História Estrelas - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha
Tags Drama, Família, Naruto, Papasasuke, Sakura, Sarada, Sasuke, Sasusakusara, Uchihafamily
Visualizações 52
Palavras 468
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olarrrr, amores!

Sei que mereço apanhar, as aulas voltaram e eu não atualizei ORDJ, mas é que anda tudo tããão corrido, de qualquer maneira só quero avisar que não desistirei da fic, ORDJ é meu bebê <3

Como as senhoras bem sabem, o Gaiden está sendo adaptado no anime do Boruto e por incrível que pareça o SP até agora vem fazendo um bom trabalho. Não sei vocês, mas o último episódio me deu um aperto no coração, morri de pena da Sarada-chan e da Sakura também, por mais que eu saiba que o Sasuke tem um bom motivo para se ausentar, às vezes dá vontade de matá-lo.

Enfim, foi nesse contexto gaiden-amo-e-odeio-e-Sasuke-Uchiha que bateu a inspiração pra essa one.

Espero que gostem, boa leitura!

Capítulo 1 - Capítulo Único


 

E  S  T  R  E  L  A  S

"Se as coisas são inatingíveis... ora! Não é motivo para não querê-las... Que tristes os caminhos, se não fora a presença distante das estrelas."
Mário Quintana

 

Mamãe não sabia disso, mas quando ela era mais nova, ela costumava passar noites admirando as estrelas, imaginado onde o seu pai estava, imaginando se ele também via as mesmas estrelas que ela.

Ela saía da cama não muito tempo de depois de Sakura colocá-la para dormir, o cobertor enrolado em volta do corpo pequeno enquanto ela fazia seu trajeto até o peitoril da janela.

            - Venha logo para casa, papai. - ela sussurrava para os céus com as sobrancelhas franzidas na face triste. – Mamãe sente muito a sua falta...

            Na maioria das noites ela contava ao pai como havia sido seu dia e quaisquer outros assuntos que fossem notícias em Konoha. Ela falava sobre o Nanadaime fazendo pegadinhas com os novos gennis, sobre Sakura batendo mais uma vez no tio Sai porque ele havia sido rude e sobre como ela havia ganho mais uma disputa contra Boruto. Ela falava sobre estar estre os melhores alunos de sua turma, sobre como ainda falam a respeito da Quarta Grande Guerra Ninja na academia, mesmo depois de todos esses anos.

            Em outras noites, porém, ela não tinha nada além de questionamentos.

O que significa ser um Uchiha, papai?

O que realmente aconteceu no passado?

Por que os professores às vezes agem estranho perto mim?

Por que parece que eles estão esperando que algo ruim aconteça?

Onde você está, papai?

Por que demora tanto?

Você realmente vai voltar?

Por que você faz a mamãe ficar triste?

Você quis mesmo nos deixar ou você não teve escolha?

Por que o mundo é tão injusto?

            As luzes brilhantes no firmamento nunca a responderam, por isso, em algumas raras noites, ela ficava brava com o pai.

            - Mamãe está sempre esperando. Você a fez chorar hoje, sabia? Ela sempre chora, porque está sentindo sua falta, e eu estou cansada de não saber por quê você foi embora! Estou cansada de esperar, então é melhor você vir para casa logo!

            Depois disso, ela passava um tempo sem falar com as estrelas, como se de alguma forma seu pai pudesse sentir o que estava sentindo. Como se de alguma forma as estrelas pudessem repassar o “gelo” que ela estava determinada a dar a ele.

            Como se de alguma forma elas pudessem fazer seu pai se sentir-se culpado ao ponto de vir para casa.

            Porque era isso que ela mais queria. Que seu pai viesse para casa. Queria encontrar com ele novamente porque ela não conseguia lembrar a última vez que tinha o visto. Queria ter uma família outra vez.

            Ela só queria que o coração de todos eles fossem completos novamente.

 

Fim.


Notas Finais


E é isso aí, zamuris!

Espero que tenham gostado. Adoro a Sarada, ela e o Shikadai são os meus bebês favoritos da nova geração.

A fic é meio tristinha, porque foi assim que eu fiquei lendo o início do Gaiden e assistindo a adaptação, agora vocês vão ter que sofrer junto comigo! Hahahahahaha

Até a próxima! Não esqueçam de comentar!

Beijo,

Summer


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...