História Eternal Love - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Magcon
Exibições 83
Palavras 1.071
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 35 - Camping. Part II.


— Vamos. — Madison disse me empurrando para a fogueira.

— Ok. Os desafios serão feitos por duas pessoas. A garrafa escolher. Ponta faz o desafio, e outra e a pessoa que cumprira, ou sofrerá o desafio. — Nash disse sorridente.

— Mas é as pessoas que namoram? — Gilinsky perguntou.

— Bom, vocês que namoram faram os testes juntos. Não queremos problemas no paraíso, não é? — Nash brincou.

— Ei — reclamei. — Eu estou um pouco bêbada, vocês não podem se aproveitar de mim.

— Relaxa, o Cameron não vai deixar nenhum mal-intencionado chegar perto de você. — Matthew disse sorrindo malicioso para Cameron que sorriu.

— Idiotas. — Sammy murmurou ao meu lado.

— Ok. — Taylor disse. — Vamos começar. — Disse girando a garrafa. — Matthew e Madison. — Ele gritou.

— Bom. — Matthew disse sorrindo brincalhão. — O casal terá que beijar a.... Amanda. — Matthew disse olhando para mim.

— Me beijar? — Perguntei confusa. — Como eles vão me beijar ao mesmo tempo? — Perguntei rindo.

— Improvisem. — Matthew disse sorrindo malicioso. Madison e Jack combinaram algo e se aproximaram de mim.

— Estou com medo de vocês. — Falei rindo.

— Feche seus olhos. — Madison disse sorrindo. Fechei meus olhos.

Madison conduziu minhas mãos até sua cintura, e senti seus braços em meu pescoço, ela se aproximou de mim, e me beijou. Pude sentir Jack atrás de mim, ele jogou meu cabelo para o lado, e começou a beijar meu pescoço. Não sabia se me concentrava em meu beijo com Madison, ou evitava arfa com os beijos, e mordidas de Jack em meu pescoço. Madison deu mais intensidade ao beijo, me fazendo agarrar seu cabelo. Ela passeou com suas mãos sobre meu corpo, e apertou meu seio forte, fazendo com que sorríssemos durante o beijo.

— Uau. — Disse separando nossos lábios. — Isso foi.... Intenso. — Falei sorrindo.

— Só eu que estou com calor? — Cameron perguntou rindo.  E os meninos riram com eles.

— Você beija bem, Campbell. — Madison disse sorrindo maliciosa, e puxou Jack para se sentarem. Jack riu, como se soubesse do que ela estava falando.

— Próxima rodada. — Taylor disse animado, e rodou a garrafa. — Bella, e Sammy.

— Pega leve, Bella. — Sammy disse sorrindo.

— Eu quero que você pule pelado no lago. — Bella disse sorrindo.

— OQUE? — Sammy perguntou.

— E a Amanda e quem vai tirar sua roupa. — Ela disse sorrindo ainda mais.

— E o quê dona Isabella? — Perguntei assustada.

— O que? — Ela perguntou fingindo inocência. — Eu posso escolher duas pessoas.

— Anda logo, Amanda. — Lydia disse. — As roupas do Sammy não vão ser tiradas sozinhas. — Ela riu.

— Mas, eu...

— Você já viu ele pelado um milhão de vezes, para de frescura. — Emma disse sorrindo, me fazendo ficar vermelha.

— Jesus cristo, tenha piedade dessa minha alma pecadora, e me ajude. — Sussurrei para mim mesma.

Me aproximei de Sammy, e ele sorriu envergonhado. Tirei sua blusa, e me perdi em seu corpo. Minhas mãos tremiam quando as aproximei de seu copo novamente. Meu pulmão tinha dificuldades em fazer seu trabalho normalmente. Direcionei minhas mãos a sua bermuda, a abaixei rapidamente, antes que eu tivesse um ataque.

— Acho que assim está bom. — Falei tímida.

— A cueca também, Amanda. — Carter gritou.

Droga!

— Eu vou fechar meus olhos, e você me conduz. — Falei. Sammy sorriu se divertindo com a minha situação.

Fechei meus olhos, e Sammy me puxou para mais perto. Ele pegou minhas mãos e conduziu até sua cintura, para a barra de sua cueca boxer.

A abaixei de leve, e me agachei para terminar de tirar sua cueca.

— Essa posição está estranha. — Sammy riu.

— Você pode pular logo. — Falei agoniada.

Sammy riu, e pude sentir ele se distanciar de mim, um corpo caiu na água, e só então abri meus olhos.

— Obrigada, Jesus. — Murmurei, e voltei a fogueira. Sammy veio logo depois, já vestido.

— Você fica tão linda vermelhinha. — Lydia brincou.

— Vai cagar, Lydia. — Disse.

— Próxima rodada. — Taylor gritou, e girou a garrafa. — Lydia, e Taylor. Olha sou eu. — Taylor disse.

— Quero que você incite a nossa querida, Bella. — Lydia disse sorrindo. Bella ficou vermelha. Taylor sorriu.

Ele se aproximou dela, e a puxou pela cintura colando seus corpos. Ele fez menção de beija-la e ela fechou seus olhos, Taylor sorriu e beijou seu pescoço, logo depois subindo para seus lábios. Johnson, e Lydia se beijaram também, Madison e Gilinsky, e Nate e Emma também. Mordi meus lábios. Cameron se aproximou de mim, e sorriu quando nossos olhares se encontraram.

Ele se aproximou mais de mim, e selou nossos lábios com um selinho me deixando completamente anestesiada. Ele selou nossos lábios novamente, e colou nossos corpos. Nosso beijo era lento, mas logo Cameron deu mais intensidade a ele, fazendo-me arrepiar.

Pude ouvir Sammy tossir, e então nós separamos.

— Ariel acordou, está te chamando. — Sammy disse direcionando seu olhar para Cameron.

— Ok. — Falei e fui para a barraca.

De longe pude ouvir todos pulando no lago, ri do grito de pavor de Lydia, e coloquei Ariel para dormir mais uma vez.

Duas semanas depois.

— Papai e a minha história? — Ariel perguntou sonolenta na cama.

Nas últimas duas semanas, Sammy se aproximou muito de Ariel, e de mim. Eu tinha esperanças que pudéssemos voltar, mas elas logo desapareciam quando ele aparecia com Amélia.

Amanhã será o aniversário de cinco anos da Ariel, e espero realmente que ele não a leve.

— Vou te contar uma história bem legal. — Ele disse sorridente. — Era uma vez um rei muito mal, um dia ele estava caminhando pela floresta e.... BOOM! Ele explodiu. Fim. — Ele disse sorrindo.

— Boom! — Ariel murmurou sorrindo enquanto fechava seus olhinhos para dormir.

— Boa noite, minha princesa. — Ele disse beijando sua testa.

Conduzi Sammy até a porta.

— Você virá para o aniversário dela amanhã? — Perguntei.

— Sim, mas talvez eu chegue um pouco atrasado. Tenho uma coisa importante para fazer. — Ele disse.

— Ok, então... Tchau, Sammy. — Disse fechando a porta. Ele me deu um beijo rápido na bochecha, e então sorriu, saindo.

— Tchau, Amanda.

(...)

— Com quem será, com quem será que a Ariel vai casar? Vai depender, vai depender se o Andrew vai querer. — Todos cantavam, e Ariel corou.

— Na verdade, e se eu deixar. — Sammy disse brotando na porta, e Amélia ao seu lado.

— Papai. — Ariel disse descendo do banquinho e indo abraçar Sammy.

Cortei o bolo, e distribui para os amiguinhos de Ariel. Depois que fiz isso, me sentei na sala, junto aos adultos.

— Temos uma novidade. — Amélia disse sorridente. Sammy sorriu desconfortável como se não soubesse se ficaríamos felizes com a notícia, ou assustados. Ela exibiu sua mão, e eu cuspi o refrigerante que estava tomando. — Vamos nós casar.


Notas Finais


Trailer primeira temporada: https://www.youtube.com/watch?v=3mba31H6fv0 ;
Trailer segunda temporada: https://www.youtube.com/watch?v=lbKBR8VvRJg ;
meu twitter: @samwilkgirl

Estou respostando eternal love, estarei respostando dangerous attraction depois :)

Leiam minhas outras fanfics
The cupid: https://spiritfanfics.com/historia/the-cupid-4610352 ;
A Beautiful Mess ( em breve ): https://spiritfanfics.com/historia/a-beautiful-mess-3491568 ;
Writing my own love story: https://spiritfanfics.com/historia/writing-my-own-love-story-6679865 ;
Find me: https://spiritfanfics.com/historia/find-me-5456958


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...