História Estranha Paixão{Amor doce} - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Exibições 22
Palavras 730
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Então está aqui outro capítulo (agora imaginem uma voz falando lento e engraçado ao mesmo tempo) dessa Fanfic MARAVILHOSA não ficou tão bom nem tão comprido como estava da primeira vez que eu escrevi ;-; mas ficou legal na minha opinião.

Capítulo 9 - Ambre ladra de provas?Eu já esperava por isso.


*Então...Eu descobri que você tá namorando o Kentin...*

*E você vai me zoar ou algo do tipo?*

*Não na verdade eu já suspeitava de alguma coisa...*

*...Bem então até amanhã?*

*Até.*

Tá que parece que eu fui meio "dura" com nossa querida Rosalya mas é que eu não estava muito afim de conversar principalmente sobre o meu namoro.
No dia seguinte era segunda feira e para variar alguma coisa eu não estava doente nem nada olha que legal então eu fui Obrigada a ir para aquela merda que chamam de escola chegando lá eu  vi a Peggy perto do grêmio (o que não é surpresa pra ninguém por que se ela não vive rondando o grêmio é a sala dos professores.) Mas dessa vez algo de errado não estava certo então eu fui ver o que era e pra variar eu me fudi por que a diretora saiu de lá bem na hora o que fez com que ela visse eu e a Peggy perto da porta ouvindo tudo.

D: O que vocês estão fazendo aqui?Saibam que não é do interesse de vocês o que eu estava falando com o senhor Nathaniel.

Tá bom então eu esperei a diretora se distanciar um pouco e entrei na sala do grêmio.

B: Toc Toc.(Falo sorrindo)

N: Oi Bonelles tudo bem com você?

N: Eu é que deveria perguntar.

N: Bem já que se interessa é que alguém pegou ou roubou as provas que estavam na sala dos professores e como eu sou o único que tem uma cópia da chave a diretora acha que fui eu.

B: Mas isso é muito injusto não?Você estuda aqui há bastante tempo a diretora deveria acreditar em você não devia?

N: Queria que todos pensassem como você...

B: Eu vou te ajudar!

N: Hã?

B: Eu vou te ajudar a achar essas provas ou não me chamo Bonelles.

N: Sério?Obrigado mesmo Bonelles.

B: Pode me chamar de Bonnie. (Digo sorrindo)
Então lá fui eu ir ajudar o senhor Nathaniel com seus problemas.

B: Ooi Castiel...

C: Se for algo sobre alguém ter pegado as provas só digo que não fui eu.

B: Como você?...Tá não importa muito então...Você tem algum suspeito?

 C: Não!Mas você já deve ter um em mente não?

B: Acertou eu acho que seja a Ambre mas o Nathaniel nunca vai acreditar em mim.

C: Boa sorte.
Então eu fiquei "espionando" a Ambre e posso dizer que...Eu não descobri muita coisa até que ela entrou na sala com Li e Charlotte eu só fui atrás.

L: Você viu Ambre que a diretora brigou agora pouco com seu irmão?

A: Eu tô tipo bem foda-se pra ele e pra ela eu só não quero fazer aquela merda.

B: EU SABIA!

A: Você escutou tudo?

B: Sim e vou falar tudo pro Nathaniel!

N: Não é necessário...

A: N-Nath...

N: Bonnie poderia sair por favor eu tenho que dar uma palavrinha com a minha irmã...
O Nathaniel falou isso com a calma de um seriall killer eu apenas sai.
O dia finalmente acabou e eu estava prestes a ir embora quando...apareceu a Ambre Puta merda é desgraça que não acaba mais na minha vida.

A: Então você acha mesmo que  pode sair impune?

B: Quem fez a merda foi você não fui eu...

A: Mas agora você vai ver sua pequena vadia.
A Ambre levantou a mão para me dar um tapa quando graças aos céus ou sei lá o que o Castiel apareceu, nunca fiquei tão feliz em vê -lo.

C: Ei Ambre por que você esta mexendo com a minha garota?
A Ambre ficou Puta pra caralho mas saiu andando e eu me livrei de apanhar(isso podia funcionar com a minha mãe).

B: Sua garota é?

C: Sabe que eu falei isso só pra te ajudar.

B: Sei só pra me ajudar.

C: Deixa de ser besta.

B: Também amo você Castiel agora se me da licença eu vou pra casa.

Eu estava voltando pra casa quando noto que Castiel estava indo pelo mesmo caminho eu fiquei feliz quer dizer Castiel é uma companhia Boa(tá nem tanto assim) Mas ele não é aqueles Bad Boys que você vê em filmes eu acho que ele é que nem eu uma pessoa revoltada com toda essa merda que sei lá não liga para as consequências de suas ações.

B: Tchau Castiel.

C: Tchau então Tábua.


Continua...


Notas Finais


FINALMENTE depois de sei lá quanto tempo se posta eu trouxe a parte 8 se eu não me engano dessa (Imagine a voz engraçada de novo)
Fanfic MARAVILHOSA então...Tchau né ☺

PS: QUERO VINHO 🌚🍷


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...