História Estrela Azul - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Bia, Castiel, Charlotte, Iris, Kentin, Kim, Lysandre, Nathaniel, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Violette
Tags Amor Doce, Drama, Musica, Nathaniel, Nathaniete, Romance
Exibições 87
Palavras 1.491
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishoujo, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oie povo! Postando outro capitulo para vcs, tenho que adiantar um pouco pq tenho mais 2 fics para manter, espero que gostem :3

Capítulo 14 - O surgimento da Estrela Azul


Fanfic / Fanfiction Estrela Azul - Capítulo 14 - O surgimento da Estrela Azul

Acostumada com a presencia de Nathaniel, Safira admirava a chuva caindo na janela da sala. O rapaz estava assistindo o jornal, ele gostava de se informar, ela achava engraçado pois a única coisa que gostava de ver na televisão era desenhos. Ele tinha uma rotina para cada dia, era estranho cronometrar todos seus atos na semana. Safira ficava encarando o rapaz fazendo suas tarefas enquanto comia o salgadinho.

-Não fique de boca aberta por muito tempo. *ele ria da situação da garota*

-Ah... * voltava a comer*

-Está se divertindo? * pegava o aspirador para passar na casa*

-A casa é fresquinha. É bom ficar aqui dentro.

A fala de Safira estava melhorando cada vez, Rosalya praticava com ela todos os dias. Era ótimo a sensação de ver seu trabalho progredindo. Safira praticava cantando músicas em outros idiotas também, facilitando seus aprendizado. Sua curiosidade ajudava muito, ela vivia na internet lendo texto em voz alta, algumas vezes ela cometia erros, pedia para o Nathaniel repetir até ela entender.

Porém estava acontecendo algo na escola, uma pessoa desconhecida aparece. De primeira o rapaz procura o professor Faraize para conversar. Os alunos observavam o rapaz com cautela, estranhando sua roupa ao estilo punk e o seu jeito de falar, desconfiaram que o rapaz era espanhol, mas alguém de grande importância.

Rosalya como não era boba, procurou saber um pouco mais sobre o visitante. De início, ela ficou perseguindo ambos tentando ouvir a conversa, ela sabia que o rapaz não era um simples “rapaz”, no meio de umas de suas tentativas de ouvir a conversa, ela acaba ouvindo que o rapaz era um empresário procurando uma nova voz, ele ficou fascinado pela voz de Safira e gostaria de saber um pouco mais. Ele não sabia que era ela, por isso que tinha ido atrás do professor Faraize, pois ela tinha dedicado à música para sua esposa.

Sabendo de tudo aquilo, Rosalya volta para sala, sua ansiedade era tanta que não conseguia enviar mensagens para Safira, então pediu permissão ao Nathaniel de ir até sua casa.

Na casa do rapaz, Rosalya pede um pouco de sossego, dizendo que gostaria de conversas a sós com o Nathaniel. Safira resolve tomar banho então. Se sentindo um pouco mais calma, Rosalya explicava a situação ao Nathaniel, comentando que era boa ideia de fazer Safira virar uma cantora de grande sucesso já que ela gostava de ser ouvida. Nathaniel por outro lado não era muito a favor, pois achava que poderiam abusar da boa vontade e inocência da garota, ela poderia virar mesquinha deixando de ser o doce de pessoa que é.

Rosalya não concordavam com ele, era um bom momento para Safira ficar independente de sua mãe. A discursão durou alguns minutos a mais, porém Rosalya gostaria da opinião da garota, sem pensa ela resolve invadir o banheiro. Safira estava na banheira coberta e espumas enquanto brincava com os patinhos de plástico, o rapaz ficou na porta olhando somente para Rosalya.

-SAFIRA! * Rosalya estava ofegante*

-O QUE? * ela puxava as espumas perto de seu corpo*

-Preciso te perguntar, você gostaria de ser uma cantora?

-Er... a-acho que sim... * ela olhava para os lados com o rosto vermelho*

-Pois é, sabe na escola sabe aquele rapaz estranho? Ele é um empresário famoso à procura de um cantor. Por coincidência ele estava no café e te ouviu e ele está atrás de ti agora. Viu? Isso é uma grande oportunidade!

-Rosalya, não force tanto! Ela precisa prensar ainda! * Nathaniel encostava a porta para não entrar tanto frio*

-Nathaniel, deixa de ser chato! Ela sabe o que quer!

-Ela sabe? Ou você sabe?

-Eu estou apenas indicando a ideia para ela! Safira não vai virar uma pessoa má! Como você é chato imaginando essas coisas! * cruzava os braços enquanto bufava*

-Não estou dizendo que ela vai ser mal, mas podem mimar ela demais e fica egoísta!

-Isso não vai acontecer, Nathaniel!

-Como você tem certeza disso?

-Posso pôr mais espumas na banheira? * safira brincava com o patinho*

-NÃO! * Os dois respondam ao mesmo tempo enquanto discutiam*

Safira sabia que não podia fazer muito apenas esperou ambos de acalmarem, Rosalya se retira do banheiro deixando a garota em paz em seu banho. Passados alguns minutos, Safira já estava vestida. Resolve ver o que tinha acontecido com a discursão, na sala Roslaya e Nathaniel estavam se encarando.

-Então, Safira já pensou no caso? *rosalya estava quase quebrando os dentes de tanto forçar*

-Você sabe as propostas do cara, Rosalya? * ele estava quase quebrando o controle da televisão*

-P-por que estão assim? Não conversamos com ele ainda e eu gostaria de ver. * Safira estava sentindo um pouco de medo*

-Amanhã vamos procurar o cara no café. Parece que no final da tarde, ele vai pra lá para relaxar. * a garota não desviava o olhar nem por um segundo*

-Eu vou junto. Gostaria de saber das propostas que ele tem para apresentar.

-Ok...

Safira sabia se ficasse no meio poderia ter o corpo cortado pelos olhos afiados que amos possuíam. Rosalya se despede dela com um sorriso e um olhar sério pro rapaz, a noite inteira foi um pouco estranha. Enquanto ela fazia sua tarefa, o rapaz estava com um olhar sério e pensativo.

Na manhã seguinte, ela estava fazendo de tudo para melhorar o humor do rapaz, porém ele não estava muito afim de conversa. Durante o percurso até a escola, ele estava serio enquanto lia o livro. Chegando na escola, Rosalya estava na frente da escola mexendo no celular, Safira corria para dar um oi a garota.

-Finalmente chegarão!

-O metro atrasou um pouco. *ele fazia de tudo para não olhar a garota*

- O cara está na escola, entrevistando os alunos. Essa é nossa oportunidade!  *Rosalya batia a mão na outra*

-Você que acha isso! Temos que ser discreto, Rosalya. Ninguém pode saber que é a Safira.

-Eu sei, vamos pedi para ele criar uma personagem e ela pode usar máscara.

-Ahh! *suspirava* - Vamos falar com ele então.

Indo contra sua própria vontade, Nathaniel acompanha as duas garotas, Rosalya estava empolgada, Safira estava neutra, ela gostaria de ver a proposta porém sentia receio pelo rapaz. Ela precisava resolver essa história o mais rápido possível, pois não queria ver seus amigos brigando. Rosalya avista o rapaz no jardim da escola dando um telefone, ela pede para o Safira e o Nathaniel ficarem esperando perto da estufa enquanto ia conversando com ele. Os dois jovens desejam sorte para a garota que já se sentia confiante o bastante.

-Olá! * Rosalya se aproxima do rapaz*

-Olá senhorita! Deseja algo? * ele para de mexer no celular*

-Sim, eu soube que o senhor está atrás da garota que cantou no café esses dias.

-Sim, descobri que ela estuda aqui graças ao seu professor. Mas ele não quer me dizer quem é a garota.

-Pois bem, se o senhor manter o silencio posso levo-o até ela. * Rosalya fazia o sinal de silencio com o dedo próximo da boca*

-Ok, me leve até ela.

Rosalya estava transbordando de felicidade por dentro, mas não queria demostrar ao rapaz. Ela o levar até a estufa, Safira e Nathaniel estavam sentados no chão estudando um pouco, a garota apresenta o rapaz para seus amigos.

-Então cadê a moça? *ele encara a Rosalya*

-Essa aqui, minha amiga Safira. *estende a mão para a garota ajudando ela se levantar*

-P-prazer conhece-lo. * a garota fica um pouco envergonhada*

-Reconheço esse cabelo longo! É você mesmo! Estou tão feliz ter te encontrado! Precisamos conversar, mocinha. * ele piscava para garota*

-Então senhor, acho que a Rosalya não fez essa pergunta, mas qual é seu nome? * Nathaniel levanta do chão*

-Como fui rude, eu sou o Leornad. *ele cumprimentava os jovens*

-Prazer... * Nathaniel estava sério demais*

-Jovens, eu preciso ir até meu escritório. Se quiserem passar lá para conversamos mais. Estarei disponível! Ou podemos nos ver no café ainda hoje. * ele entrega um cartão com o endereço dele*

-Sim senhor! * rosalya sorri para ele*

O rapaz vai embora, Rosalya estava feliz demais. Nathaniel cedeu um pouco vendo as duas comemorando. Eles precisavam manter a identidade da garota em segredo, Rosalya propôs que cada um pensasse num nome para Safira. Durante a aula, Nathaniel estava ocupado demais se concentrando na matéria. Rosalya e Safira estavam trocando mensagens.

Mensagens on:

Rosalya: Estou pensando no nome, mas está difícil... -.-

Safira: Eu pensei num, mas tenho vergonha de dizer... :/

Rosalya: Diga garota!

Safira: Minha irmã fez um desenho uma vez de duas estrelas, ela me chamou de “Estrela azul”... Gostaria de fazer uma homenagem a ela

Rosalya: Ah! É uma ótima ideia. Curti >.<

Safira: Que boom!

Mensagem off

As duas garotas sem olham sorrindo, Nathaniel percebe a presencia de um plano maligno sendo criado, ele observava as garotas que estavam trocando mensagens. Ele suspirava preocupado, porém estava feliz por elas


Notas Finais


AAAh para os fãs de naruhina criei uma fic da categoria, espero que gostem <3
https://spiritfanfics.com/historia/selfie-6746651


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...