História Eterna aliança - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Izumi Uchiha, Kagami Uchiha, Karin, Kizashi Haruno, Konan, Mebuki Haruno, Mikoto Uchiha, Sakura Haruno, Sasori, Shikamaru Nara, Shion
Exibições 601
Palavras 855
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Todos personagens desta obra são fictícios. Qualquer semelhança é mera coincidência. Boa leitura💋

Capítulo 1 - Conhecimento


Fanfic / Fanfiction Eterna aliança - Capítulo 1 - Conhecimento

A pessoa de cabelos escuros sentada à mesa antiga iluminada por um abajur dourado fechou a pasta de couro, colocou-a na crescente pilha à  direita e estendeu os braços  para pegar outra, abrindo-a  com impaciência. Deus, esses documentos não tinham fim? Como um lugar pequeno como Konoha podia gerar tanta papelada? Tudo, de comissões dos oficiais ao Grande Conselho precisava ser assinado. Por ele.
Príncipe Sasuke Uchiha deu um sorriso sarcástico. Talvez devesse ficar grato por raramente ter essa tarefa, mas o filho mais velho Itachi Uchiha príncipe da coroa estava no País da chuva representando o Clã Uchiha num casamento real. O pai Fugaku Uchiha, adoentado, fora forçado a solicitar ao filho caçula  que desempenhar se atividades das quais normalmente era excluído.
Os olhos de Sasuke obscureceram-se por um momento com uma armadura antiga. Excluído  de quaisquer decisões  envolvendo o Principado, de qualquer modo, tediosas ou triviais. Ainda assim, o pai censurava-lhe a vida que levava. Lastimava a merecida reputação  de príncipe PlayBoy do filho, mas suas façanhas no mundo dos esportes de luxo, como corrida de lancha, e no brilhante circuito social internacional, incluindo as camas das mais lindas mulheres, traziam valiosa publicidade para Konoa. E, considerando que grande parte da renda do principado devia-se ao fato de ser considerado um local glamuroso, a contribuição não era pequena. Mas o pai e o irmão não entendiam assim. Para eles, as aventuras chamavam atenção dos paparazzis, aumentando o risco de escândalos --ambos incompatíveis com a maneira rígida de governar do rigoroso príncipe e seu herdeiro.
Não, admitiu Sasuke, raivoso enquanto analisava o documento em suas mãos,  que as preocupações sempre fossem injustificadas. Karin Uzumaki fora que lamentável incidente, pois não poderia adivinhar que a artista mentira ao afirmar já estar divorciada. Embora a tivesse deixado ao descobrir a verdade, o estrago já estava feito, dando ao pai mais um motivo para reclamar.
O irmão mais velho, Itachi, também o repreendera por não  ter mandado investigá-la  antes de leva-lá para cama .. melhor aprender a exercitar o autocontrole  antes de se envolver com mulheres.

- Pelo menos nenhuma mulher acha que me controla. Diferente do que acontece com você. -lançou um olhar mordaz ao irmão , em cuja testa surgiu uma ruga de preocupação. -Tome cuidado, Itachi. Konan Uchiha tem planos para você.
- Konan está satisfeitíssima com a situação -responderá,  em tom de represeensão -, e não provoca escândalos para a imprensa noticiar.
- Isso porque seu querido papai é dono de parte dela! Deus, Itachi, não  pode pedir a papai para instruir os editores a me deixarem em paz?
- Não escreveriam a seu respeito se não desse motivo. Não acha que está na hora de amadurecer e encarar suas responsabilidades? A expressão de Sasuke tornou-se séria e fria.
- Se tivesse alguma, talvez- retorquiu, afastando-se.
Se queria responsabilidades, agora tinha algumas, como assinar documentos, pois não  havia mais ninguém para fazê-los, e tentar reparar o erro de ter saído com uma mulher casada. Talvez, se assinasse cada maldito documento com letra caprichada, antes da volta de Itachi pudesse receber o perdão real ....
O telefone celular, cujo o número pouquíssimas pessoas tinham, tocou...- franzindo levemente a testa atendeu.
- Sasuke ?
Reconhecendo a voz,  ficou aborrecido. Quando Shikamaru Nara,  telefonava, raramente era para dar boas notícias e certamente não tão tarde da noite, numa hora em que Sasuke sabia, por experiência, que a imprensa estaria dormindo. E certa parte da imprensa em Tóquio, com frequência, dormia já sabendo com quem ele passaria a noite.
Ora! Será que aqueles parasitas arranjaram mais encrenca para ele envolvendo Karin ? Estaria ela tentando obter mais publicidade para a carreira?
- Ok, Shikamaru, conte-me o pior - disse pressentindo más notícias.
O jornalista investigativo neto de um conde e um dos raros amigos na imprensa, começou a falar, mas a história  que ouviria e estava prestes a divulgar nada tinha a ver com os relacionamentos de Sasuke.
- Sasuke - disse Shikamaru Nara, a voz grave. - É sobre Kagami Uchiha.
- Se alguém -sua voz era ríspida - Acha que vai desenterrar alguma sujeira sobre ele, está .  . .
Sentia cautela na voz do homem ao interrompê-lo.
- Não chamaria de sujeira, e sim de...- fez uma pausa- ...problema. E dos sérios.
- Ora Kagami morreu, o corpo foi retirado das ferragens do carro há mais de quatro anos.
A dor o atingiu. Ainda não suportava pensar a respeito e lembrar como Kagami, o brilhante  príncipe, o único dos três filhos  que conseguirá  vencer a severidade do pai, morrerá antes de completar 22 anos  tão inesperadamente.
A notícia arrasara a família. Até  Itachi chorará no funeral, os dois encarregados de conduzir o caixão  preto do irmão  caçula naquele dia terrível.
E agora, anos depois, algum golpista ousava publicar uma matéria sórdida sobre Kagami.
- Que tipo de problema? - perguntou, friamente.
Pausa como Shikamaru Nara tomasse coragem.
-Trata-se da moça  que estava  com ele no acidente de carro. . .
Sasuke gelou.
- Que moça? -perguntou devagar, à  medida que sentia o sangue gelar nas veias.
Hesitante, Shikamaru Nara contou.

                           
                             Continua ...


Notas Finais


Espero que gostem do primeiro capítulo, favoritem e adicionam na biblioteca para ficarem atentos no segundo capítulo. Beijos queridos leitores💜💜💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...