História Eternity - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, JR, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, Jackbam, Jihope, Jikook, Jinmark, Namjin, Só Isso Mesmo, Sobrenatural, Vhope, Vic_vhope
Exibições 30
Palavras 1.061
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Científica, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiii amores, eu demoro mais eu posto! Espero que goste!

Capítulo 7 - Six


Fanfic / Fanfiction Eternity - Capítulo 7 - Six

O Tarrasque que Taehyung teria que servi estava nervoso com a teimosia do garoto, ele rosnava alto e grosso de raiva, queria dar uma bela de uma mordida em Taehyung, aliás, fazia tempos que não comia mesmo, e sempre quis morde um fantasma materializado. Como seria o gosto?

— Eu acho melhor você fazer o que eu mando se não quiser perde a cabeça, meu garoto! – a criatura grotesca falava grosso perto do ouvido de Taehyung, passando sua unha lentamente pelo braço e costa de Taehyung o fazendo sangrar.

— Eu disse que não, você pode pedir outra coisa, mas isso não. – falou serio enquanto observava a criatura se sentar a sua frente e o olhar com aqueles olhos amarelados brilhante, dava um certo medo em Taehyung, pois dizem que Tarrasque dão medo em suas vitimas pra ele se deliciar com o desespero enquanto a devora vagarosamente.

Ah criatura estava tentando se controlar, ele não poderia devorar Taehyung, mas ninguém disse que ele não poderia brincar com o garoto, ela pensava seriamente no que poderia fazer com Taehyung se ele não a obedecesse.

­ — Posso saber por que você não quer fazer isso pra mim? Pelo que eu saiba você é obrigado a me obedecer. – a criatura falava grosso e calmo, fazendo Taehyung se arrepiar ao senti ela se aproximar rapidamente de seu ouvido passando suas enormes unhas pontudas no pescoço do garoto fazendo escorrer sangue.

— Só me peça outra coisa! – Taehyung pedia para a criatura que mostrou seus enormes dentes pontudos em um sorriso debochado, Taehyung fez careta virando o rosto, ele estava se sentindo estranho – por que eu me sinto assim? Eu estou sendo afetado, eu estou realmente com medo... Mas eu sou um fantasma, por que estou sendo afetado? – Tae se perdia em seus pensamentos enquanto a criatura o olhava profundamente sentindo o medo percorrer lentamente em seus poros, estava achando aquilo tão divertido queria fazer muito mais.

­— Não tem respostas não é mesmo - se aproximava lentamente — Só sente o medo percorrer seu corpo... Posso fazer muito mais que isso em você, é apenas um fantasma de merda que tem que me obedecer... Eu posso ser bonzinho se você fizer o que eu mandar.

Taehyung sente um ar gélido ao pé do ouvido ao escutar o sussurro do monstro.

— Peça outra coisa, você sabe que ninguém pode entrar nem mesmo vocês, por que ta me mandando entrar? – abaixou o olhar tentando não manter contato com os olhos amarelados do monstro, o deixando ainda mais excitado.

— Eu sei que não pode!

— Então por que esta me mandando?

— Por que sim... Quero fazer você sofrer, quero escutar o seus gritos... Quero que você me obedeça!

~O~

— Jimin temos que sair novamente, pra encontrar Eine! – Hoseok falava com o companheiro que estava deitado no sofá descansando, havia acabado de sair de sua obrigação e já teria que fazer outra. Precisavam encontrar a fada o mais rápido possível, só não sabiam o porquê do desespero de JB. Se eles realmente soubesse o que JB iria fazer nunca aceitariam procurar pela criatura mágica.

­— Cadê os meninos? – Jimin se espreguiçou e levantou do sofá seguindo Hoseok que ia em direção a escada, tomando rumo ao corredor de quartos.

Abriram a porta do quarto que Bambam e Mark dividiam sem dar sinal que estava entrando, procuraram e não tinha ninguém, então saíram e foram até a biblioteca procurá-los.

— Vamos continuar procurando!

Passaram bastante tempo procurando ambos e nada deles aparecerem, não podiam ficar perdendo tanto tempo assim, não queriam ficar novamente até o anoitecer na floresta, então decidiram ir só os dois... Andando pela floresta, observando as criaturas que ficavam em cima das árvores, outras no chão brincando alegremente, era realmente bonito observa aquelas criaturas mágicas brincando, se divertindo e sendo livre em seu mundo.

Jimin sorria ao ver uma fada sentar na cabeça de Hoseok, e puxar seus cabelos com força fazendo Hoseok pensar que era Jimin que estava puxando.

— Jimin dá pra parar, por favor! – pediu pela terceira vez, Jimin tentou segurar o riso e balançou a cabeça, e caiu em gargalhadas novamente ao ver a fada fazendo umas caretas feias pro mesmo e mandando dedo.

— Hyung! Eu juro que não sou eu.

— Quem poderia ser então? – falou se virando e vendo a fada a sua frente dando risada.

— Ela! – Jimin falou apontando para a fada, Hoseok suspirou revirando os olhos e continuou a andar.

— O que vocês estão fazendo aqui? – a pequena fadinha ficou curiosa de repente.

— Estamos tentando achar uma da suas amiguinhas. – Jimin falou sem se importa muito com a pergunta da pequena, ela se virou e o olhou seco.

— Fala direito comigo, por favor – falou séria, Jimin arqueou a sombra celha e deu de ombros já conhecia muito bem o comportamento das criaturas. — Esta difícil achar essa minha “amiguinha”?

— Pra caramba. – respondeu Hoseok enquanto olhavam ao redor, eles estavam começando a entrar no lugar escuro da floresta onde não bate muito sol, e a fadinha estava começando a ficar animada.

— Talvez eu possa ajudar vocês! Qual é o nome dela? – perguntou parando em frente à Hoseok.

— Eine! – falou, e viu um sorriso enorme tomar seu rosto, risadas altas tomavam seus ouvidos.

— Eine! Sério? Por que vocês querem encontrar ela! – a pequena fadinha deu uma risadinha de canto olhando ao redor da floresta mais logo agiu normal.

— Temos a obrigação de encontrá-la.

— Hm... Interessante.

— Poderia facilitar e nos ajudar? – pediu Jimin com educação, tentando convencê-la, a mesma deu um sorrisinho e balançou com a cabeça.

— Mais é claro que sim, vai ser um prazer em acompanhá-los.

~O~

— Peça outra coisa, você sabe que ninguém pode entrar nem mesmo vocês, por que ta me mandando entrar? – abaixou o olhar tentando não manter contato com os olhos amarelados do monstro, o deixando ainda mais excitado.

— Eu sei que não pode!

— Então por que esta me mandando?

— Por que sim... Quero fazer você sofrer, quero escutar o seus gritos... Quero que você me obedeça!

­­— Tudo bem. - Taehyung não aguentou o pressão ele estava apavorado, ele nunca havia ficado tão próximo de uma criatura perigosa igual ao Tarrasque. Certas criaturas que vivem no mundo, vivas ou mortas, ainda podem sofrer. E Tae é apenas um fantasma, qualquer criatura mágica com tamanho variável pode machucá-lo.

— Você vai?! – a criatura perguntou surpresa, arregalando seus olhos amarelados se deliciando com a expressão de Taehyung.


Notas Finais


Então o que acharam do capítulo? Gente, eu estou com um pouquinho de dificuldade de escrever, então se demorar não me abandonem que eu vou me esforça ainda mais! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...