História Etéreo - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 1
Palavras 1.290
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Fantasia, Ficção, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Slash, Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 8 - A Nossa Estação?


Fanfic / Fanfiction Etéreo - Capítulo 8 - A Nossa Estação?

27 de abril, Henry Bittencourt – DIÁRIO PAGÃO

Mais que um mês se passou e algumas coisas aconteceram. Tive vários outros sonhos onde lutava junto com Louis e Stephanie. Jessie me disse que se chamavam projeções astrais e que tudo ali era verdadeiro, mas como tenho certa dificuldade de acreditar, ele prometeu que estaria mais próxima fisicamente. A primeira semana de avaliações da escola está bem próxima e todos os professores parecem ter combinado uma espécie de apocalipse em nossas humildes vidas de estudantes. Porém uma coisa boa vive nisso tudo: tenho a possibilidade de conhecer um pouco mais sobre todos os alunos da turma. Nos últimos dias fiz um trabalho de biologia com Ariane e Jasmine; um de português com Mark, Lee e Alejandro e hoje farei um com várias meninas na casa de Samantha. O grupo foi pré-definido, então não tive muita escolha. Seria tudo melhor se Stephanie não estivesse no mesmo grupo que eu, mas pelo menos o pai dela nos levou de carro até lá. Fiquei surpreso ao saber que o lugar do sonho que tive com Louis e Steff realmente existe: Lost Paradiso. Nunca fui lá antes, já que é longe de onde eu moro. Matt e Gabriel falaram que lá tem um lugar chamado Skate Point. Samantha mora lá.

*Chegando na casa de Samantha*

_AMIGA! –Steff.

_Miga! E aí?! –Sam.

_Oi Samantha! –Eu.

_Olá Henry! –Sam.

_Cadê as meninas, Sam? Elas não vêm? –Steff.

_A Lohane já tá vindo. A Ana e a Ariana foram buscar o bolo da Lo. Vamos fazer uma mini festa surpresa! –Sam.

_Ai, que tudo! –Steff.

_Lohane faz aniversário hoje? –Eu.

Sim! Já já ela tá aí. Não conta nada, ok? –Sam.

_Certo! –Eu.

 

Não demorou muito para Lohane chegar. Começamos a fazer o trabalho enquanto as meninas não apareciam, mas logo elas também chegaram e cantamos aquele famoso "parabéns".

 

_Gente! Não esqueça que esse fim de semana tem ensaio do grupo, okay? -Sam.

_Onde a gente vai dançar, miga? – Steff.

_Aqui em casa. Mas é só ensaio mesmo. –Sam.

_Eu posso ver vocês ensaiando? -Lohane.

_Nem vem, Lo. A gente precisa de concentração. –Ariane.

_Que legal! Vocês tem um grupo de dança! –Eu.

_É sim! –Sam.

_Vamos nos apresentar na feira da escola, no final do ano. –Steff.

_Só vocês fazem parte? –Eu.

_Eu, Steff, Ana, Ariana, Jasmine e Leona. –Sam.

 

Continuamos conversando e terminando o trabalho até dar 17h. Todos comentam que Lost Paradiso tem o melhor pôr-do-sol da cidade: e realmente estavam certos! É magnífico! O dia estava realmente lindo e as meninas quiseram parar no Skate Point para conversar antes que o pai de Stephanie viesse nos buscar. Não conhecia elas muito bem e me senti deslocado apesar de saber que são pessoas legais. Ao olhar o que havia em volta percebi que alguns garotos jogavam basquete em uma quadra ao lado e reparei que alguns meninos da turma estavam lá, incluindo Louis.

 

Aquele foi o melhor achado que eu poderia ter feito naquele momento ou em qualquer outro. A verdade era única, porém eu não queria admitir: eu estava começando a vê-lo com outros olhos. Não quero ser trouxa outra vez e não serei. Não demorou muito para que ele notasse minha presença e a de Stephanie (isso já era comum nas últimas semanas).

_Olha só quem tá aqui! Estranho e as meninas! -Louis.

_Oi Louis! –As meninas disseram.

_Olá garotas! E você estranho: não vai me cumprimentar? –Louis.

_Oi normal! Como vai você? –Eu.

_Isso não importa agora. Estavam assistindo o jogo? –Louis.

_Não! A gente só parou aqui pra conversar. Na verdade, só o Henry que notou vocês jogando. –Sam.

_Eu vi eles também, mas não tava afim de chamar gente chata pra cá. –Steff.

_Ah, tá! Valeu aí, linda! A pessoa mais agradável do mundo é você! –Louis

_Eu sei disso! –Steff.

_Ele ironizou... -Sam.

 

O tempo passava e as coisas não aconteciam. De repente, um telefone tocou:

 

_Oi pai! Só 20h? Tá bom! Beijo, tchau! –Steff.

_Seu pai já tá vindo? –Sam.

_Não! Ele só vai poder vir 20h. –Steff.

_Nossa, Stephanie! Então eu não vou pegar carona com você, 19h tenho um casamento pra ir. –Lohane.

_Tudo bem, Lo! –Steff.

_Acho que vou acompanhar a Lohane, Stephanie. –Eu.

_Tá okay, Henry. Vai com ela então. –Steff.

_Tchau meninas! –Eu e Lohane.

Fomos andando para casa. Não sabia o caminho de Lost Paradiso até a minha casa, mas sabia voltar para lá estando na casa da Lohane. Não demorou muito para chegarmos ao quinto boulevard e na metade do caminho percebi que Louis nos seguiu mantendo uma certa distância até que eu ficasse sozinho.

_E aí, estranho! _Louis.

_Me seguindo, normal? Que feio... –Eu.

_Pois é. Ainda bem que eu estou só indo até a padaria. –Fiquei envergonhado.

_Mas já passamos por uma padaria. Por que não parou lá?

_Porque não é a padaria que eu quero ir...

_Boa tarde filhinhos! –Disse uma idosa elegante.

_Boa tarde, vó! Posso ajudar a senhora? –Louis.

_É que eu queria ir nesse endereço aqui, mas não conheço o bairro.

Panem et Circences. 601, Governemtn St - Sunset Valley

 

_É pra lá que eu tô indo. A gente acompanha a senhora! –Louis.

_Muito obrigada, filho! –Senhora.

 

Era uma caminhada de aproximadamente cinco minutos da casa de Lohane até a tal padaria. Percebi que a senhora além de elegante era bastante familiar. Ela tinha uma bengala de madeira pura: imagina o peso disso! De repente a velha começa a puxar assunto com a gente.

 

_Vocês moram aqui há muito tempo? _Senhora.

_Eu sim. Ele eu já não sei dizer. –Louis.

_Me mudei para cá esse ano. –Eu.

_Está gostando da vizinhança, filho? Aqui é bonito, não é?! –Senhora.

_Sim! Aqui parece um bom lugar para viver. –Eu.

_E vocês estão protegendo esse local, não é mesmo?! –Senhora.

_Como assim, vó? –Louis.

_Ora, menino! Vocês estão aqui para isso! Você e esse seu amigo do bigode. –Senhora.

_Quem? Ele? Ele não é meu amigo, somos apenas conhecidos. –Louis.


~De repente ouvi o barulho daquela bengala batendo contra o corpo de Louis. ~

 

_Ah, Louis! Deixa de ser teimoso, menino! Não sabe que homem nenhum é uma ilha? Por que insiste em querer segurar o mundo sozinho? –Senhora.

_Ai! Que isso, vó! Calma! –Louis.

_E você, Henry? Por que tanta falsidade? Seja sincero com o seu amigo e pare de fugir do seu destino! Não seja teimoso feito um touro! –Senhora.

_Calma, senhora! O que houve? –Disse assustado.

_Não há tempo pra calmaria. Há cada dia que passa fico mais velha e você sabe disso. Seis meses não são suficientes, Henry! Você está prestes a perder a cabeça! Não se apegue ao seu ego. Cumpra o seu dever! Seja sincero com seu amigo aqui. Vocês não têm muito tempo... –Senhora

 

O discurso daquela velha, com sua voz rouca entonação apocalíptica, parecia um apelo. Ela se desviou do nosso caminho e a perdemos de vista. Mas ela havia esquecido o bilhete com o endereço da padaria.    

☽ ♌ III

 

_O que esse símbolo significa? –Louis.

_Eu não sei. Aquela velha é louca! –Eu.

_Com certeza! Mas parece que você conhece ela de algum lugar...

_Eu nunca a vi antes. Não que eu me lembre...

_É claro que já! Por que ela falou aquilo? O que você tá escondendo de mim? Porque ela te pediu para ser sincera comigo, Henry?

_Eu não sei! Eu não escondo nada de você! Mal te conheço.

_Não dificulte as coisas, cara. Primeiro você me odeia logo de cara, depois sonhamos a mesma coisa, em seguida você me pergunta algo muito suspeito e agora isso.

_O que você acha que eu escondo de você, Louis? Me poupe!

_Você não sai daqui enquanto não me contar.


Notas Finais


Ainda hoje, capítulo 9


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...