História Eterno amor - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inuyasha
Tags Inuyasha
Visualizações 66
Palavras 961
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Festa, Luta, Magia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem os erros do português

Capítulo 4 - Capítulo quatro: Inuyasha Taisho


Fanfic / Fanfiction Eterno amor - Capítulo 4 - Capítulo quatro: Inuyasha Taisho

Inuyasha on.....

Bom dia para quem que igual a mim acordo cedo para trabalhar, sinceramente essa semana aquela empresa ta me matando, vou ser sincero não sei aonde meu pai estava com a cabeça de achar que conseguia arruma uma festa desse porte em tão pouco tempo, mas fazer o que ele dono de tudo aquilo só resta pra mim e meu irmão aceitar as decisões dele  e por em práticas suas idéias, mas me desculpe nem me apresentei sou Inuyasha Taisho e já comecei o dia com a mente no dia de trabalho que tenho pela frente.

Na mesa do café da manhã meu pai já deu o seu recado para mim e meu irmão :

-  Não quero saber de brigas nem discussões de vcs dois na empresa hoje, temos pouco tempo pra fazer aquela festa ser perfeita, e não posso perder tempo com essas discussões idiotas de vocês dois, sem contar que temos um monte de trabalhos e projetos para terminar, então quero os dois focados no serviço fui claro???- e nos olhou nos olhos deixando claro que não estava de brincadeira.

- Sim pai!!

Terminei o meu café e fui correndo para meu carro para chegar logo na empresa e começar o meu serviço, vou falar uma coisa hoje tem tanto trabalho que nem vou ter tempo de ir para a faculdade e nem almoçar em casa, o jeito e apelar para lugares que entregam comidas. 

O dia foi passando e quando fui ver já era de noite , como imaginei nem faculdade conseguir ir, não que eu esteja desesperado por ter faltado na faculdade, aqui entre nós, já estou no último ano e sinceramente o q me faz ir mais naquela faculdade e não  perder nenhum dia de aula e a minha amiga Kagome, somos amigos a muito tempo e não sei ao certo quando o sentimento de amizade mudou para amor, só sei que eu amo aquela garota demais, já fiquei com diversas mulheres e modelos lindas , mas nenhuma foi capaz de tirar esse sentimento de mim, quando percebi que amava ela fiz questão de ficar maçom mais mulheres ainda pra ver se despertava o ciúme nela, sei q foi idiota da minha parte, mas sabe o que ela me falava.... "Desse jeito você vai ter que assumir milhares de filhos por aí!".

Se ela soubesse que a única mulher que quero ter filhos é ela, posso garantir que ela ia me bater e acabar com a nossa amizade, pois ela não acredita nessa história q uma pessoa rica pode se apaixonar por uma pessoa pobre, pois eu digo ao contrário isso pode sim acontecer, eu sou a prova viva disso.

 Mas voltando para a realidade, são exatamente 22:00 e acabei de chegar em casa, e sim trouxe mais serviço para casa e sei que não sou o único, assim que abro a porta minha mãe pergunta se quero que ela faça algo para comer, eu falo q não que a única coisa que quero e tomar um banho, revisar mais uns documentos, e dormir. Mas antes de subir ela se vira e fala para mim:

- Na cozinha tem um bolo  que eu comprei hoje na confeitaria da sua amiga, ela que fez  então imaginei que todos vocês iam gostar, vocês amam os bolos dela, está na geladeira se quiser pegue um pedaço e coma antes de dormir , boa noite meu filho- ela se vira e termina de subir as escadas.

Como vocês devem imaginar fui mesmo até a cozinha pegar um pedaço desse maravilhoso bolo, comi e lavei o prato que sujei, sim Inuyasha Taisho também sabe lavar louça, subi até o meu quarto entrando nele fechei a  porta, pus os papéis que trouxe no criado mudo ao lado da minha cama , junto com o  meu celular, andei em direção  ao banheiro , tirei minha roupa e entrei debaixo daquela água morna e relaxante. Depois de banho tomado enrolei um toalha na minha cintura e fui até o closet, peguei uma cueca box vermelha vesti ela, pus a toalha de volta no banheiro e fui em direção a minha cama para revisar papéis que tinha trazido.

Depois de um tempo revisando os papéis tive um idéia brilhante, a festa que estamos organizando temos que estar acompanhados, mas como eu não namoro eu preciso de uma acompanhante, e já tenho a acompanhante perfeita mas como tenho quase certeza q ela vai me dizer não tive que apelar para a força maior, a Sango e a Rin, despois de ter tudo planejado na minha cabeça liguei para as duas contando o meu plano e pedindo ajuda delas, antes que vocês me perguntem, sim elas sabem que amoooo a Kagome sinceramente a única que não sabe mesmo e a própria Kagome. Depois delas concordarem eu mandei um mensagem para a dona dos meus pensamentos e dos meus sonhos mais pevertidos, falando que precisava falar com ela amanhã, a resposta dela foi "ok" . Animador não?? 

Mas eu não vou desisti, vou ter essa mulher para mim podem escrever, Kagome Higurashi vai virar Kagome Higurashi Taisho isso eu posso garantir pra vocês. Eu vou me casar com essa mulher, agora tenho que esperar que nasça outro dia para por minha idéia em prática e espero sinceramente que kami sana esteja do meu lado pois vou precisar da ajuda dele. Nunca vi mulher mais difícil de se conquistar, mas eu vou ter ela para mim, depois de tudo pronto e acertado com a meninas e a mensagem mandada para Kagome, decidi terminar de revisar aquele papéis , depois de todo prontos  pus eles de volta na pasta que vieram me deitei na cama logo adormecendo torcendo para chegar logo o outro dia ....

 Inuyasha off

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...