História Eternamente seu - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Hoseok, J-hope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Seokjin, Sope, Taehyung, Vhope, Yoongi
Visualizações 242
Palavras 1.082
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Fluffy, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Postando agora pq vou viajar as 3 da manhã e tenho que dormir. Eu ia postar amanhã, mas meu pai não tinha certeza de quando ele ia viajar, eu pensei que ia ser amanhã de tarde ( quer dizer... Hj de tarde) e ia tirar o dia de hj pra escrever um capítulo bom, mas acabou que ele falou que ia viajar de madrugada. Minha madrasta foi pro salão fazer o cabelo e unhas e eu tive que ir com ela pra olhar meu irmão que tem 3 meses, cheguei de noite e já comecei a arrumar as malas, então me perdoem se esse capítulo não tiver bom. Quando chegar de viagem eu reviso ele.

Capítulo 8 - Felicidade


Jungkook P.O.V

Eu já tinha um palpite sobre qual seria o assunto da minha conversa com meu Appa, esse assunto tem nome e sobrenome: Park Jimin. Não tenho medo do rumo dessa conversa porque independentemente do que meu Appa diga, eu vou continuar com Jimin​.

Assim que chegamos no quarto aonde ele sempre dormia com minha Omma, ele faz um sinal para eu sentar na cama, assim faço. Ele fecha a porta atrás dele e suspira antes de começar a falar.

- Me desculpe - ele falou me deixando surpreso e sem entender nada. Vamos dizer que meu Appa não é uma pessoa​ que costuma pedir desculpas pelos erros cometidos.

- desculpa ? - perguntei para que ele me explicasse o motivo.

- sim, eu fui muito duro com você em relação ao Jimin, mas quero que entenda que tudo o que fiz, incluindo a Hyorin, foi para o seu bem, pelo menos eu achava que estava sendo para o seu bem - ele falou abaixando a cabeça.

- e porque o senhor achou que isso fosse para o meu bem ? Sobre a Hyorin, isso não tem lógica, já que quando o senhor se casou com a Omma o senhor já era rei - falei vendo ele andar na minha direção e sentar ao meu lado na cama.

- filho, faltou uma parte da história que o seu tio não lhe contou - ele falou me fazendo arregalar os olhos.

- o senhor ouviu meu tio contando a história ? - perguntei vendo ele me olhar triste e foi naquele momento que percebi que aquele amor que meu pai tinha por aquela ômega, ainda o machuca muito.

- ouvi, agora me deixe lhe contar o resto. - falou e eu me virei de frente para ele e ficando em uma posição confortável para ouvir a história.

- depois que ela fugiu, eu sentia como se uma parte de mim tivesse morrido, então coloquei na minha cabeça que encontraria ela e iria criar coragem para ir contra o meu Appa, então comecei minha busca por ela, meu Appa ficou sabendo, mas não ligou muito já que para ele eu nunca conseguiria achar ela e ele estava certo. - eu percebi que ele estava segurando as lágrimas.

- meu pai não ligava pela minha buscar pela ômega, até isso começar a afetar meu desempenho como príncipe e futuro rei, já que eu dedicava meu tempo procurando possíveis lugares aonde ela poderia estar, assim não indo para reuniões, não vendo como estava indo a economia do nosso reino e etc... Meu Appa ficou furioso comigo e decidiu que iria por fim nas minhas buscas me tornando um rei. Eu juro que tentei ir contra, mas eu morria de medo dele, ele se tornou um monstro, tanto para mim quanto para Taehyung. - falou me fazendo ficar pasmo. Como um ser humano pode ser tão cruel ?

- depois de dois anos de busca, fui coroado rei e mesmo que eu quisesse e fosse rei, era muito difícil, já que ser rei não é fácil e quando não se tem uma rainha isso ocupa 90% do seu tempo. Um ano depois de ser coroado, o povo começou a exigir uma rainha, pois um reino precisa de uma. Eis que meu Appa apareceu no castelo com sua omma, dizendo que ela seria a nova rainha, no início fui contra, já que tanto eu quanto meu lobo queriamos a nossa ômega, mas eu conheci sua mãe melhor e vi que poderíamos ser amigos e ter um relacionamento bom. Eu contei para sua omma sobre a ômega no início do nosso relacionamento, ela aceitou o fato do meu coração ter dona e concordou que nosso casamento fosse apenas um negócio. - ele falou me deixando incrédulo.

- espera aí, o senhor não ama a Omma ? - perguntei não acreditando naquela confissão.

- apenas respeito por ela ser Omma do meu único filho e admiração pela mulher e ômega incrível que ela é, mas não se preocupe ela sabe disso. - falou e eu não sabia mais o que pensar sobre isso tudo.

- eu nunca esqueci e nunca vou esquecer aquela que faz meu coração bater forte, aquela que deixa meu lobo atordoado, mas quando conheci sua mãe, a dor diminuiu e achei que te casando com a Hyorin isso também fosse acontecer com você, já que eu não tinha mais esperanças de que você fosse achar o Jimin, mas já que você teve a sorte que eu não tive, desejo felicidades a você e a ele. Seja feliz com ele, meu filho e continue assim... Lutando pelo que você ama e nunca desista dele, não cometa o mesmo erro que eu. - ele falou me fazendo o abraçar.

- obrigado Appa - falei separando nosso abraço em seguida.

- posso te fazer uma pergunta ? - perguntei tendo o olhar dele sobre mim.

- você realmente ainda ama essa ômega ? - perguntei vendo ele assentir.

- então não deveria ter desistido, mas sempre temos uma segunda chance. O vovô morreu, pelo que você me contou a mamãe aceitaria você com essa ômega e eu estou muito curioso para saber quem é essa misteriosa ômega que te fez tão feliz, então acho que pelas minhas contas, essa é a sua deixa para começar uma nova busca - falei saindo do quarto deixando ele pensativo.

Ao chegar lá em baixo vi meu pequeno conversando com meus tios.

- como foi lá em cima ? Estou surpreso por não ter ouvidos gritos - meu tio Hoseok falou fazendo Taehyung e Jimin rirem.

- também estou, mas foi tranquilo. - falei olhando para Jimin em seguida. - vamos lá fora ? - perguntei e Jimin logo levantou entrelaçando nossas mãos me fazendo sorrir como o idiota apaixonado que sou.

- sim - falou e levei ele até o jardim que tinha ali e nos sentamos na grama 

- eu conversei com meu pai e ele aceitou nosso relacionamento - falei vendo os olhos do pequeno ômega brilharem.

- sério ? - perguntou feliz.

- sim, você vai ser minha rainha, pequeno - falei e ele pulou em cima de mim me beijando.

- eu não acredito - falou quando terminamos o beijo.

- acredite, você vai ser meu ômega oficialmente e não vejo a hora de te fazer meu e deixar minha marca em você - falei vendo ele corar. Rir e puxei ele para mais um beijo, lento e apaixonado.

- eu te amo - sussurrei com a boca meio colada na dele.

- eu também te amo - falou me fazendo sorrir.

Nunca me senti tão feliz.



Notas Finais


Espero que gostem e desculpa qualquer erro.

Beijos e até a próxima 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...