História Eu Amo Meu Meio-Irmão. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo
Personagens Leo Valdez, Percy Jackson
Tags Perleo
Exibições 74
Palavras 844
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Ohayooo my Bunnys!

Como ocês estão?? Espero que bem!

Enfim, voltei u. u com mais uma one-shot, e quem é dessa vez?? Não, (in) felizmente, não é Valgrace!
:3

Bom, na verdade, o rascunho era sim Valgrace, só que como eu ando escrevendo Valgrace demais, decidi, sim, eu decidi! Vamos dar um tempo e dar a vez para outros shippers de PJO ou HDO, heuheuhe :3 já estava na hora. Não que eu ache ruim escrever Valgrace não, não... Mas é sempre bom e saudável mudar de vez em quando né?

E o casal dessa vez não é nada mais, nada menos que.... PERLEO!!!! *salva de palmas e assobios*

E não. Eu não shippo Jasico, Jercy, Perjasico. Não curto :v por algum motivo eu não gosto :v

Por isso, que depois dessa semana, quando eu entregar o capítulo de In The Name Of Love, eu vou fazer algumas one-shots de alguns casais nas quais vocês vão escolher dentre três que eu vou sugerir. Ok? Tipo:

° Percabeth

° Thabeth

° Lukabeth (caralho, num sei nem se é assim :v)

Aí vocês escolhem e eu faço. Ok? Ok. Ah e lembrando isso é só um exemplo, ok? Eu só vou pedir que vocês escolham nas notas finais do capítulo de In The Name Of Love, se eu lembrar claro :v

Vocês até podem sugerir o tema e até pode ser uma song-fic (que eu adoro) vocês mandam a música e eu faço :3

Enfim, era só isso que eu queria falar :3

Espero que gostem e boua leitchura :3

Capítulo 1 - Oh, Céus! Eu Estou Apaixonado!


Fanfic / Fanfiction Eu Amo Meu Meio-Irmão. - Capítulo 1 - Oh, Céus! Eu Estou Apaixonado!


~ leiam as notas iniciais, pleass~

LEO ON.


Se é errado você desejar seu próprio irmão? Sim, é. Mas, como resistir ao corpo escultural do seu irmão?? Não tenho culpa se ele gosta de ficar sem camisa dentro de casa. E não tenho culpa do meu corpo desejá-lo. Mas já se tornou um vício meu observá-lo e cobiça-lo. 


Tipo, e até parece que ele nota, porque ele vive sem camisa perto de mim e tem o maldito costume de ficar me agarrando. Coisa que eu odeio porque eu só falto gemer com o calor de seu corpo. E ele é tão lindo. Os cabelos castanhos escuros, o corpo escultural, os olhos tão verdes e hipnotizantes, o jeito bobo e lento de ser. Ah, um deus grego.


E cá estava eu de novo, coberto até a cabeça com um cobertor, aproveitando a sauna que se formava lá dentro enquanto minha mão se ocupava com uma foto sua e a outra se ocupa em trabalhar no meu membro. O ar saia pesado da minha boca enquanto meus lábios se reprimiam em uma tentativa de conter algum gemido alto. Tombei a cabeça para trás, ofegando mais alto ao imaginar sua mão enorme trabalhando ali enquanto seus dedos trabalharia em outro lugar mais embaixo. Fechei meus olhos e acelerei os movimentos. O ar parecia cada vez mais escasso e respirar se tornou um desafio. Meu corpo começava a ter violentos espasmos enquanto o pé da minha barriga formigava e dava algumas fisgadas. Apertei meus olhos e mordi minha mão, engolindo um grito sôfrego e aliviado ao derramar tudo em minha mão.


Continuei ofegante pensando no meu irmão de vinte e cinco anos que devia estar trabalhando na empresa do nosso pai. E eu aqui, um moleque de dezesseis anos, me masturbando pensando em meu irmão. Olhei para a minha mão e vi a quantidade enorme de sêmen. Bufei e ainda fraco, fui até o banheiro. Onde tomei um banho relaxante. Ao sair vesti outra cueca e a mesma calça moletom e outra camiseta, que aquela havia ficado ensopada. Guardei a foto do Percy na gaveta e me deitei em minha cama. Passei a mão em minha testa e a desci até meus lábios, os tocando levemente. Lembrando do selinho que ganhei mais cedo dele.



Flashback on


— Bem, eu já vou indo, maninho! — o olhei atentamente e ele apenas sorria — Se cuida tá??



— Percy, não sou mais criança. Sei me cuidar. — reclamei com ele e o mesmo deu de ombros.



— Own você é e sempre meu caçula! Não demoro, ok? — ele segurou meu queixo e me puxou para cima, me fazendo ficar na ponta dos pés. Arregalei os olhos ao sentir seus lábios contra os meus, levemente. — Prometo. — ele sempre fazia isso comigo. Desde pequenos, mas aquilo sempre me desnorteou.


Flashback off


Bufei ao lembrar disso. Por que ele causava esse sentimento em mim?? Perguntei-me novamente e inspirei fundo. Olhei para o relógio e ele já devia estar chegando. Desci até a sala. Desde que ele voltará de Washington que estou morando com ele, ou seja, estou sofrendo. Entrei na cozinha e peguei uma coca, voltando para a sala e me jogando no sofá, coloquei em um filme aleatório e comecei a assistir. Nossos pais estavam viajando em lua de mel, e bem, eles foram para o Caribe então, longos meses lá. Continuei assistindo até que ouvi a maçaneta girar, e a porta de abriu.



— Cheguei! — disse ele sorrindo. O olhei sem ânimo.



— Estou vendo. — murmurei.



— Ora, tão insensível você! — resmungou ele, jogando a mochila de lado e se aproximando de mim, sentou-se no sofá e ficou me olhando, ignorei-o. — Não vai me dar um selinho de boas-vindas?? — franzi as sobrancelhas, sentindo meu coração palpitar mais rápido e o olhei, seriamente.



— Não. — respondi-o. Mas eu queria muito beijar-lhe selvagemente.



— Hm chato~~ — resmungou fazendo bico e levantou-se do sofá dando a volta no mesmo. Continuei a olhar para a televisão e quando levei a lata aos meus lábios, senti algo macio e quente ao invés de duro e frio contra a minha boca. Esbugalhei os olhos ao ver o Percy se afastar com um enorme sorriso no rosto — Então eu roubo. — piscou com o indicador sobre os lábios. Eu estava vermelho, de raiva, de constrangimento, de tudo. Ele sorria divertido e eu quis esganar ele.



— Idiota. — rosnei voltando a minha atenção a televisão e ele riu, subindo as escadas. E assim que tive a certeza de que ele subiu, e que ouvi a porta do quarto fechar-se. Comecei a pular e a gritar mudo de alegria. Meu maninho havia me dado um selinho!!! Fiz uma dança bem casual em cima do sofá e cantarolei baixinho qualquer música que veio em minha cabeça. Joguei-me no sofá e abracei o travesseiro, sorrindo abertamente e suspirando. Gritei com o travesseiro no rosto, e comecei a rir. Eu estava tão feliz…


Percy Jackson era meu meio-irmão e o amor de minha vida. E infelizmente eu não consigo resistir à ele.

.

.

.

.

.

.

.

 .

.

.

...

(Fim?)


Notas Finais


Espero que tenham gostado e se tiverem percebido algo errado em relação ao Percy me avisem, tipo, características físicas, porque antes era o Jason e eu consertei ainda agora então, deve ter passado algo que eu não vi :3

E sim, eu estava pensando em fazer um extra, mas não sei, se a fic for boa e tiver vários comentários e favoritos posso até pensar :3 se vocês quiserem claro.

Ok. Ok. Escrevo demais. Eu sei, mas peço que sempre leiam as notas iniciais e finais porque eu sempre coloco algo importante aqui, enfim.

Espero que tenham gostado e nos vemos na próxima!

Beijocas 030


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...