História Estou sozinha! - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hizashi Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Kushina Uzumaki, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, TenTen Mitsashi
Tags Amizade, Naruhina, Naruto, Romantico
Exibições 312
Palavras 1.788
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Mutilação
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá paçocas :3

De uns dois (acho que é dois) capítulos para cá vejo que poucos leitores estão comentando em relação à alguns capítulos anteriores, agora faço-lhes uma pergunta:
Não estão gostando da história?

Mas tudo bem, só sinto em dizer que esse é o penúltimo capítulo de "Estou sozinha" e fiz com enorme carinho, espero que gostem *-*

BOA LEITURA

Capítulo 32 - Eu te amo


Fanfic / Fanfiction Estou sozinha! - Capítulo 32 - Eu te amo

Naruto: será que fiz merda?

O loiro apressou a "corrida" que fazia até pegar impulso e conseguir segurar a garota pela cintura a parando, mas o movimento fez ele cair por cima dela, mas nenhum se machucou.

Naruto: Hina...

Hinata ficou fitando as safiras, não encontrava palavras para falar, a voz parava em sua garganta, não sabia o que fazer então fez a primeira coisa que lhe veio a mente

Hinata: idiota - começou a bater suas pequenas mãos no peito dele - idiota - lágrimas novas começaram a brotar - eu te odeio - continuou batendo

Não tinha muita força para tal ato mas usou as que tinha como pode

Naruto: que azar seu - segurou as delicadas mãos dela junto a seu coração - eu te amo

Mente nevoada, carregados de desejo, fizeram o que lhe eram conveniente, selaram os lábios em um beijo apaixonado, carregado de amor e saudade que sentiam um do outro. Um mês e meio talvez esse era o tempo em que ficaram separados

Hinata: por que... - olhou para ele chorando - por que deixou eu me jogar daquele prédio? 

Naruto: não - negou - não deixei, quando cheguei onde estava já tinha se jogado amor

Amor, ah como era bom aquela palavra tão pequena mas com grande significado voltar para seu vocabulário depois de tanto tempo

Hinata: eu perdi... perdi nosso filho... - soluçou alto

Naruto sorriu

Naruto: calma meu anjo, não se culpe de algo assim, eu também não ia querer viver se eu te perdesse

Hinata: filho da puta - bateu nele - eu te odeio imensamente agora, mas também te amo tanto

Naruto: me ame ou me odeie eu sempre vou te amar

Hinata sorriu

Naruto: se lembra de tudo? 

Hinata: sim... papai morreu não é? - virou o rosto

Naruto: sim - puxou o queixo da garota fazendo-a  o olhar - kiba e seu tio também, mas como dizem tem coisas na vida que a gente não perde, se livra - sorriu

Hinata: eu não te perdi e agradeço tanto a Deus por isso

Naruto: é e eu...

Foi interrompido e surpreendido por um beijo da perolada

Hinata: obrigada amor

Naruto: hum? Como assim amor?

Hinata: obrigada por me ajudar  a lembrar, e desculpa por te fazer esperar

Naruto: quem ama espera, morre de ciúme, de saudade mas não desiste

Estavam bem afastado de todos e uma balada com som e tudo rolava pela escola, o lugar só era iluminado pela luz da lua então ninguém ia ver os dois ali

Hinata: amor - acariciou o rosto dele

Naruto: sim - fechou os olhos aproveutando mais o carinho

Hinata: o que vocês gosta em mim?

Naruto pensou um pouco

Naruto: tudo

Hinata: como assim?

Naruto: amo seu jeito - beijou a bochecha dela
             amo seu cabelo - aspirou o cheiro de rosas que ela emanava
             amo sua voz - deu um selinho na morena
              amo seu olhar - a olhou nos olhos
              amo seu sorriso - fez cócegas nela que riu
              amo seu corpo - passou a mão pelas coxas dela
              amo suas perfeitas imperfeições
Não há nada que eu não goste em você

Os olhos pérolados encheram de água, pela primeira vez se sentiu especial, não que ela não fosse

Hinata: Naru... - corou - quero te pedir algo bem íntimo

Naruto: qual é?

Hinata: faz... - o olhou - faz amor comigo?

A morena não sabia de onde saira toda essa coragem, mas sentia falta dele, de seus toques que eram ousados e ao mesmo tempo carinhosos, ele nunca a forçou a fazer aquilo que durante a vida inteira temeu em realmente fazer

Naruto: mesmo se você não pedisse eu ia fazer - sorriu malicioso

Naruto selou os lábios em um beijo calmo que foi se intensificando, realmente não se importava se estava de roupas femininas iria ama-lá ali e agora. Carinhosamente deslizou as mãos quentes e grandes nas costas dela até um laço onde prendia o vestido que ela usava, quando soltou a parte de cima já estava folgada e a única coisa que fez foi abaixar até a cintura deixando assim os seios fartos amostra

Naruto: permita-me lhe saborear e te dar muito prazer minha dama? - perguntou sussurrando contra os lábios dela

Hinata: permito desde que nasci - sussurrou de volta

Assim fez, abocanhou um dois seios dela. Chupava com fervor, parecia que estava faminto, ele se alimentava dos gemidos de prazer que recebia da namorada,  parou com os movimentos e fez o mesmo processo com o outro, ele estava a levando para o abismo, era assim que a morena pensava

Naruto: está gostando?

Hinata: m-muito - suspirou quando sentiu ele retirar todo o seu vestido a deixando apenas de calcinha. Naruto beijou o pescoço dela deixando um chupão para que todos soubessem que ela o pertencia. Fez uma trilha de beijos molhados até o umbigo da garota que gemeu quando sentiu um dedo a penetrar

Hinata: naru... hum...

A pele dela era tão macia, tão... tão cheirosa que estava se perdendo em meio aquela tentação que era a namorada.
    Penetrou mais um dedo fazendo movimentos de vai e vem com velocidade, Hinata estava quase gozando

Hinata: Naru eu vou... humm

Naruto: goza meu amor, goza pra mim

Como se fosse uma ordem ela se soltou em um  intenso orgasmo

Naruto: eu te amo tanto - a beijou

Hinata: não tirou nada ainda, não é justo

Naruto sorriu com malícia

Naruto: se é isso que quer - se levantou e começou se despir

A azulada olhava tudo atentamente, sentia tanto tesão por ele que sua intimidade chegava a doer

Hinata: naru... dói... por favor me ajuda

Naruto: calma meu amor, parece que está faminta hum? - voltou a ficar por cima dela

Hinata: naru - corou

Naruto: não se vai doer mas se acontecer me avise - se posicionou

Hinata: não vai doer, confio em você

Naruto a beijou enquanto começou a penetração, realmente ela não estava sentindo dor e sim prazer

Hinata: por favor... Mais

O loiro então começou a ir mais rápido, para ajudar Hinata enlaçou suas pernas na cintura dele. Entrava e saia com força,tirava seu membro de dentro dela e penetrava com mais força ainda,  ela pedia a ele para ir mais rápido ele tentava como podia. Ambos estava gemendo alto, o prazer era grande, escondeu o rosto no vale dos seios dela quando se sentiu sendo apertado

Hinata: eu...

Naruto: eu também, pode ir em frente meu amor

Foram mais algumas estocadas quando liberaram-se, ele se liberou dentro dela ( obviamente)

Estavam cansados e ofegantes, uma fina camada de suor envolvia o corpo dos dois

Naruto: me odeia agora? - brincou

Hinata: idiota - bateu de leve em seu peito - sabe que sempre te amei

Naruto: claro que sei

Se beijaram novamente, só que não um beijo selvagem mas sim um beijo carinhoso

Hinata: Parabéns pelo mico amor

Naruto: obrigado pelos elogios Hyuuga

Hinata: temos que voltar

Naruto: vamos ficar assim - deitou a cabeça no peito dela - só mais um pouco - fechou os olhos

Hinata concordou e começou a acariciar as curtas madeixas loiras, que depois do incidente cortou deixando mais baixos, enquanto ele brincava com a mão dela, que ora beijava.
   Ficaram assim por cinco minutos, sim foram cinco minutos no qual só sentiam o extase e os corações deles batendo

Naruto: quer ir agora? - a olhou e sorriu

Hinata: vamos - retribuiu o sorriso

se levantaram e se vestiram, apesar de que queriam ficar a noite inteira ali matando o que chamariam de saudade. Voltaram para a festa e viram todos curtindo a festa

Hinata: SAKY, INO? AMIGASSSSS - correu até a loira e a rosada as abraçando

As duas não entenderam o ato repentino da amiga mas corresponderam ao Abraço

Sakura: não vai me dizer que...

Hinata: sim, sim Naruto me fez lembrar de tudo

Ino: AHHHHHHHH - gritou eufórica

Naruto: oi caras - chegou perto dos amigos

Gaara: parece que você conseguiu

Naruto: é - olhou para a namorada e sorriu feliz

Sasuke: sabemos o que estavam fazendo

Naruto engoliu em seco e corou

Naruto: o-o qu-que?

Sasuke: estavam agarradinhos aos beijos nos fundos da escola

O loiro soltou o ar aliviado afinal não tinham visto mais do que deviam

Naruto: calem a boca em

Gaara: morre aqui. Hinaaaa - abraçou a amiga - que bom que está de volta

Hinata: verdade - sorriu - sasuke - abraçou o amigo

Sasuke: hina - retribuiu

Naruto: tô tão feliz quanto vocês - abraçou a namorada por trás


Faziam horas quem estavam na festa, não beberam muito, Naruto nada pois tinham que dirigir

Naruto: vamos amor - chamou a companheira

Hinata: vamos

Se despediram de ino, sakura, gaara e sasuke. Foram para o carro de Naruto, onde ela foi no banco de passageiro e ele no volante.
    Não demoraram muito para chegarem a casa dos Uzumaki's
Naruto: MÃE CHEGAMOS - gritou mas logo em seguida recebeu uma almofadada no rosto - Porra...

Kushina: não xinga seu filho da puta

Naruto: a nossa, como se a senhora não estivesse xingando

Kushina: então como foi a festa?
Hinata: TIAAAAA - pulou abraçando forte a ruiva

Kushina: o-oi hina - falou com dificuldade pela força do abraço - o que aconteceu?

Hinata: eu recuperei a memória, tá o Naruto me ajudou,  mas eu CONSEGUI

Kushina olhou abismada para o filho que sorria em pé na porta

Kushina: AHHHHHHHH QUE BOMMM - abraçou a garota

Naruto: por que vocês podem gritar e eu não?

Hinata: cala boca amor não estraga o momento

Kushina: isso mesmo

Naruto: nossa, estou me sentindo ofendido

Hinata: também te love

Naruto: uhum eu sei disso amor. Mãe, Hina vou tomar um banho - subiu as escadas

Hinara e kushina ficaram conversando por um bom tempo, até a morena decidir subir, de hoje em diante iria dormir com o namorado novamente. Abriu lentamente a porta sem fazer barulho, e viu uma silhueta na cama por fim pensou que o loiro tinha dormido então foi tomar banho.
     Quando saiu vestiu uma camisola qualquer e se deitou na cama sentido a fragrância dele

Hinata: te amo - ia beijar a bochecha dele mas o mesmo virou e o Beijo foi na boca - não estava dormindo?

Naruto: foi só mais uma desculpa

Hinata: o que quer Uzumaki?

Naruto: eu quero te beijar, te mimar, te abraçar, te morder, te amar... eu quero você - já estava em cima dela a beijando

Hinata: já entendi o que quer Uzumaki Lispector, mas ai eu te pergunto, você não cansa?

Naruto: de você nunca - começou a passar a mão no corpo dela

E bem ali naquele quarto se amaram mais uma vez


Continua...


             
             
             


Notas Finais


Tá aí, espero que tenham gostado

Volto logo com o último capítulo ou seja o epílogo, kisses de paçoca '3'


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...