História Eu ainda... Te amo. - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chiyo, Deidara, Hidan, Itachi Uchiha, Kakuzu, Kisame Hoshigaki, Konan, Nagato, Naruto Uzumaki, Obito Uchiha (Tobi), Pain, Pein, Personagens Originais, Sarada Uchiha, Sasori, Sasuke Uchiha, Shisui Uchiha, Tsunade Senju, Yahiko, Zetsu
Tags Akatsuki, Kakuhidan, Kisaita, Naruhina, Sasodei, Sasusaku, Shiita, Tobizet, Yaoi
Visualizações 58
Palavras 1.400
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi, eu tô de volta^^ e pf não me matem;-;
Dsclp a demora
Mas aqui está mais um capítulo fresquinho pra vcs
Bjs até às notas finais e dsclp os erros de português.

Capítulo 10 - Sem ideia para título


Itachi povs

Acordei com o sol batendo no meu rosto.

Olhei pra o relógio, que marcava 07:30 da manhã.

Senti um peso em minha cintura, olhei pra o lado e vi Kisame dormindo tranquilamente.

Simplesmente o abracei e dei um leve beijo em seus lábios.

Me levantei devagar para não acorda-lo. Desci as escadas devagar e fui ao banheiro fazer minha higiene matinal.

Depois de terminar minha higiene, fui a cozinha preparar o café da manhã.

***************************

Eu estava de costas quando senti algo passando em minha cintura.

- Bom dia, Kisame. - Falei com um leve sorriso no rosto, enquanto cozinhava.

- Bom dia, Ita. - Falou ele esfregando o rosto em meu pescoço. - Por que não me acordou junto? - Perguntou ele fazendo bico.

- Desculpe, não queria te acordar. Você estava uma graça dormindo. - Respondi dando um leve sorriso o fazendo corar.

- Ah que isso Ita. Falando em acorda, cadê as crianças? - perguntou ele me dando beijinhos no rosto.

- Estão dormindo ainda. - Respondi calmamente em quanto desligava o fogão.

**********Quebra de tempo*********

Terminei de preparar o café e coloquei a mesa.

- Kisame, pode chamar as crianças para mim? – Perguntei colocando o último prato a mesa.

- Claro. – Falou ele se levantando da cadeira e indo subir as escadas.

Alguns minutos depois escutei ele descendo as escadas, seguido por duas crianças resmungonas.

- Pai, olha as horas que são. – Falou Kisashi coçando os olhos.

- É pai, pra que acordou a gente? – Perguntou Itami bocejando.

- Não sei se vocês se lembram, mas vocês tem aula hoje. – Falei cruzando os braços.

- Ah é, tinha esquecido. – Falou ele batendo na testa.

- Bom, agora que lembrou, sugiro vocês dois irem se arrumar. – Falei olhando serio pra eles.

- Claro, papai Ita. – Falou os dois que saíram correndo em disparada ao banheiro.

- Você tem a habilidade de fazer eles sair correndo. - Falou Kisame rindo.

- Parece que sim. - Falei rindo.

***********************

- Já estão prontos? - Chamei eles.

- Sim! – Gritaram eles descendo as escadas.

- O papai Kisame vai levar vocês. – Falei ajeitando as mochilas deles.

- Ebaaa! – Gritaram os dois em uníssono.

“””””””””””””””””””””””“”””””””””

Kisame povs

Eu estava no carro esperando as crianças.

- PAPAI! – Logo vejo dois piralinhos correndo e gritando em direção ao carro.

Eles abriram a porta e entraram.

- Nossa pensei que vocês iam demorar mais. – Falei rindo.

- Eu nem sabia que tinha aula hoje. – Respondeu Kisashi com uma cara de bunda.

- Ta bom, então vamos. – Liguei o carro e dei partida.

O caminho não foi nada tranquilo. Os dois começaram a gritar e se bater.

Daqui a pouco eles despertam o sharingam se batendo.

Depois de uns 40 minutos finalmente chegamos na bendita escola.

Eles abriram a porta e desceram do carro.

- Tchau papai Kisa. – Falou os dois me abraçando.

- Tchau meus amores. – Falei dando um beijinho em cada um.

Eles enchem o saco, mas eu amo aqueles dois. São meus filhos afinal.

@@@@@@@@@@@@@@@@@

Sasori povs

- Daichi, já esta pronto? – Meus Deus, esse menino não consegue ser rápido não?

- Já tô descendo pai. – Gritou ele do quarto.

- Anda logo! – Gritei de volta. Ele deve ta querendo me irritar só pode. Ele sabe que eu odeio esperar.

- Pronto, pronto. Já desci pai. Você tem que aprender a esperar. – Falou ele bufando.

-Você sabe que eu odeio esperar, desde sempre. – Falei cruzando os braços.

- Sim. Vamos. – Falou ele me empurrando.

Entrei no carro com ele e dei partida.

- Pai, quando o Papai Deidei vai sair do hospital? – Perguntou ele me cutucando.

- Daqui a alguns dias, por que? – Perguntei a ele.

- Por nada não, só quero que o papai volte logo com a minha irmãzinha. – Falou ele fazendo uma cara triste.

- Fala de Mim, mas você também odeia esperar. – Falei rindo.

- Ham? Que? Não me compare com você. – Falou ele emburrado.

- Apenas admita. Somos farinha do mesmo saco. – Falei olhando para ele pelo retrovisor.

- Que? Nunca! Eu não sou igual a você. – Gritou ele irritado.

- Tá bom, tá bom. – Falei rindo de leve.

Ficamos calado o resto do trajeto.

Quando o Deidara não esta por perto, tudo fica meio... Sem graça.

Finalmente chegamos a escola.

Ele abriu a porta e desceu.

- Tchau pai! – Gritou ele acenando.

- Tchau, se cuida! – Gritei de volta e dei partida no carro.

//////////////////////////////////////

Kisame pov's

- ITACHI, CHEGUEI! – Gritei ao abrir a porta.

- Que bom. Já estou saindo a trabalho. – Falou ele ajeitando o uniforme.

- Quer que eu te leve? – Perguntei apontando pra porta.

- Não, eu posso ir sozinho, não se preocupe. – Falou ele me dando um leve selinho.

- Tem certeza meu amor? – Perguntei passando a mão em seu rosto.

- Tenho meu bem. –Respondeu tirando minha mão de seu rosto. – Eu vou indo. Tchau meu amor. – Falou ele me dando um selinho e saindo.

///////////////////////////

Itachi pov's

Abri a porta e sai.

Arrumei minha bolsa e fui andando.

Quando cheguei lá, fui direto a sala dos Hokages.

Chegando lá encontrei com Naruto.

- Bom dia Itachi. A senhora Tsunade me pediu pra te dar a missão. – Falou ele com um monte de papel na mão.

- Está bem, mas cadê Shisui? – Perguntei olhando pra os lados.

- Ele está sentado lá fora te esperando. – Respondeu ele apontando pra porta.

- Tudo bem, depois eu falo com ele. Mas qual é a missão? – Perguntei confuso.

- Bem, tem uns caras fazendo baderna por ai. Eu sei que deve ser uma chatice pra você fazer isso. – Falou ele rindo.

- Que isso, claro que não. Eu adoro ajudar Konoha e você sabe disso. – Falei rindo. – Bem, eu já vou indo. Shisui já deve tá roendo até a mão de tanto esperar. – Falei fazendo Naruto rir.

- Está bem. Vai lá. – Falou ele passando a mão em meu ombro e saindo.

Sai da sala dos Hokages e fui para fora.

Chegando lá vi Shisui sentado em um dos bancos.

- Bom dia Shisui. – Falei me aproximando dele e sentando ao lado dele.

- Bom dia Itachi. – Falou ele com um enorme sorriso no rosto.

- Bem, vamos indo para missão? – Perguntei a ele.

- Claro vamos indo. – Respondeu ele se levantando.

Eu levantei logo atrás e fomos para a missão.

Chegando no ponto indicado por Naruto, encontrarmos quem estava fazendo a “baderna” e demos uma advertência.

//////////////////////

Shisui pov's

Foi tudo bem na missão.

Encontramos os muleques que estavam fazendo bagunça e demos uma advertência. Tarefa simples de Shinobis.

Voltamos ate a sala do Hokage, relatamos sobre a missão e fomos para fora.

- Hoje foi bem corrido. Demorou um pouco para acharmos eles. – Falou Itachi cruzando os braços.

- Bem, pra mim foi fraquinho. – Falei colocando as mãos atrás da cabeça.

- Comparado ao que a gente passou, isso tudo não é de nada. – Falou ele rindo.

- Verdade. – Respondi ele rindo também.

De repente ficou um silêncio devastador, até que uma ideia surgiu em minha mente.

- Itachi, você poderia ir comigo até minha casa? – Perguntei quebrando o Silêncio.

- Por que? – Perguntou ele confuso.

- Para a gente conversar como velhos amigos. Que tal? – Falei sorrindo.

- Está bem. Eu vou. – Respondeu ele com um sorriso. Ah como eu amo esse sorriso.

Então fomos até minha casa.

******Quebra de tempo******

Chegando lá, abri a porta e dei espeço pra ele.

- Uau Shisui, sua casa é bem bonita. – Falou ele olhando com cara de surpresa.

- Também acho. – Dei uma leve risada.

Entramos e eu fui preparar algo para nós dois comermos. E enquanto isso ficamos conversando e jogando papo fora.

Até que a comida ficou pronta e a gente se serviu.

- Muito obrigado Shisui. – Falou ele comendo. – E nossa, você sabe cozinhar muito bem Shisui.

- Que isso Itachi, só tentei fazer o meu melhor pra você. – Respondi com um sorriso e fazendo ele sorri junto.

Comemos e ficamos conversando aleatoriamente.

- Obrigado Shisui. Adorei vir aqui. – Falou ele se levantando.

- Espera! Tem uma última coisa que eu queria fazer para você. – Falei me levantando com um semblante sério.

- O que você quer fazer Shisui? – Perguntou ele com uma confusa.

Me aproximei dele e puxei sua cintura.

O espaço que nos separava, acabou.

O beijei com luxúria.

 Já era tarde para voltar atrás.


Notas Finais


Desculpa a falta de criatividade
Espero que tenham gostado
Bjs e até o próximo cap


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...