cuidar de você? - S/N pergunta se aproximando de mim, me viro ficando de frente a ela e coloco minhas mãos no bolso da calça.

- A garota que está na minha frente - Digo me curvando um pouco e S/N arregala os olhos.

- E-eu? - S/N diz apontando para si mesma, e eu concordo.

- Você é a única garota que confio para ficar me cuidando - Digo e S/N sorri de canto. - Vamos então - Digo saindo do quarto, logo S/N surge ao meu lado.

Chegamos no estacionamento e entramos no carro e o motorista da a partida e sai.

** ... **

Acabamos chegando na minha casa, entro na mesma e vou direto para a cozinha tomar um gole de vinho que estava com muita vontade.

- Ei ei ei - S/N surge na cozinha e me pega no flagra. - Você não pode tomar bebida alcoólica sob uso de medicamentos - S/N diz pegando o copo de minha mão e colocando na pia.

- Aish mas era só um golinho - Faço bico.

- Mas você não pode - S/N cruza os braços e faz biquinho brava, realmente ela fica muito fofa assim, acabo rindo.

- Venha aqui - A pego pelo pulso e a puxo até a sala de jogos. Quando chegamos lá, vou até um "painel" e ligo uma luz, a qual fez a sala inteira ficar enfeitada de estrelas e galáxias. S/N acaba ficando fascinada com aquilo tudo.

- Que lindo Jungkook - S/N diz andando um pouco, olhando ao redor. Me aproximo dela e ela acaba batendo em por conta da distração - Me desculpe - S/N diz se distanciando alguns centímetros de mim sem jeito, acabo segurando seu braço e recebo seu olhar, a puxa para perto de mim e a abraço.

- S/N me promete algo? Promete que nunca vai deixar de mim? De me esquecer da sua vida? - Digo ainda abraçado a ela, S/N separa o abraço e me olha nos olhos.

- Claro que não Jungkook mas, por que pergunta? - S/N diz e eu sorrio, apenas não digo nada sobre sua perguntar, seguro seu rosto e beijo sua testa.

- Que tal jogarmos uma partida de jogo de tiro? - Digo e S/N levanta uma sobrancelha.

- E ver você perder igual aquela vez? Quero - S/N sorri.

- Aquela fez eu estava errando de propósito, só pra você ter a chance de jogar - Digo e S/N da um leve tapa em meu braço.

- Aish vamos jogar - S/N diz e eu entrego os controles e começamos a jogar.

** ... **

- Yes! - Grito e levanto os braços para o alto contente pois eu ganhei no jogo, vejo S/N e a mesma estava fazendo bico.

- Quero revanche - S/N diz e cruza os braços.

- Vamos lá então perdedo...Ai! - Corto minha frase ficando de joelhos no chão e colocando a mão no local do ferimento.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...