História Estressadinhos - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Panic! At The Disco, Twenty One Pilots
Personagens Brendon Urie, Josh Dun, Ryan Ross, Tyler Joseph
Tags Joshler
Visualizações 59
Palavras 904
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Essa é minha festa e eu vomito se quiser


Fanfic / Fanfiction Estressadinhos - Capítulo 7 - Essa é minha festa e eu vomito se quiser

Josh insistiu para que eu fosse para tal festa, pois Ryan contava com a gente naquela porra, então aparecemos na sua casa, da qual dava para se ouvir as músicas a quilômetros de distância.

Entramos e vimos Ryan no sofá da sala, deitado no colo de Brendon.

- Oi seus filho da pots - Josh não falava palavrao, o que fazia ele ser meio esquisito.

- Eai seus cuzao - Disse Brendon, fazendo carinho no cabelo oleoso de Ryan

. - O que houve com o Ryan? - Perguntei

- Ele bebeu pra cacete, está bem mal.

- Eu não bebi tanto, eles me deram veneno de rato Bendon - Ryan falou enrolado, errando o nome de Brendon, segurei o riso.

- Que? - Perguntei, nao aguentando e rindo daquilo.

- Ninguém te deu veneno Ryan, você misturou muitas bebidas, deu um Pt da porra - Brendon 

- Chegamos tarde então - Josh 

- Claro, vocês perderam de ver o Ryan vomitar nas pessoas quando estava dançando. - Na mesma hora que Brendon disse aquilo, Ryan gorfou no colo dele.

- PORRA RYAN, MINHA CALÇA NOVA.

- Desculpa pela calça, vamos tanzar

- Vai se foder ne, vou me limpar. - Ele disse, saindo do sofá com pressa, fazendo Ryan cair do sofá.

- Josh, vamos ajudar esse retardado

- Mas o que fazemos?

- Vamos fazer ele vomitar e depois colocamos ele no chuveiro.

- Ok

Josh e eu pegamos Ryan e colocarmos os braços dele sobre nossos ombros, então levamos ele até o banheiro.

Ele caiu no chão novamente e eu ergui seu corpo de lagartixa para que ele alcançasse a privada.

- Vai Ryan, vomita - Falei

- Não consigo, Tailen

- Você tem que vomitar, vai eliminar toda essa merda do seu estômago e vai ser melhor.

- Não consigo, demono

- Demônio é você

- Tyler, que isso? - Josh reclamou.

- Tá, desculpa. Josh, enfia o dedo na guela dele.

- Que?

- Vai, seus dedos são maiores que o meu

- Como você sabe? - Naquela hora corei igual um retardado

- Ta, esquece, vou tentar. Ryan, abre a boca.

Sem respostas...

- Ryan...

Nada...

- Ô SEU ARROMBADO, ABRE ESSA CARALHA DESSA BOCA DE CHUPAR ROLA - Gritei.

- Calma Tyler, ele ta apagado aí...Bom eu vou fazer isso sem a permissão dele mesmo.

- Ok, enfia os dedos nesse cuzao - Falei

- Que?

- Não no meu cu, na boca dele

- Ata

Josh abriu a boca de Ryan e colocou dois dedos na guela dele, Até que finalmente aquele arrombado sentiu ânsia e vomitou no vaso.

- AH, PORR.. PORCARIA.., VAI SE FERRAR, FILHO DA... MAE

- O que foi Josh? - Disse assustado, enquanto Ryan morria de tanto vomitar.

- Ele me mordeu

- Que isso Ryan? Ta pensando que é o cachorro do Josh pra morder ele?

- Ele não é meu, é do meu pai.

- Você ja disse isso, Josh...

Depois que aquele arrombado gorfou, levamos ele para o chuveiro com roupa e tudo, sentamos Ryan no chao e deixamos a água escorrer sobre ele.

- Nunca pensei que um dia eu cuidaria de alguém - Falei

- Você poderia cuidar de mim também - Josh mordeu os lábios e sorriu como um homao.

- Eu vou cuidar de você, por você eu limpo até seu cu quando você cagar.

- Você é tão romântico

- Eu sei - Falei e beijei sua boca, ele me beijou de volta e me encostou devagar no box do banheiro, segurando minha cintura

. - Josh..

. - Oi? - Ele falou, beijando meu rosto e eu não sabia que poderíamos ser tão gays.

- Esquecemos o Ryan

- Ah é.

Depois que demos um "banho" no Ryan, tivemos que tirar a roupa dele e foi o momento mais merda para nós, pois fomos obrigados a ver o corpo de grilo dele para que ele não dormisse com as roupas molhadas.

- Eu não vou vestir o Ryan - falei.

- Vamos deixar ele na cama mesmo, só vamos cobrir ele com o cobertor.

- Ok

E assim foi minha noite, a noite mais louca que ja tive. Estava cansado, com o cu doído por transar antes da festa e com muito sono, aproveitei e convidei Josh para dormir na minha casa. 

- Mae, esse é o Josh

- Oi

- Oi rapazinho, eu ja conheço seu amiguinho, Tyler, daquele dia do shopping, tudo bem Josh?

- Amiguinho? - Ri alto

- Mas não é?

- É meu amigo, não meu amiguinho, mãe. Não sou mais uma criança.

- Verdade, você está crescido né meu filhinho? Aposto que ja tirou a virgindade de uma garotinha. - Ela riu. Aquele momento eu não sabia o que era mais constrangedor, minha mãe falando aquilo na frente do meu namorado que eu estava fingindo que era meu amigo apenas ou se era o fato dele me encarar maliciosamente, pois ele sabia que era eu quem dava o cu.

- Claro, que seja... nós vamos dormir mãe..Boa noite.

- Boa noite bebê e boa noite Josh, sinta-se em casa ok? Se quiser pode abrir a geladeira e comer o que quiser também, você é de casa, ta?

-O-obrigado senhora Joseph.

 Josh estava tímido, o que era bem fofo.

Minha mãe era muito louca e ainda faria a gente se sentir muito envergonhado, era só o começo.


Notas Finais


Gente, não liguem pelo jeito tosco de escrever e a mãe do Tyler eu fiz inspirada na minha sdhauhdsa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...