História Eternal flame of hope... - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Helena Bonham Carter, Johnny Depp
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Helena Bonham Carter, Johnny Depp, Ralph Fiennes, Richard Gere, Romance
Exibições 23
Palavras 903
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpe a demora

Capítulo 8 - Casamento


Era o dia do casamento de Corinne e Esmerald!

As duas se casariam com os Condes que seu pai escolheu!

As duas se preparavam para a cerimonia!

Corinne olhou para o jardim,tudo estava lindo e enfeitado,como ela queria que fosse o casamento dela com Phillip!

Para Corinne era um martírio,para Esmerald,era uma chance de viver confortavelmente para sempre,apesar de não ama-lo!

...

As duas já estavam com o cabelo arrumado,e maquiagem feita e com o vestido colocado!!

Corinne escolheu um vestido simples,já Esmerald,um luxuoso vestido!

As duas estavam sentadas em silêncio,quando o Duque entrou:

-Meninas....Que alegria é ve-las vestidas de noiva! 

Nenhuma respondeu!

-Não me decepcione,garotas! 

-Mas pai...!-Corine começou

-Corinne,eu fiz muito por você a minha vida inteira,dei tudo o que você quis...E você sempre foi uma menina ingrata! E Esmerald,te acolhi como filha,coloquei seu nome no meu testamento...Então não me decepcione!-ele repetiu

Corinne olhou pela janela e viu Phillip.

Uma lágrima caiu de seus olhos:

-Está chorando?-Perguntou Esmerald

-Não...! Eu....Não estou!

-Ah,eu só achei que...

-Esmerald,não precisa fazer isso,eu preciso! Ele é meu pai,e não seu! Não tem que se sacrificar dessa maneira!

-Eu tenho...como ele disse,ele já fez muito por mim,e agora,ele me assumiu como filha.

.........

Willy entrou no quarto.

-Corinne,minha menina...,fico tão feliz em ve-la crescida!

Ele olhou para Esmerald,apesar de não ter muita convivencia,ele tinha uma simpatia pela garota:

-Está linda,Esmerald!

-Eu sei,Willy! Mas de qualquer modo,obrigada!-ela sorriu

Em seguida Janette entrou:

-Meninas...Estão fabulosas! 

-Estamos trasados,venham!-Janette as apressou

.....

Era a hora da cerimônia:

O Duque acompanhou as duas garotas até o altar!

O jardim estava todo decorado com flores cor-de-rosa 

Seria lindo...Se não fosse trágico!

Na frente estavam sentados os mais importantes senhores e senhoras da nobreza! E por ultimo os criados do Duque!

Corinne achou grande injustiça!

Ela queria que Janette e Willy estivessem na frente!

Ela não viu Phillip,isso era até um conforto para ela,mas ele a estava observando a distancia!

Ele a olhava com o olhar vago e triste,seu pai,Arnold,um dos melhores guerreiros e companheiro do Duque em caçadas,pois a mão em seu ombro:

-Filho?

-Oi pai...Eu só estava distraido aqui...

-Olhando a Corinne casar?

-Sim!

-Gosta dela,não é?

Ele assentiu:

-Para mim,ela era só uma amiga,mas agora,vendo ela ir para sempre,percebo o quanto eu a amo,pai!

-Vai logo,fuja com ela! Eu e sua mãe damos o maior apoio!

-Eu bem que queria,mas...Não conseguiriamos dinheiro para viver uma vida confortavel,ela é acostumada com luxo e riquesa e eu nunca poderia dar isso a ela!

-Eu sei,mas o amor...

-O amor não lhe da dinheiro,pai! Isso é o melhor para ela!-ele disse e saiu.

........

O casamento acabou!

Janette arrumou as malas de Corinne e Letty,dama de companhia de Esmerald,arrumou as malas da ruiva.

As duas se depediram de todos.

COrinne não teve coragem de se despedir de Phillip.

As moças e seus maridos foram embora!

.........

A casa de Harold,marido de Corinne era grandiosa,duas vezes maiores que a do Duque!

As paredes tinham quadros com pinturas caras!

Várias empregadas circulavam por lá!

Corinne foi até os estábulos,cavalos belissimos estavam lá!

Ela andou por tudo!

Era tudo muito lindo,mas ela não estava feliz!

Ela pensou como será que era a casa de Esmerald e seu noivo,mas não se importava!

Ela voltou para dentro da casa:

-E então?-Harold perguntou-Gostou daqui?

-Não me dirija a palavra novamente,seu imundo!-a jovem respondeu ao marido!

ELe segurou o braço dela com força:

-Como ousa falar assim comigo?

-Eu falo como quiser!-ela se soltou e foi para o quarto,onde chorou!

-Posso entrar?-disse uma voz feminina

-Sim!-respondeu ela,com voz de choro

-Olá,meu nome é Rosee,sou a empregada daqui!

-Oi Rosee,eu sou...

-Duquesa Corinne Velajio,sei quem é você

-É só Corinne!-ela disse ainda chorando

-Eu sei que esse casamento é so um contrato,seu pai vendo você e sua irmã não é?

Ela assentiu

-Sei que será dificil para você,mas saiba que eu estou aqui para te ajudar com o que precisar!

-Obrigada! Gosto de você...me faz lembrar a Janette

-Janette?

-Sim,minha Dama de companhia! Ela é uma mulher muito espalhafatosa e engraçada,mas tem mania de limpeza e isso me deixa um pouco zangada!

-Eu aposto que Janette é um boa mulher!

-Ela é sim! Você devia conhecer todo mundo lá um dia! tem o Willy...Ele me conhece desde que nascí,praticamente! Ele é o homem mais gentil do mundo! Tem o Arnold,ele cuida das plantações,é um ótimo guerreiro,e é o melhor amigo de meu pai,a Joana,cozinheira e mulher de Arnold,E então tem o Phillip,ele é o filho do Arnold e Joana,é muito bom com espadas,ele trabalha nos estábulos,é o amor da minha vida!-ela disse,sorrindo ao lembrar de todos

-E seu pai,sua madrasta e sua irmã? 

-Meu pai? Ele é um bom homem,eu acho! Acho que gosta de mim,embora não me de muita atenção,mas eu o amo,apesar de ter me "vendido"! Esmerald... Ela é a menina mais ridícula,patética e fútil que já conheci! A madrasta,madame Bellinda? Ela é uma boa pessoa,não posso reclamar,mas...Eu sinto que ela está tirando o lugar de minha mãe...

-Eu entendo,meu bem! Sei que é dificil,mas acabará de acostumando,eu prometo!

Rosee sorriu,as rugas formando em seus olhos! 

..

A noite chegou,Corinne vestia uma camisola branca!

Harold entrou no quarto:

-Deita na cama!-ele ordenou

-Não fale desse jeito,você não manda em mim e eu e odeio!-a garota respondeu

-ANDA LOGO!-ele berrou

-NÃO!

Ele a jogou na cama:

-Precisamos consumar o casamento e se não for por bem,será por mal!

Corinne então obedeceu!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...