História Eternal Bond - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction, Zayn Malik
Personagens Liam Payne, Zayn Malik
Tags Ziam, Ziam Mayne
Exibições 180
Palavras 2.071
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Fluffy, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura ❤️

Capítulo 24 - Capitolo Ventitrè


Capitolo ventitrè

Liam segurava o grande envelope branco em mãos, já era de manhã e ele não tivera coragem de abrir assim que recebeu. Olhou para sua cama onde seu garoto dormia tranquilamente agarrado a um dos travesseiros. Ele tinha medo de que o que tivesse ali dentro mudasse o destino de Zayn de tal forma que o maior sonho dele nunca pudesse ser realizado.

Pensou algumas vezes antes de procurar por uma tesoura e abrir o envelope. Leu atentamente a todas as informações contidas no papel branco e o que encontrou ali dentro o deixou com uma felicidade imensa. Mas ele só contaria pra Zayn de noite depois que ele fosse trabalhar e já estivesse de volta.

-x-

Zayn sentia todo o corpo doer, apoiou as costas na parede do corredor principal da emergência e sentiu um alívio enorme ao ver que o dia de trabalho tinha acabado. Ele atendera mais de uma dezena de pacientes na emergência aquele dia e estava exausto. Foi até o vestiário para tirar o jaleco e roupas de hospital e trocar por suas roupas normais. Assim que entrou, encontrou Louis que já começava a fazer o mesmo. 

— Dia cheio? — Zayn perguntou ao amigo que carregava uma expressão tão abatida quanto a sua. 

— Sempre, você sabe como é. — Respirou fundo e tirou a parte de cima da roupa do uniforme. — E o seu?

— Muito. Fiquei na emergência e como sempre la é bem cansativo. — Zayn falou. 

— Sei muito bem. Mas pelo menos você tem um gostoso te esperando em casa enquanto eu continuo na seca. — Louis falou e Zayn riu. 

— E aquele seu lance? Não desenrolou? — Zayn já estava com roupas normais e sentou em frente ao amigo para amarrar o calçado. 

— Ele não era para mim. Sei lá, nós tentamos algo mas acabou não dando certo. Paciência. — Louis falou dando ombros e Zayn ficou pensativo por um tempo. 

— Era o Nate, não era? — Perguntou olhando para o amigo que baixou os olhos. 

— Como sabe? 

— Porque faz tempo que ele não passa aqui no nosso corredor e ele estava sempre igual águia sorrateira supervisionando a gente. — Explicou. — Deduzi que ele estivesse evitando alguém. 

— É, ele está saindo com uma garota agora e pelo que eu soube as coisas estão sérias entre eles. — Louis respirou e terminou de se arrumar. — Mas tudo bem bro, é a vida que segue. 

— Você vai encontrar alguém legal, Lou. — Zayn falou amigável. 

— Eu espero que sim. — Sorriu. — Mas agora me conta, como estão as coisas com o seu Romeu? 

— Acho que maravilhosas é pouco para descrever. — Zayn sorriu bobo. — Mas eu tenho a impressão de que ele tem alguma coisa para me falar, sei lá, ele estava diferente hoje quando eu acordei. 

— Acha que é algo ruim? — Louis perguntou um tanto preocupado. 

— Não faço ideia, mas eu espero que não seja.

— Não deve ser nada de mais, Zayn. — Deu um tapinha no ombro do amigo. — Vou indo, tenho uma noite inteira para ficar solitário na bad em casa. 

— Qualquer coisa ligue! — Zayn gritou para o amigo que já cruzava a porta e respondeu com um aceno de cabeça.

Zayn pegou suas coisas e foi caminhando direto para casa, o céu noturno já começava a tomar espaço e inundar as ruas cheias que esbanjavam alegria. O moreno sabia que estava chegando em casa só pela música que já começava a ficar mais clara assim que se aproximava. Cumprimentou todos quando passou por ali e foi retribuído com vários acenos e um convite de Giovanni para beber com eles, Zayn agradeceu mas recusou, Liam esperava por ele e além do mais estava muito cansado. 

Nem pensou em parar no seu apartamento, foi logo para o de Liam e abriu a porta que estava aberta sem bater. Eles já não se importavam mais com formalidades, antes de namorados eram melhores amigos e a intimidade que tinham um com o outro era tão natural que nem percebiam. 

O coração de Zayn derreteu ao abrir a porta e ver Liam sentado de frente para o computador concentrado teclando sem parar. Ele tinha a testa franzida e molhava os lábios com a língua antes de continuar. O moreno ficou parado na porta apenas capturando aquele pequeno detalhe até ser notado pelo outro que abriu um enorme sorriso ao ver ele ali. 

— Você chegou! Estava te esperando. — Liam baixou a tela do computador e levantou da cadeira enquanto Zayn fechou a porta e caminhou até ele. 

— Estava escrevendo o que? — Zayn passou os braços ao redor do pescoço de Liam e o abraçou. 

— Aquela história que eu falei. — Liam abraçou o namorado de volta e fez um carinho nas costas dele. 

— Quando é que eu vou poder ler? — Zayn se desfez do aperto para olhar Liam melhor. 

— Um dia quem sabe eu mostre. — Liam piscou e selou seus lábios com os de Zayn. 

Zayn caminhou até o sofá, não conseguia mais ficar de pé e a caminhada até ali só piorou a situação.

— Seu dia na redação foi bom? — Zayn perguntou enquanto sentava. 

— Foi normal, fiquei só editando a minha matéria da viagem que nós fizemos. — Sorriu — E vai ficar incrível, por sinal. — Liam sentou ao lado de Zayn. 

— Eu tenho certeza que vai, você é ótimo. — Passou a mão na coxa do outro que esboçou-lhe um sorriso. 

— E você, salvou muitas vidas hoje Dr. Zayn Malik? 

— Não me chama assim, Lee. — Falou com voz baixa. — Mas foi bem cansativo, eu quase não consigo ficar em pé. — Zayn falou e fez biquinho fazendo Liam soltar uma risada leve.

— Então que tal eu cozinhar pra gente enquanto você descansa um pouco? Precisamos conversar depois. — Liam levantou do sofá. 

Zayn levantou repentinamente a cabeça ao ouvir a última parte do que Liam falou.

— Eu sabia que tinha alguma coisa! Ok tudo bem, vou ficar aqui quietinho e fingir que não estou morrendo de curiosidade. — Zayn falou se esparramando no sofá e arrancando uma risada de Liam que se abaixou para deixar um beijo na boca do moreno antes de ir cozinhar.

Como não tinha parede separando a cozinha da sala, Zayn se virou no sofá para observar melhor Liam enquanto cozinhava. Ele usava moletom e camiseta preta que deixavam seu corpo musculoso bem marcado. Zayn não conseguia parar de pensar no quanto era sortudo por ter um cara tão bonito só para si. E a vantagem para Zayn é que o seu homem não era só bonito por fora mas tinha um coração de ouro também. O moreno sorria sozinho enquanto assistia Liam se movimentar e nem viu o tempo passar até que a comida ficou pronta. 

— Que cara é essa? — Liam perguntou com um sorriso no rosto ao ver Zayn o encarando no sofá. 

— Cara de quem está doido para comer. — Sorriu malicioso e viu Liam corar. — A janta, é claro. — Levantou do sofá. — E você depois, se deixar. 

— Eu achei que estivesse cansado. — Liam rebateu enquanto os dois sentavam nas cadeiras.

— Para isso eu nunca vou estar. — Falou inocente e começou a comer, Liam apenas balançou a cabeça e riu. 

Liam tinha feito um delicioso macarrão à carbonara, Zayn repetiu o prato e ainda fez muitos elogios ao amado que ficou feliz por ter agradado o outro. Os dois jantaram em meio a risadas e conversas, vez ou outra soltavam alguns comentários maliciosos ou a perna de um esbarrava "sem querer" na do outro por baixo da mesa. 

— Agora que terminamos você pode contar? Porque eu não consigo segurar a minha curiosidade. — Zayn falou com os olhos grandes querendo saber, Liam levantou da mesa e fez sinal para que ele o acompanhasse novamente até a sala onde pegou um envelope e os dois sentaram no sofá.

— Antes de tudo eu não quero que você fique bravo comigo por causa disso. Eu vou explicar tudo direitinho mas promete que não vai ficar puto antes da hora? — Liam perguntou cauteloso. 

— Você está me assustando mas ok, tudo bem. 

— Então, eu pensei muito antes de fazer isso. — Liam respirou fundo antes de continuar. — Eu via você com as crianças, o amor que você tem por esse trabalho e por estar perto delas, eu via o seu olhar quando passava por ali e queria fazer uma diferença maior do que já faz, eu via o seu sonho e eu entendi ele. E ai teve o Luca, um menino que já estava sem esperança e você levou toda a sua luz para a vida dele, eu sabia que ali era o seu lugar. Eu senti que tudo o que você precisava era um ato de coragem, então tomei ele por você. — Liam segurou o envelope que estava em mãos com mais força e olhou para Zayn que o escutava atentamente. — Eu inscrevi você na universidade daqui para medicina. — Zayn arregalou os olhos ao ouvir isso e Liam começou a ficar nervoso. 

— Você... fez... o que? — Zayn falou pausadamente sem acreditar no que escutava. 

— Isso que você ouviu e, bem, eles avaliaram todo o seu brilhante histórico escolar e currículo e enviaram o resultado. — Liam colocou o envelope nas mãos trêmulas de Zayn. — Pode abrir.

Zayn alternava o olhar entre Liam e o envelope em choque e com o coração acelerado. Pegou lentamente o papel que estava dentro e leu tudo que estava ali rapidamente até chegar ao final da folha quando as lágrimas saíram. 

— Eu fui... aprovado. — Colocou a mão na boca e voltou a chorar enquanto olhava ainda incrédulo para o papel em branco. 

— Você foi! E eu fiquei tão orgulhoso. — Liam sorriu para ele ainda um tanto cauteloso talvez esperando uma possível reação negativa mas tudo o que sentiu foi um corpo sendo jogado para cima do seu o apertando com toda a força. 

— Eu não acredito que você fez isso por mim, eu não acredito. — Zayn se agarrou o tanto quanto podia em Liam e deixava suas lágrimas molharem a camiseta do outro. — Você é incrível, nunca vou conseguir agradecer suficiente. 

Zayn deixava as lágrimas rolarem enquanto abraçava Liam, ele estava vivendo um dos maiores momentos da sua vida, a realização de um sonho e não tinha melhor sensação do que aquela. Zayn estava muito feliz.

— Ah meu amor estou tão aliviado. Achei que pudesse não gostar. — Liam falou.

— E como eu não gostaria? — Zayn saiu do abraço para olhar Liam. — Você sabe que é o que eu sempre quis, mas nunca achei que poderia ser aprovado! 

— Eu sempre confiei que você conseguiria, por isso tentei. 

— Liam... isso foi a melhor coisa que alguém já fez por mim, de verdade. — Zayn esboçou um enorme sorriso e voltou a abraçar Liam. 

— A única coisa que me deixa triste é que vou perder meu namorado para os livros de anatomia agora. — Fez biquinho. 

— Oh meu deus, como é que você vai contar para a Tia Karen que eu te trai com o Sobotta? [*] — Zayn brincou e os dois caíram na gargalhada. 

Liam ficou aliviado pela reação de Zayn, ele não esperava que o outro ficasse tão feliz e agradecido como ficou. Depois de tantas emoções Zayn estava deitado no colo de Liam, enquanto recebia um cafuné do outro, ambos já estavam de pijamas, a televisão estava ligada em um programa qualquer e Zayn começava a fechar seus olhos lentamente. Liam observava o moreno deitado em seu colo e sentia o perfume que saia dos cabelos recém lavados do outro. Zayn, por sua vez, não desejava estar em nenhum outro lugar, para ele a companhia de Liam era tudo o que precisava para estar bem e confortável. Os dois sentiam que estavam em um universo paralelo dentro de um apartamento onde nada do lado de fora pudesse os afetar. 

— Liam... — Zayn sussurrou com voz sonolenta. 

— O que foi babe? — Liam perguntou no mesmo tom de voz. 

— Eu amo você. — Zayn virou a cabeça para olhar nos olhos de Liam quando falou a frase e sorriu. Liam sentiu seu coração saltar do peito ao ouvir aquela frase, ele não esperava que aquilo fosse dito por Zayn primeiramente. 

— Eu também amo você. — Liam beijou a testa do moreno. — De verdade. 

E com essa resposta, Zayn adormeceu feliz no colo de Liam carregando a certeza dentro de si. 

Liam que permaneceu acordado voltou seus pensamentos para Roma e a Fontana di Trevi. 

"Antes de jogar a moeda Liam pensou: "Que ele me ame." 

E o pensamento de Zayn foi: "Que eu o ame." 

Parece que naquela noite os desejos dos dois tinham finalmente se tornado realidade.


Notas Finais


[*] Sobotta é um livro famoso de anatomia.

Atualização saiu rápida graças ao feriado, amém?

Eu confesso que gostei muito de escrever esse capítulo então espero que vocês tenham gostado. ❤️

Não sei se já cheguei a comentar aqui mas eu posto essa fic ni Wattpad também e lá já está quase chegando em 10k de views então eu vou fazer uma att dupla aqui e lá quando atingir a marca lá, vocês querem?

Enfim, beijos ❤️❤️❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...