História Eternal flame of hope... - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Helena Bonham Carter, Johnny Depp
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Helena Bonham Carter, Johnny Depp, Ralph Fiennes, Richard Gere, Romance
Exibições 12
Palavras 1.134
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


AVISO: DEPOIS DESSE SÓ TERÁ MAIS UM CAP!
leiam as notas finais!

NÃO ME ODEIEM,PLEASE!

Capítulo 12 - Resgate e morte...


Dizem que quando uma grande tragédia está pra acontecer,ocorre uma grande tempestade,como se o céu derramasse suas lágrimas sobre nós! Mas aquela noite desmentiu essa lenda!

O céu estava estralado como a tempos não se via! O cheiro de rosas no jardim se espalhava pelo ar...O barulho da água do riacho atrás da casa soava como uma melodia! Alguns vaga-lumes pairavam no ar,como fadas dançando e o luar iluminava intensamente! 

Era madrugada,quando Corinne e Phillip pegaram seus cavalos e foram em direção a casa de Elói,eles precisavam resgatar Esmerald!

As luzes da casa estavam apagadas.

-Phillip,faça algum barulho na porta de entrada,preciso que ele vá ver o que é,então entrarei no quarto de Esmerald e a resgatarei.

-Okay!-ele jogou uma pedra na porta.

Nada aconteceu,ele jogou outra.

Corinne viu a luz do quarto acender,e teve a ideia de que ele havia saido!

Ela começou a escalar a grades e chegou no quarto da ruiva:

-Corinne?-Esmerald se surpreendeu ao ve-la

A surpresa não foi menor para Corinne,pois Esmerald,que antes ela linda,estava com uma aparência deplorável,estava muito magra,seu cabelo seco e sem brilho e tinha olheiras profundas em seu rosto

-Estava com tanto medo de que já estivesse morta!-disse Esmerald -Por que voltou?

-Por você! Soube por alguem do que esta acontecendo com você! Venha! vamos embora!

Corinne escutou o barulho de lâminas se chocando vindo de fora,e entendeu que era Phillip e Elói em um luta de espadas

-Não sei se...-a ruiva começou,mas então decidiu-se- Okay,eu irei!-ela deu um sorriso fraco e as duas começaram a descer pela janela

Já estavam lá em baixo:

-Phillip,vem!-Corinne chamou,e ele,que estava lutando com o marido de Esmerald,lhe deu um chute e o derrubou

Os três jovens correram em direção aos cavalos

Estavam livres...-eles pensaram.

Grande engano! 

Com uma flexa só....

Uma flexa certeira atirada por Elói,da varando,atingiu o peito de Corinne!

Sua camisa,antes branca,agora estava totalmente vermelha de sangue e ela caiu.

Phillip olhou para Elói,que assistia com olhar de triunfo:

-CORINNE!-o rapaz caiu de joelhos ao lado da garota-MEU AMOR,OLHA PRA MIM!-Ele pegou sua mão

Esmerlad também se abaixou ao lado dela:

-Vai ficar tudo bem Corinne,você vai sair dessa

Corinne deu um sorriso fraco:

-As estrelas...Estão lindas hoje,não estão?-ela disse,quase sem forças

-Estão sim,meu amor! -Phillip segurou mais forte a sua mão,já gelada

-Eu te amo,Phillip! Te amo muito!

-Eu também te amo Corinne!

-Phillip? Quando voltar pra casa,mande um beijo pros seus pais,e também diga a Janette e ao Willy que eu os amo muito,e diga ao meu pai que eu o desculpo por tudo! 

-Você mesma dirá isso a eles! 

-Prometa,Phill...

-Okay,eu prometo...prometo! 

-Esmerald? 

-Sim?-a garota pegou sua outra mão

-Desculpe pela implicancia,e pelos seus vestidos que rasguei!

-Esqueça isso,você fez algo muito maior que tudo isso,você me resgatou! Eu sinto muito por seu pai ter colocado meu nome no testamento,eu pedirei pra ele tirar!

-Não..Não faça isso! Você é uma boa garota,você merece! E peça desculpas a sua mãe pelos sapos que coloquei na cama dela!-ela sorriu

-Como consegue? Mesmo nessa hora consegue ter bom humor? Eu te admiro muito! Se eu tiver uma filha eu colocarei seu nome nela,porque quero que ela seja como você!

-Obrigada!-ela sorriu 

-Você vai ficar bem,meu amor!-Phillip lhe disse

-Eu estou bem,querido! Irei reencontrar minha mãe,e estarei junto com ela! Eu estarei livre pra sempre....sempre!-ela sorriu e aos poucos seus olhos foram se fechando: Estava morta

Esmerald pôs as mãos no rosto e chorou!

Phillip gritava enquanto cravava a espada no chão:

Phillip voltou a casa,com um apenas um corte na garganta,Phillip matou Elói na sala de sua casa.

 

...............

Esmerald amarrou os cavalos debaixo da árvore.

Phillip carregava o corpo sem vida de Corinne!

Esmerald bateu na porta da casa do Duque Henry. Willy,que agora era mordomo,abriu a porta.

-Esmerald?- O velho se surpreendeu

-Oi Willy!

Logo o Duque e madame Belinda foram ver o que era:

-Filha?-disse Belinda,abraçando Esmerald- O que aconteceu? Você parece péssima..

Mas antes que ela pudesse responder,Phillip entrou na casa,com o corpo de Corinne:

-Eu sinto muito!

.......

Já estava amanhacendo!

Os criados estavam preparando o corpo de Corinne para o funeral.

Na sala,Phillip estava sentado no sofá! O Duque estava sentado ao lado dele:

-Eu sou um péssimo pai,e tudo isso é culpa minha!-disse o Duque

-Sabe...Eu concordo! Acho que o senhor é um péssimo pai,mas antes de morrer,Corinne disse que lhe desculpava,então se ela lhe desculpou,quem sou eu pra lhe reeprender!

O duque nada disse,apenas chorou!

Madame Bellinda subiu ao quarto,junto com Esmerald para o quarto onde estavam arrumando corinne!

-Tão jovem...Uma tragédia!-Bellinda disse,olhando tristemente para o corpo da garota,sobre a cama

-Ela morreu pra me salvar! Eu nunca esquecerei isso!-disse Esmerald 

Bellinda se aproximou da garota morta,tirou o colar que estava em seu pescoço e colocou no pescoço de Corinne:

-Esse era o colar da mãe dela...É justo que fique com ela!

Janette e Willy também estavam no quarto,apenas choravam,abraçados,Esmerald olhou para os dois empregados e se aproximou deles com um sorriso triste:

-Ela amava muito vocês...Foi o que ela disse!-Esmerald falou tristemente.

......

O amanhecer estava nublado,talvez ainda estivesse um tanto escuro porque ainda era 6:00 horas. 

Por um instante Phillip olhou para o céu e imaginou o que outras pessoas estivessem fazendo naquele mesmo momento! Muitas pessoas ainda estariam dormindo,outras abrindo seus comércios e talvez algum casal de namorados saindo escondido enquanto o resto da família dormia...Mas não era o caso dele...Ele estava alí,no funeral da sua amada Corinne!

Poucas pessoas estavam presente no velório,apenas os familiares e empregados! Todos lamentavam muito a morte da jovem Duquesa.

Como de costume todos estavam usando roupas pretas!  Menos Corinne! Ela estava com vestido branco,fino! Seu cabel estava solto,caindo sobre os ombros,e tinha margaridas até a metade do caixão! 

O padre foi chamando um por um para dizer alguma coisa em homenagem a Corinne! 

Phillip estava perdido em pensamentos quando foi chamada a sua vez! 

-Phillip,gostaria de vir até aqui dizer algumas palavras?-foi o que o padre falou

Ele achou tão triste o termo "algumas palavras",pois ia ser o que ia acontecer! Ele falaria algumas palavras,nada que pudesse realmente demonstrar o que sentia por Corinne! 

Ele apenas assentiu e posicionou-se em frente a todos:

-Todos vocês conheceram a Duquesa Corinne Vellajio,se ela estivesse presente ela diria: Meu nome é Corinne,é só Corinne...! Mas muitos não conheceram a verdadeira Corinne! Sei que que pra alguns ela era apenas uma garotinha teimosa,que gostava de quebrar as regras,mas eu posso dizer a vocês todos que ela era muito mais do que isso! Ela era uma garota com um coração de ouro,que se preocupava com todos.Ela queria ver todos felizes,num mundo sem injustiças,e o que ela mais queria era a liberdade...Seu sonho era conhecer o mundo,sonho esse que foi brutalmente tirado! Eu tenho a honra de ter conhecido Corinne,todos vocês deveriam ter também...! 


Notas Finais


Gente..Quero pedir desculpas a todas que gostavam da Corinne!
Perdão por ter matado ela!

E queria pedir desculpas especialmente a minha mananey,que nesse momento deve estar querendo me matar! Mananey...Me perdoa! Eu aprendi tudo com vc,não me mata,please.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...