História Estou grávido do líder da alcatéia - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~RapJin

Postado
Categorias EXO, SHINee
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Jinki Lee (Onew), Jonghyun Kim, Kai, KiBum "Key" Kim, Kris Wu, Lay, Lu Han, Minho Choi, Personagens Originais, Sehun, Suho, Taemin Lee, Tao, Xiumin
Tags 2 Min, Abo, Alfa, Alfa Lúpus, Baby Sehun, Beta, Chanbaek, Lobo, Mpreg, Ômega, Sekai, Sulay
Exibições 843
Palavras 771
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente aqui é a pink 15
Desculpa os erros
Boa leitura

Capítulo 7 - Capítulo VII


Byun Baekhyun

 •12 de abril de 2002, 14:45 da tarde•

 

Depois de almoçar o pequeno ômega queria sorvete, sabia que omma Onew não iria levá-lo a sorveteria já que tinham visitas em casa,  então mansamente se aproximou de sua tia Hyori e fez um pequeno biquinho. 

-Baek quer sorvetinho.

Onew fez uma cara de incredulidade perante a audácia de seu único filho, lembrava-se perfeitamente de ter lhe dito para não fazer nenhum pedido enquanto sua irmã os visitava pois o ômega mais velho sabia que sua irmã mais nova era uma manteiga derretida com o pequeno sobrinho. 

-ByunBaekhyun! O que te faleimais cedo?

Hyori riu alto da maneira como o irmão ficará envergonhado com o jeito direto que seu filho tinha, com um enorme sorriso a mulher se ofereceu a ir levar o pequeno para comprar um sorvete.

Hyori era a tia preferida do pequeno Byun, sempre que ia em sua casa para uma visita lhe trazia brinquedos e guloseimas, quando decidia ficar até tarde lhe dava longos banhos e quando o colocava para dormir contava-lhe histórias fantásticas e isso era o suficiente para conquistar a adoração daquela criança.

 

- Baek querido, que sabor você quer?

 

Ela olhou para Baekhyun com um sorriso que fazia todo mundo sorrir, era contagiante.

 

- Molango titia Hyo.

 

Baekhyun falou com aquela voz de criança inocente e um sorriso travesso nos lábios.

 

-Morango então, pequeno. 

 

- Não chama o Baek di pequeno tía.

 

O pequeno Baek falou com as bochechas cheias de ar e um bico nos lábios, naquela típica expressão que ele achava intimidar qualquer um, mas para a sua tia era a coisa mais fofa do mundo.

 

-Ok ok grandão.

 

Ela deu uma risada enquanto fazia os pedidos, não demoraram pra saírem da sorveteria. Com ares despreocupados e entre risos e brincadeiras, optaram por ir embora pelo caminho que era interligado a um parque. Baekhyun andava meio atrapalhado enquanto tomava seu sorvete e levou um susto ao ouvir um rosnado, assustado deixou o sorvete cair e agarrou a mão da tia, seu coraçãozinho batia acelerado, quando olharam para trás viram um jovem alfa e pelo que Hyori percebeu  ele estava no seu primeiro cio.

O primeiro cio de um alfa era o pior de todos, pois diferente dos outros cios eles não conseguiam controlar já que aquela era como uma definição de sua posição social, seus extintos de lobos o tomavam por completo e a parte humana simplesmente desaparecia, não havia como controlar um alfa em seu primeiro.

 

- Baek, quer brincar de pique esconde? Eu vou contar e você se esconde.

 

Baekhyun mesmo assustado correu para se esconder, ainda sentia medo e queria que sua tia ficasse consigo, os rosnados do jovem alfa estavam mais perto e fazia com que doesse suas orelhinhas sensíveis. O omômega se escondeu atrás de uma árvore próxima, curioso colocou apenas o rostinho a mostra e presenciou a pior cena se toda sua vida, uma cena que uma criança de 10 anos não deveria ver nem mesmobum adulto deveria ver porque aquilo não deveria acontecer. Sua tão adorável tia estava tendo seu corpo violado violentamente por aquele alfa, ela chorava e gritava. Aquilo fez o pequeno Byun entrar em pânico e sem reação começou a chorar, não se importava com inquérito seu appa havia dito que ele já era um homenzinho e que homenzinhos não choram. Sua tia olhou para ele mandou um sorriso dolorido e sussurrou.

 

- Eu te amo Baek.

 

Então ela apagou e o jovem alfa saiu correndo após saciar sua vontade carnal de acasalar com um ômega, mesmo que não tivesse ideia de quem aquela ômega era,  honestamente não se importava.

 

- NÃO TITIA HYO, NÃO ME DEIXA.

 

Baekhyun gritou, chorou mas nada que fazia trazia sua tia de volta.

Depois daquele dia, Baekhyun nunca   mais foi o mesmo, cresceu sentindo medo de qualquer aproximação de alfa, o único alfa que conseguia se aproximar do pequeno   Byun era seu appa e mesmo assim este não o tocava sem anunciar o que faria. O trauma   ficará tão fixo no ômega que ele nunca conseguiu criar laços com nenhum alfa, todos seus relacionamentos fora com um beta.

Quando completou seus vinte anos de idade perguntou a Onew o porquê não conseguia engravidar, ele tinha um relacionamento a mais de dois anos com um beta e não conseguia engravidar por mais que tentasse e foi então que seu omma contou-lhe a pior das notícias, um ômega só poderia engravidar de um alfa. Depois disso que decidirá optar por fazer tratamento para poder ter um filhote, mesmo que isso tenha custado o seu término com o beta.


Notas Finais


Gente esta historia foi curta mais triste coitado do Baek estou chorando aqui.
Comentem
Leiam também minha outras fics.
Tchau até a próxima bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...