História Eu ( acho que ) gosto de garotos - Capítulo 45


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 172
Palavras 1.526
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Festa, Josei, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shounen, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Foto da capa : Yumi ( irmã gêmea do Yukine )

Capítulo 45 - Capítulo 45


Fanfic / Fanfiction Eu ( acho que ) gosto de garotos - Capítulo 45 - Capítulo 45



Yukine-chan (/*3*)/ 



Depois de muito esforço ( feito por mim ) Kai finalmente decidiu ir até a sua casa para nós dois " estudarmos ". 


O loiro rebelde entrelaçou nossas mãos e andamos assim até chegar no pátio, não é que eu não queira " algo sério " com o Kai, eu apenas acho que ainda seja um pouco cedo demais.


- Desculpe - murmurei baixo. O loiro tinha um bico nós lábios vermelhos que tanto gosto de beijar, me aproximei e mordi seu bico - não fique chateado, eu apenas acho que seja cedo demais. 


- Tanto faz - seu bico voltou, Kai as vezes aje como criança... eu acho muito fofo, corri até o mesmo quando notei que estava muito na frente e pulei em suas costas e enlacei seu pescoço com meus braços - aish... sai Yukine - deu leves tapas em minha parte traseira, mas não o larguei e ainda enlacei sua cintura com minhas pernas,escutei o mais alto bufa e suas mãos foram até a parte traseira de minhas coxas e me ajeitaram melhor em suas costas - vai comigo pra casa ? 


- Vou sim - respondi rápido e ouvi o outro rir, selei sua nuca e o outro parou de andar e balançou a cabeça negativamente - o-o q-q...- Kai de algum modo me girou e me pós de frente para si, o olhei envergonhado e baixei a cabeça... seus lábios foram até minha bochecha e a selou, os mesmos desceram até meu queixo e o mordeu de leve rir e o encarei.


- Meu pescoço/ nuca é o meu ponto fraco, não faz isso - falou se referindo a o beijo que dei no mesmo.


Sorri travesso e fui com os lábios até seu pescoço branquinho uma coleira de couro ficaria maravi... que dizer... esquece...


- Y-Yukine - gemeu meu nome de um modo manhoso - não faz isso.


- Rsrs você é tão fofinho - desci de seu " colo " e fiquei a sua frente - que ir de carro comigo ou vai querer ir de moto ? - perguntei.


- Er acho que vou ter que ir de moto não quero deixar ela aqui - suspirou e retirou as chaves de seu bolso, se aproximou de mim rapidamente e selou meus lábios - vamos - falou e saiu andando na frente. 


Sorri bobo e o segui...


Acho que to muito apaixonado por esse rebelde bipolar (/♡^♡)/♥


- Ei Kine finalmente você resolveu aparecer - falou Yumi ( minha irmã ) com um tom de irritação na voz, Kai parou de andar e a encarou e logo depois me fitou e seus olhos estavam arregalados, o loiro e a loira vinheram até mim e ficaram lado a lado - quem é esse cara ? - perguntou.


- E-Eu me chamo Kai e você quem é...? 


- Kai essa é a minha irmã, Yumi.  Yumi esse é o Kai... meu amigo(?) - os apresentei.


- Por que sua a presentação soou como pergunta, vocês dois tem algo, ele é o cara que você ficou esperando na festa ? - minha irmã é um saco -_- 


- Não é isso... ele realmente é apenas meu amigo(?) - sorri tentando convence-la.


- Então você tem que falar para esse grandão aqui - empurrou Kai de leve e pude notar seu olhar triste  - parece que ele não sabia que você só o considerava um " amigo(?) " - riu bobamente e saiu andando em direção ao meu carro.


- O que  faz aqui Yumi ? - fui até a loiro e a puxei pelo braço antes da mesma entrar em meu carro.


- Mamãe não te disse ? - neguei com a cabeça, a loira suspirou e ajeitou melhor sua mochila nas costas e seu violino - Eu vou estudar aqui eehh - falou com uma falsa empolgação - eu sem querer toquei fogo no cabelo da minha colega de classe, mas olha o que ela fez com o meu bebê - abriu a maleta que guardava seu violino e o mostrou para mim, o mesmo estava destruído e tinha várias coisas escritas nele como; " ninguém daqui nunca te suportou sua maluca ", " você é só mais uma riquinha esquisita que acha que tem amigos, nunca gostei de você... PS: GG ",  encarei a minha irmã horrorizado e notei seus olhos cheios de lágrimas, a abracei tentando consolar a mesma. Minha irmã ganhou seu violino de nossa avó que infelizmente já não está mais com a gente, Yumi era muito apegada a nossa vó, e o violino era algo muito especial para a mesma.


- K-Kai - chamei baixo o loiro estava perdido e dava pra se notar - posso passar na sua casa mais tarde ? 


- Claro - sorriu e acariciou meus fios, sorri com o carinho e o mesmo retribuiu.


- Rsrs sabia que ele era o teu boy - falou Yumi rindo - vou contar pra mamãe que você finalmente arranjou um namoradinho e que ele é muito mais bonito do que o Fox  - senti minhas bochechas esquentarem e ouvi Kai rir, Yumi o acompanhou enquanto eu só ficava cada vez mais vermelho - Kai meu irmão é só um pouquinho anormal mais é uma pessoa boa e muito amável, não desista dele facilmente  certo ? 


- Não sou louco de desistir, demorou bastante até eu consegui chegar até aqui, digo até eu virar seu " amigo ". - recuei envergonhado ao sentir seus lábios sobre os meus.


- Caralho vocês são muito fofos aaaa eu vou adorar presenciar essas carícias S2 - a encarei constrangido. 


- Y-Yumi - lhe chamei atenção e a mesma me ignorou.


- Ei Kai qual é a sua série ? - 


- Sou terceiro e você ? - 


Poxa eu ainda to aqui /(T^T)\


- Também, vocês são da mesma turma ? - perguntou empolgada. 


- Infelizmente não - suspirou e me olhou.


- Tem outros casais ya...gays aqui ? - perguntou ainda empolgada.


- Er... tem sim - respondeu Kai.


- Tenho que trazer uma câmera fotográfica - falou olhando pro nada e com um olhar nem um pouco inocente.


- Yumi - a chamei, a loira me encarou e notei que escorria um líquido vermelho de seu nariz - v-você tá sagrando... '0' 


Yumi retirou um lencinho de sua mochila e limpou seu nariz, Kai me olhou confuso e eu retribui o olhar, minha irmã é tão esquisita '-' 



Akise }{ 


Aoi e Haru conversavam animadamente sobre um novo time de basquete que o treinador deles iria fazer, o mesmo disse que esse " novo " time só terá os melhores e que ele com certeza estaria entre os escolhidos... nem se acha, esse iludido -_- 


Yuki assim como eu não estava nem um pouco interessado na conversa daqueles dois, eu estava afim de ir pra casa mais como vi Kai sair com Yukine, não quis o atrapalhar... e agora to aqui, sem nada pra fazer e nem ninguém pra conversar já que Yuki colocou seus fones quando fui tentar puxar assunto com o mesmo.


- Com certeza o Sebastian vai tá no time - falou Haru mó empolgado. 


- É ele até joga bem, mas sabe o Kira ? - Haru assentiu com a cabeça - ele é foda jogando, faz várias cestas nos jogos, o único defeito dele é que ele é muito tímido. 


- Verdade... - Haru me encarou e sorriu - e você Akise - o olhei confuso e Aoi me encarou - não vai tentar entrar no time ? 


- O pirralho sabe jogar ? - Aoi parecia surpreso e Haru riu.


- Ei Aoi eu notei que vocês estão bem próximos - Aoi corou e baixou a cabeça - Akise está arranjando garotas para você ? - Aoi franziu a testa e arqueou as sobrancelhas. 


- Não é nada disso, eu apenas gosto de estar com o Akise. Algum problema ? - Haru parou de rir e o encarou sério, depois me olhou e olhou para Yuki que agora prestava atenção na conversa. 


- Vocês estão juntos ? - perguntou Yuki sério. 


- Er... bom... e-eu - Aoi corou e se enrolou nas palavras, Haru e Yuki riram do moreno.


- Nós somos apenas amigos - respondi a pergunta e me levantei - bom eu já vou - arrumei minha mochila nas costas e acenei, Haru e Yuki acenaram e falaram " tchau " e Aoi se levantou e venho atrás de mim - você pode ficar com eles, eu tenho que resolver uns assuntos... então eu vou sozinho.


- Quero ir com você - falou e saiu andando na minha frente. 


- Mas... tá vamos - o segui. Tive que correr um pouco já que o Aoi anda muito rápido, assim que chegamos no estacionamento da escola Aoi destravou seu carro, abriu a porta para que eu entrasse e logo foi até o seu lugar.


- Então aonde vamos ? - perguntou sorrindo.


- Na casa da minha mã...- a porta do lado de Aoi é aberta me interrompendo e logo o mesmo é puxado de maneira bruta do carro por um homem desconhecido por mim, saio do carro desesperado e vou até o moço que tinha um olhar furioso sobre Aoi.


Quem é esse homem...? 


Notas Finais


Então né... eu não to tendo tempo ultimamente, mas graças a Deus minhas férias começam depois de amanhã e eu vou poder atualizar mais de uma vez S2

Me desculpem por não ter respondido os comentários nos capítulos anteriores, é que eu não to tendo tempo mesmoo, eu tenho que me esforçar bastante pra colocar capítulo.

Me perdoem ♥


Te amo vcs S2


Beijuuu


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...