História Eu acho que eu gosto mesmo de você - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Originals
Exibições 8
Palavras 546
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Orange, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Bom... é a primeira fanfic q estou escrevendo e eu acho sim que vai estar uma bosta lixosa, mas vamo la né.

~~Bjao da tia coala trevosa kkfifijs

Capítulo 1 - Shopping, êeee


Pov Emily

 

Hum.... Mary, vamos pro shopping?

*Mary faz um sinal de sim com a cabeça, ainda deitada na cama, toda desarrumada*

 

Mary: Espera mais 30 minutos que eu levanto

 

Amy: Mas eu quero ir agoraaa!!

 

Mary: *mostra o dedo do meio* 20 minutos?

 

Amy: 10?

 

Mary: 15? Sim?

 

Amy: Afff

 

Falo e saio do quarto, indo tomar um banho para me adiantar. Deixo a porta sem trancar, por medo de ficar presa, e por certeza que ninguém entraria, ja que Mary vai demorar a levantar.

Do nada olho para a porta e sinto a presença dela

 

-Não acredito *rio envergonhada ao ver mary sorrindo e em pé na minha frente*

 

Mary: Surpresa, bebê *ela sorria maliciosamente e.... entrou no banho comigo, mesmo com roupa, ela ja entrou me dando um beijo, e como de costume tentei separar, porém logo me lembro que estamos sozinhas, em nossa casa.

 

A porta, como estava toda aberta, ja que a desajeitada nao fechou, podemos ver Amber e Mith correndo, nossos guaxininzinhos ♡. vi meu sonho de vida acontecendo, e, sem perceber, puxo o rosto de Mary e mordo seu lábio inferior.

 

-Eu não sei se poderia querer algo melhor que isso, é simplesmente perfeito *sorrio ainda segurando o rosto de minha unnie*

 

Mary: Então... ainda quer ir para o shopping? *Mary cola nossos corpos e aperta minha bunda, me fazendo soltar um gemido inconciente*

 

Amy: A-ahn? O que falou?

 

Mary: Nada não

Ela fala e começa a tirar a roupa, passa sabonete, shampoo, faz tudo bem rapido e vai sem roupa mesmo para o quarto. Eu sem perceber, admirava o que via.

 

_ Amy pensamento on: A minha batatinha... eu preciso cuidar muito, muito bem_ 

 

Saio do banheiro e vou para o quarto, Mary está deitada, com a MINHA saia, que comprei para dar de presente e uma regata branca sem detalhes. Eu deveria estar brava mas é bem pelo contrario, eu não sei como não ja dei essa saia para a aniversariante, mas fica bem melhor na minha batatinha, agora é dela.

 

Mary: Ah, essa era a saia que voce ia dar para a Katy né?

 

Amy: N-não, eu ia te fazer uma surpresa mas você achou antes de eu te dar *sorrio pra quebrar o clima*

 

Mary: Vamos logo, seca esse cabelo vulgo o meu.

 

Seco o cabelo dela e, enquanto ela termina de se arrumar (maquiagem, enfeites e etc) eu seco o meu.

 

Mary: Quer comer alguma coisa antes de sair? Tem Belvita, pega la, senao a gente acaba passando mal

 

Amy: Mas eu não to com fome

 

Mary: *Vai até a cozinha sem me olhar e quase enfia um pacotinho na minha boca* mas que porra, eu não to pedindo, estou mandando.

 

Amy: *como as três belvitas e faço uma cara fofa simulando q estou brava*

 

Mary: A gente vai ter que ir de Trem, e pegar um onibus até ir a estação.

 

Ela falou isso em um tom cansado mas "o que nois n faz pelos nossos filhos né".

 

Fomos até a estação e esperamos o trem, coisa que demorou uma vida....

As pessoas nos olhavam por sermos duas garotas, e ela estar com a mão em minha coxa e sendo uma carinhosa com a outra? Talvez, mas eu não me importava, ainda gostava.


Notas Finais


Você chegou até o final? Midira berg.

Outro bj pq hj eu to pra distribuir. Da fav, é nois.

~coala trevosa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...