História Eu, a lua e a Mariela - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Luan Santana
Personagens Luan Santana, Personagens Originais
Tags Evme, Luansantana, Mariela
Visualizações 287
Palavras 1.062
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Capitulo 09


Fanfic / Fanfiction Eu, a lua e a Mariela - Capítulo 9 - Capitulo 09

Narração Mariela

Luan me colocou com carinho em sua cama e me observou por alguns instantes.

– Pode doer um pouco, me avisa se isso acontecer que eu paro.

– Doer?

– Sim, mas depois fica muito gostoso. Confia em mim.

– Confio.

Luan tirou meu vestido e ficou me olhando.

– Meu Deus você é tão gostosa. Eu tenho sorte pra porra.

Ele tirou a camisa exibindo seu peito branquinho e um corpo que eu achava lindo, depois ele tirou sua bermuda e reparei que sua enguia estava realmente maior, mas ainda era pequena, porém não disse nada pois ele ficou chateado a primeira vez. Luan subiu em cima de mim me beijando sua barba roçava na minha pele me deixando completamente quente o incômodo entre minhas pernas aumentava cada vez mais. Luan tirou as minhas roupas debaixo e começou a beijar meus seios ele acariciava um enquanto beijava o outro, involuntariamente me remexi embaixo dele e coloquei as mãos em seus cabelos.

– Minha nossa, isso é tão bom.

Luan colocou as mãos na concha entre minhas pernas e começou a massagear, respirei mais fundo aquela sensação era incrível.

– Não para.

Luan começou a descer sua boca pelo meu corpo passando levemente a língua pela minha barriga até chegar na minha concha, então ele começou a beijar e lamber ali, gritei com a sensação, ele apertava minhas coxas enquanto chupava aquela região tão íntima do meu corpo, senti aquela dorzinha gostosa aumentar e comecei a rebolar lentamente enquanto ele continuava chupando e brincando com a língua ali, comecei a gemer e gritar mais alto.

– AH LUAN! QUE GOSTOSO! ISSO!

Então a dor aumentou muito até meu corpo relaxar e isso aconteceu de novo e de novo e de novo até parar de vez, eu respirei aliviada e saciada.

– Isso foi muito bom.

Luan me beijou e acariciou meu rosto.

– Que bom meu amor, mas não acabou.

– Não, agora fica melhor, mas aviso que pode doer um pouco.

– Se é melhor eu aguento a dor.

Luan se posicionou e abriu minhas pernas, então devagar ele foi entrando em mim, realmente doeu um pouco quando ele foi entrando, então ele me olhou nos olhos.

– Está tudo bem?

– Sim.

– Vou me mexer, se doer me fala.

– Tá bom.

Luan começou a entrar e sair devagar de dentro de mim, a dorzinha voltou ainda mais gostosa. Luan fechou os olhos e gemeu, então ele me beijou.

– Ah Mariela! Gostosa.

Comecei a rebolar embaixo dele enquanto ele continuava os seus movimentos, passei as mãos por suas costas arranhando as, senti novamente que ia chegar aquela sensação gostosa de alívio.

– Tô quase Ella.

– Não para.

– Goza comigo amor.

Assim que ele pediu um alívio atravessou meu corpo e Luan gemeu alto, senti um líquido dentro de mim e percebi que ele também estava aliviado. Luan saiu de dentro de mim e deitou - se ao meu lado me puxando para seu peito e acariciando meus cabelos.

– Como está se sentindo?

– Muito bem.

– Vamos tomar um banho?

– Juntos?

– Sim.

– Ah não tô cansada, pode ir sozinho depois eu tomo.

– Tá bom, já volto meu amor.

Luan me deu um beijo e foi pro banheiro, minhas partes íntimas estavam doloridas, mas eu me sentia bem, me levantei e me olhei no espelho eu estava corada como nunca antes me senti até mais bonita o Luan supria a saudade de casa, mas sabia que amanhã ele teria que partir para fazer show e eu sentiria saudades, queria ir junto, mas ele dizia não ser a hora de conhecer esse lado da vida dele. Depois do banho Luan voltou e se deitou ele estava cheiroso demais, me puxou pro peito dele e fez carinho nos meus cabelos.

– Amanhã antes de ir viajar vou te apresentar sua professora, ela vai vir aqui sempre te ensinar tá bom?

– Tá bom Luan.

– Ella?

– Sim.

– Obrigado por confiar em mim.

– Obrigada por fazer amor comigo.

Ele riu.

– Disponha.

Narração Luan.

Tá bom não aguento mais isso, vem fic passa fic e meu pau continua pequeno e parece diminuir a cada fanfic facilitem por favor. 

Enfim eu falava de Mariela, a sim ela foi maravilhosa, se entregou pra mim por inteiro, estava me apaixonando por ela cada dia mais não queria deixa - la sozinha, mas precisava esperar ela aprender mais algumas coisas antes de apresenta - lá aos meus fãs e a mídia.

Mariela dormia profundamente tão linda, estava mais corada, mais plena, me levantei e vi que Josie fazia o café, pedi pra que ela montasse tudo na bandeja pois eu levaria na cama, mas antes mesmo que eu pudesse levar Mariela apareceu na cozinha vestida em uma blusa minha e de calcinha, era a visão do paraíso.

– Bom dia meu amor.

Dei um beijo nela.

– Bom dia, estou com fome.

– Josie está fazendo café, você está linda. Dormiu bem?

– Como um peixe pedra.

– Você gosta de peixes, talvez devesse estudar biologia marinha.

Ela deu de ombros e me abraçou depois sussurrou.

– Ei vamos repetir o que fizemos ontem?

– Se você quiser eu não tenho objeções, podemos fazer no banho.

– No banho não.

– No banho é gostoso.

– Se for no banho eu não quero.

Qual o problema?

– Tudo bem, a gente faz na cama mesmo. Mas primeiro o café e depois vou arrumar minha mochila.

– Tá bom.

Tomamos um café bem agradável, Mariela era bem falante e Josie gostava de conversar com ela, depois do café Josie foi fazer suas tarefas e eu fui arrumar minha mochila, daqui a poucas horas a van viria me buscar e eu deixaria Mariela aos cuidados de Bruna e Josie. Estava terminando de arrumar a mala e percebi Ella sentada sobre os joelhos na cama.

– O você está olhando?

– Você. Você é tão lindo.

– Nem minhas fãs admiram minha beleza como você.

– Você é o homem mais lindo que já vi.

– Você não deve ter visto muitos homens bonitos então.

– Vi sim. Mas sua voz e tudo que você é te tornam o homem mais lindo que já vi.

Beijei minha Mariela e a deitei na cama deixando pra lá minha tarefa de arrumar a mochila.

– Eu vou fazer amor com você agora. Bem, bem devagar e bem gostoso.

– Tá bom.

Ri do jeitinho dela, ela parecia viver para um mundo novo e eu fazia parte desse mundo dela de uma forma tão rápida e tão sutil Mariela me deixou perdido de amor.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...