História Eternamente seu - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Hoseok, J-hope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Seokjin, Sope, Taehyung, Vhope, Yoongi
Visualizações 108
Palavras 963
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Fluffy, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


DESCULPAAAAAA ! Eu sei que eu demorei, mas eu tava resolvendo alguns problemas.

Prometo postar o próximo mais rápido.

Agora sofram comigo.

Capítulo 8 - O último beijo


Fanfic / Fanfiction Eternamente seu - Capítulo 8 - O último beijo

Autora P.O.V

- vamos ver... Por onde começar... - Taehyung olhava para um ponto específico na mesa que tinha no meio da sala, em busca de um início.

- é clichê, mas eu tenho que falar: comece do início - Hoseok falou entrando na sala com um prato com coxas de frango frito e suco, não demorou muito e todos estavam com uma coxa em mãos.

Leiam essa parte escutando Let Me Know - BTS, se quiserem.

- bom, o nosso pai era bem rígido, para não dizer cruel. Ele me maltratava por ser um ômega e obrigava Woo-hyon a fazer coisas que cujo ele eram coisas de "verdadeiros alfas", ele queria que Woo-hyon fosse igual a ele, mas meu irmão era bom demais para ser igual a ele, então ele apenas fingia ser o tipo de alfa que dava orgulho ao nosso pai. - Taehyung falou e parou assim que Jungkook levantou a mão, fazendo o ômega mais velho rir.

- o que era um "verdadeiro alfa" para o meu avô ? - Jungkook perguntou e viu seu tio suspirar.

- ser frio, menosprezar os ômegas, que de acordo com o mesmo estavam no mundo apenas para servir aos alfas, pisar nos outro e etc... Meu Appa não era um exemplo de ser humano e muito menos de alfa. -

Taehyung estava visivelmente segurando as lágrimas, falar do pai doía muito nele, principalmente pela dor, tanto física como mental que o pai dele o fazia sentir.

- ele sempre me menosprezou, para ele eu era um lixo. Ele não aceitava que um filho dele fosse ômega, a classe mais fraca e baixa dos lobos, até porque eu carregava o sangue real dos Jeon's não podia ser um ômega. Seu pai sempre me protegia quando estava por perto, mas nem sempre ele estava perto. - Hoseok ao ver que seu ômega estava frágil o abraçou.

- Emfim, um dia meu Appa falou que Woo-hyon já estava na idade de aprender sobre os negócios real, sobre como era ser um rei. Ele levava Woo-hyon para várias reuniões e viagens, até que um dia ele levou Woo-hyon ao vilarejo do nosso reino, para ver o nosso povo, nesse passeio ele viu uma ômega, uma linda ômega, não demorou muito para ele estar enchendo o meu saco falando sobre essa ômega e o quanto ela era linda. Não precisei de muito para saber que ele estava apaixonado. -

- o rei Jeon não tem cara de uma pessoa que se apaixona - Jimin pensou alto.

- mas ele se apaixonou, não demorou muito e ele já estava namorando com ela, mas claro que era escondido do nosso Appa, ele jamais aceitaria ter como nora e futura rainha uma ômega, sem status, sem terras para dar e pobre, mas isso não foi o suficiente e logo meu appa soube dessa história. Woo-hyon ficou desesperado, ele tinha medo do que nosso Appa podia fazer e ele tinha toda razão para temer. - Taehyung suspirou profundamente antes de continuar.

- assim que meu Appa soube ele quis saber se Woo-hyon quem era a ômega, temendo o que nosso Appa podia fazer, ele não disse quem era. Aquilo deixou nosso Appa furioso e para castigar Woo-hyon por não contar, ele foi até meu quarto e verei em mim, obrigando Woo-hyon a assistir, guardas seguravam ele. Eu nunca vi ele chorar tanto como naquele dia. Ele aguentou me ver apanhando e contou quem era e onde morava, meu Appa me deixou e chamou os guardas para irem com ele até o vilarejo. Woo-hyon me pediu perdão várias vezes enquanto chorava, a única coisa que consegui falar foi para ele ir atrás da amada dele antes que nosso Appa a achasse e foi o que ele fez. - 

Jimim já chorava assim como Taehyung que chorava por ter suas feridas profundas serem abertas novamente.

Flashback

"Woo-hyon correu como nunca havia feito na vida, ele temia pela vida da amada, aquela com quem planejou um futuro, futuro que estava sendo interrompido de uma forma dolorosa.

Assim que viu a casa da sua amada, correu mais rápido e entrou de vez na casa, assustando a ômega que arrumava a casa.

- amor, o que aconteceu ? - perguntou ao ver o estado do alfa.

- você precisa fugir, meu pai descobriu sobre nós dois e temo o pior, meu pai não tem coração, tenho medo que ele te mate - o alfa falou rápido usando o pouco de fôlego que ainda tinha. A ômega tentava entender o que estava acontecendo.

- amor, por favor, você precisa ir, não aguentaria te perder, eu morreria junto, sinto muito por não ter forças e enfrentar meu pai, ele se tornou meu pior pesadelo. - falou enquanto via a ômega chorar.

- eu vou embora sim, mas promete que nunca vai me esquecer ? Promete sempre me amar ? - perguntou a ômega enquanto era apertada por uma abraço do alfa.

- sempre, eu sempre vou te amar, sempre vou lembrar de você meu amor. - falou a beijando em seguida. 

O último beijo."

- ela fugiu a tempo do meu Appa não encontrar ela, somente a casa vazia e um Jeon aos prantos por ter deixado aquela que prometeu amar e proteger ir embora. - Taehyung falou secando as lágrimas que caíam aos montes.

- perdoe meu irmão pelas atitudes dele, ele apenas está perdido e suas atitudes o lembra dessa época dolorosa. Converse com ele e tenha calma, ele vai aceitar o Jimin, ele jamais seria capaz de fazer com você o que nosso Appa fez com ele. - Taehyung terminou a história deixando um Jimin choroso e um jungkook perdido em pensamentos.

- jungkook, precisamos conversar - jungkook ouviu a voz do rei Jeon no topo das escadas.

Ele apenas deu um selinho em Jimin, deixando o ômega corado e subindo as escadas indo ao encontro do seu Appa.



Notas Finais


Espero que tenham sofrido ou chorado como eu enquanto eu escrevia esse capítulo.

Desculpem qualquer erro.

Beijos e até a próxima 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...