História Eu amo um Fudanshi. - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Itachi Uchiha, Naruto Uzumaki, Rock Lee, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Sasunaru
Exibições 159
Palavras 4.618
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Desculpa a demora ....gente eu tem vi o tempo passa e olha ...nossa um ano sem atualizar ....Não tenho nem o que dizer ...mais com só postei essa capítulo pra saber se vocês ainda querem que eu continuo ....Então deixem sua opinião nos cometário ....ah e meus leitores ...eu vou postar outras fics daqui a pouco ...Então se vocês quiserem ler...
Desculpa os erros até.

Capítulo 12 - Capítulo 12


Fanfic / Fanfiction Eu amo um Fudanshi. - Capítulo 12 - Capítulo 12

Abro meus olhos e os fecho novamente e o tampo com os lençóis, e praguejo por ter esquecido de fechar a janela...Os raios de sol atingem meu rosto....me sento ainda de olhos fechados....e por alguns segundos lembro me de um sonho que tive com meu amor.....um sonho maravilhosamente quente, foi tão ...tão real, me espreguiço e abro meus olhos uma segunda vez essa manhã e me deparei com lençóis laranja...Então...Não foi um sonho?! me levanto em um pulo....Olho o quarto todo decorado em tons laranjas florescentes, Eu tô mesmo no Japão?! sinto meu coração vibrar ...Estou de volta pra você Lourinho,....mais cadê meu Lourinho?  pego minha roupas no chão e as visto, observo o quarto que é todo laranja, como já tinha constatado... o mesmo é grande, com uma cama de casal e com dois criado mudo em cada lado, um guarda roupas grande, no canto uma mesa de estudo com um Notebook e uma impressora alguns porta retrato..., ao lado uma estante de vidro com seus mangás, (três porta retrato com foto minha com meu Naru e um com dona kushina com o lourinho e por último uma foto do meu Naruto sorrindo enquanto abraçava um ruivo sério....Não gostei nada disso) que por incrível que pareça está tudo arrumado em ordem alfabética. ..Como? isso não combina nada com aquele Lourinho bagunçeiro que eu deixei para trás a quase três anos, vou ao seu guarda roupas  e me espanto ao abri, sua roupas estão todas arrumadas e enfileiradas por cores, se o guarda roupa não tivesses repleto de roupas em tons de laranja (algumas roupas de outras cores ) diria que era de outra pessoa, até as cuecas boxe estão arrumadas...claro que eu amo arrumação, mas vindo de Naru é espantoso, meu cérebro grita dizendo "CADÊ NOSSO LOURINHO BAGUNÇEIRO?" ou "DE QUEM É ESSE QUARTO  E O QUE FIZERAM COM O MEU DOBE FUNDASHI?"....  sou tirado de meu devaneios por batidas  na porta.
-Sasuke....querido?- falou uma voz feminina.
-Ah bom dia, dona Kushina- falo assim que abro a porta.
-Bom dia, me desculpa te acordar, e que eu vou com o Raasa ao mercado e bom não vou voltar aqui-  falou e sorriu....perai, que é Raasa?...ah deixa pra lá  - O seu pai e sua mãe, vão passar aqui pra pegar você  e o Naruto as 11:30horas, tá bom?
-Claro sem problema, mas ...ah bom, onde está o Naru?
-Foi correr com Gaara logo logo ele chega - falou e olhou para o celular - já estou indo, ah o café está na mesa - falou assim que ouviu a campainha tocar -Tchau Sasuke até depois -Falou ao longe.
-Tchau dona Kushina - Então meu amor saio com seu amiguinho e me deixou dormindo?! Olho no relógio no criado mudo e me espanto com a hora 10:00horas meu deus eu nunca dormi tanto, vou a cozinha tomo um bom café. ...e eu sei que deveria tomar um banho antes, mas eu estou   faminto, alguns minutos depois...eu já tinha lavado e guardado tudo que estava na mesa (claro que tive que mexer em tudo, para ver aonde ia cada coisa) vou na sala esperar meu lourinho e antes que eu me sente no sofá escuto o barulho do portão, sendo assim eu fico perto da porta, quando meu amor entra e fecha a porta...eu o seguro contra a parede.
-Aonde você estava?em meu lourinho fujam, como você pode me deixar sozinho na cama em naru? - falo com as mãos dentro de sua blusa, sentido o mesmo arfar.
-Sasu, eu ah estava com o Gaara fazendo caminhada e você estava tão lindo dormindo...ah que eu não tive coragem de te ah acordar- falou arfando e soltando baixos gemidos, como uma provocação.
-Há lourinho se eu fosse você não me provocava- falo mordendo sua orelha.
-Ah porque Sasu an?- falou empinando sua bunda para minha direção, e rebolando assim que sentou minha ereção encostar em sua maravilhosa bunda.
- Porque senão, eu finjo esquecer que temos que ir no almoço na sala de seu amiguinho e te fodo com força - falou apertando sua cintura.
- Ahn, sua proposta e irresistível- falou entre gemidos, gemidos esses que me fizeram esquentar ainda mais - Então por favor...ah me faz delirar - falou ele enterrando o rosto na parede, tiro sua blusa de modo eufórico, seguido do short e a cueca, Beijo seu pescoço, desço para suas costas as beijando e chupando, chego em sua bunda...bunda maravilhosamente deliciosa, escuto o mesmo resmungar.
-O que foi naru?- já me ajoelhando na frente de sua bunda redonda, grande e nossa que perfeição.
-Ahn eu preciso tomar banho primeiro Sasu, eu tô todo suado - falou manhoso.
-Pra que tomar banho agora? se nos vamos suar novamente- falou afastando as bochechas de sua bunda...revelando sua entrada rosinha, passo meus dedos por cima de sua entradinha...ouvindo o mesmo arfar, enquanto o acaricio, minha boca beija, chupa e dão leves mordidinhas em cada lado de sua bunda - Vamos para o quarto? ou você quer ficar aqui mesmo? por se for, aonde fica o lubrificante?
-Ahn, Sasu vamos para o quarto.

Já no quarto.

Olho para o relógio em cima do criado mudo ...marcando 10:43, e o lubrificante do lado.
-Sasu, vamos rápido- falou me olhando com o rosto corado - porque ainda está de roupas? faz um estripis pra mim, faz?- falou se sentando na cama e ficando com as pernas afastadas, sua mãos deslizou por cima de seu pênis duro...fazendo uma leve carícia - Ahn sa-su ahn faz vai.
-Tá bom - falo fazendo uma dançinha ridícula ao meu ver, retiro minha blusa lentamente, sentir os olhos de minha vida em mim, passo minha mão por meu corpo, enquanto suspiro fundo, desço minha mão para minha calça , coloco minha mão por dentro da mesma e solto um gemido baixo, os olhos de naru duplicam com isso -Ahn Naru - retiro minha mão dentro da calça e começo a abaixar lentamente..terminando de tira lá com os pés, quase caindo e perdendo a posse sexy, logo já tiro minha cueca....e com esse movimento naru começa a se masturbar em minha frente -Naru, cara você está lindo se tocando assim - falo também com as mãos em meu pênis.
-Ah Sasu, ah você é lindo- falou entre gemidos.
-Você que é pequeno - falo sorrindo e chegando perto do mesmo, junto nos pênis e o masturbo em conjunto ao seu, a sensação da masturbação dupla...nos faz gemer.
- ah sasu ahn isso é muito ah bom - falou encostando sua cabeça em meu peito.
-Naru?
-O ah que sasu?
-Você poderia se preparar pra mim?- falo o vendo se afastar e me olhar com o rosto corado.
- Vo-cê quer...q-que...eu....ahn..me pre-pare, tipo de quatro an enqua-nto ...vo-cê me olha?
- É isso sim.
- Eu te-nho Ver-gonha - falou escondendo seu rosto no meu peito novamente.
- Não precisa ter vergonha, você iria fazer uma de minha muitas feitiches se realizar - falo sorrindo e passando minhas mãos por seus cabelos.
- T-tá bom -falou corado -Isso é tão em-bara-çoso - falou meu lourinho levantando da cama e pegando o lubrificante no criado mudo, voltando para cama e se posicionando de quarto - sasu eu estou com vergonha...
-Naru, se você...- paro de falar, assim que o vejo se penetrar junto com um gemido manhoso -sasu?- me chamou mas, eu fico mudo com aquela visão. ...e que visão - ...Sasu an eu ...es-tou te ...ah excitando ...ahn assim? - falou entre gemidos, me masturbo forte com aquela visão.
- Está sim  ah lourinho, você está divino assim, ahn perfeito agora coloca mais um dedo - falo o vendo penetrar outro dedo com facilidade. ..Também né, com tanto lubrificante- isso mesmo, agora se alargue, abra espaço para meu pênis ahn isso mesmo ah agora se penetre o mais fundo que conseguir.
-Sasu ahh - meu alto - vem ah sasu por favor vem.
-Claro...só ah só tire seus dedos e empina sua bunda gostosa o máximo que conseguir - falo e posicionado atrás do mesmo -isso mesmo se empine pra mim - falo sentindo meu corpo em brasa ...com a visão mais quente e maravilhosa -Eu vou entra em você naru e só vou parar quando eu estiver tudo dentro de você- falo me deitando em suas costas e sussurro em seu ouvido -E isso que você quer não é?- falo mordendo sua orelha.
- aahhh sim ..aahhh muito - me posiciono meu pênis em sua entrada e forço para entrar, seu interior me aperta...Quando mais entro...mais quente e apertado fica -Ahhh sasu você é tão ...ahhhhhhh grande ...tão ahhh tão per-fei-to - gemeu alto enterrando o rosto na cama ficando mais empinado - mais sasu ...eu ah eu pre-ciso sentir. ..Vo-cê se mo-ven-do ah den-tro de mim ah - me retiro de seu interior e volto com força - Aahnnn -Grito de prazer -De no-vo aahhhh isso de no-vo ah an mais isso ahhhhh  ai de no-vo ahhhh acerta ai ahhhhhhh isso ahhhhhhh sa-sa-su mais ah deus ahhhhh mais - gemia, gritava enquanto eu me enterrava dentro do mesmo, seu interior me morde, me engole...me aperta.
- ahhhhh tão quente...ah tão apertando ....ah isso na-ru me aperta...sin-ta meu pau mal-tra-tar seu ponto deli-ciosa-men-te doce...sinta com..Você fica che-io comi-go aqui....na sua en-trada, abri-ndo espa-ço...espaço essa que só eu po-sso preen-cher- falo entre gemidos, apertando sua bunda e mordendo seu pescoço...sem deixar de me enterrar no mesmo.
-ah sasu eu ...ahn eu vou ahnn.
-Isso mes-mo peque-no goze, goze para seu amor- falo também sentindo meu ápice chegar, o mesmo gozá e me aperta ainda mais me sufocando e me fazendo preencher seu interior - sinta meu leite te invadir - ficamos parados por alguns minutos tentando normalizar nos respiração-...eu te amo meu príncipe - falo me retirando de seu interior...ouvido o mesmo resmungar..e olho sua entrada vermelha com escorrendo de sua entrada...visão maravilhosa ...Assim eu vou acabar enlouquecendo, me deito ao seu lado, trazendo o mesmo  para o meu peito - Sasu se eu tiver sonhando...espero que ninguém me acorde - falou meu amor sorrindo e beijando meu peito, seu dedos brincam com meu mamilo.
-Ei pare com isso, isso faz cócegas - falo rindo. 
-oh o grande Sasuke Uchiha tem cócegas?- falou pulando em meu colo.
- Ei pequeno se você continuar em cima de meu amigão nos vamos  ter que fazer amor de novo...e bom...  eu adotaria mas, nos já estamos atrasados- falo olhando o relógio que marcava 11:25.
-Ahn? aí meu deus sasu...estamos atrasados - falou meu amor que levantou em um pulo.
-Você me empresta uma roupa?      porque bom. ..senão terei que ir com a de ontem. .ou eu vou pelado, você decidi.
-Claro que empresto, seria lindo te ver como veio mundo andando por aí, mas não quero mais pessoa apaixonadas por você...com roupas as garotas já se matam por você...imagina sem elas- falou com um bico - eu tenho roupas escuras na última porta - falou pegando um blusa laranja e uma calça preta e uma cueca.
-falando em roupas, como isso aconteceu? - falo apontando para as roupas perfeitamente arrumadas.
-Ah? o Gaara e um perfeccionista, assim como você, ele não deixa nada fora do lugar.
-Então o Gaara arruma suas bagunça e você deixa?
-E bom,....ele nem pergunta, só arruma e bom eu já não ligo mais,  foi difícil me acostumar com a organização no começo...mais bom, agora é fácil- falou envergonhado, eu não gosto nada de saber que outro cara colocando suas mãos nas coisas do MEU lourinho -o que foi sasu?
-Nada...só não gosto nada de saber que tem um cara pegando em suas coisas- falo...mas  não gosto do diploma sentido que essa frase tem.
-Pelo amor de deus....nos somos apenas amigos - isso que me assusta ...nos os também éramos só amigos ..grita meu inconsciente.
-ahn. tá  bom...Vamos tomar banho, antes que eu me estresse - falo pegando as roupas, uma blusa, calça e uma cueca boxe  ainda com etiqueta...que naru em entregou.

Enquanto isso...

Gaara On

O que será que o louro aguado está inventando agora...o que ele quis dizer com "aproveite", ando distraído e do nada esbarro em alguém, me fazendo cair no chão.
-ahn me desculpa- falo uma voz conhecida....mas que não me lembro de quem é.
-Tudo bem, eu ...Só estava distraído - falo me levantando com ajuda do ser que me derrubou, lento meu rosto e me espanto com o moreno em minha frente - L-lee?
-Oi ..Você sabe meu nome?- falou sorrindo com curiosidade, sinto meu rosto esquentar quando vejo suas mãos ainda me segurando- ah me desculpa - falou me soltando e se afastando dois passos - o Naruto falou que você estava aqui, eu pedi para correr com ele, mas ele falou que não poderia....mas ah você aceita correr comigo?- falou olhando para o chão...e eu continuo no mesmo lugar, petrificado.....O vento passar por nós e os cabelos de Lee se movem lindamente, seu cheiro masculino quase me faz gemer...meu coração está como se tivesse corrido uma maratona, minha mão estão gelada e trêmula, minha voz sumiu, eu nunca tive coragem de chega perto dele nesses dois anos e poucos ...e agora ele está na minha frente me chamando para uma corrida?
-Sabako no Gaara, você aceita - falou me olhando curioso,  claro que aceito...aceito namorar, aceito casar, aceito tudo que for pedido por seus lindos lábios....sinto meu rosto esquentar com esse pensamento -Gaara ...Você está bem, está vermelho..quer se sentar?- falou e nem esperou minha resposta, e já me puxou para o branco mais próximo, me fazendo sentar .....sentar ah deus...eu adoraria sentar no seu pau ahhnn falando em pau, seu macacão deixa todo seu  corpo marcado e bom seu volume está bem a mostra, o mesmo pegou uma garrafa de água de sabe lá aonde ele tirou e me entregou - bebé um pouco, o sol está muito quente...Você deveria ir para casa, podemos correr outro dia ...ah claro se você quiser....Você quer?...Tudo bem ..eu entendo, desculpa se eu te incomodei- falou triste.
- NÃO -grito e o mesmo me olha assustado -Er. .eu ...Não...que-quero dizer que ...aceito..Sair com você...Não...eu isso que eu quis dizer ....eu aceito....co-rrer com..Vo-cê - gaguejo e me enrolo com as palavras, como eu posso ter feito papel de idiota logo na frente dele?! penso sentindo meu rosto esquentar ainda mais, sinto meu coração acelerar e minha respiração ficar entre cortada, tinha cabeça começou a rodar e minha visão ficar turva ...a única coisa que é o mico. ..mico não gorila que eu tô passando na frente de meu único amor.
-Gaara...Gaara fala comigo - e assim tudo fica escuro e silencioso.
Acordo e me vejo em um quarto que não é meu....Pois tem cartazes de artes marciais, na estante troféus e medalhas....meus olhos percorrem todo o quarto e para novamente na estante, mais preciso nos porta retratos, vejo um moreninho de aproximadamente uns dez anos fazendo exercício e outra foto com o mesmo plantando bananeira, subindo em árvore e muitas outras ...todas com o mesmo sorriso lindo, seus olhos tem um brilho cativante ....Lee e sempre foi o ser mais lindo que eu já conheci....sou tirado do meus devaneios por vozes do outro lado do cômodo.
"- Então gosto...Lee- falou uma voz ofegante -Aqui está bom.
-Adorei, ficou perfeito Gai-sensei - falou Lee eufórico - Só coloca devagar.
-Eu sempre tomo cuidado Lee, já você...e todo agitado, ah sempre fica dolorido no final.
-É eu sei, mas há força da juventude corre por meu corpo - falou feliz -Há isso ....Não...Não se mexa    espera um pouco...tá bom?
-Eu sempre espero Lee."
Eles estão fazendo o que eu acho que estão fazendo? meus olhos se enchem de lágrimas, minha boca seca, minhas mãos ficam trêmulas....eu nem tinha notado que já estava na porta do quarto...fico parado alguns minutos ...Será que eu devo ir lá ver? ou não?...quer sabe ....abro a porta um pouco e olho de fresta da mesma...mas apesar de tudo não consigo ver nada.
-Eu vou ver como esta o Gaara- falou Lee...e eu corro e me deito na cama fingindo está desmaiado ainda, escuto a porta sendo aberta e passo até mim, sinto sua mão deslizar em meu rosto, me fazendo arrepiar e sentir cócegas...me mexo  e já aproveito e finjo acordar.
- Ah? aonde eu tô? como eu vi parar aqui? 0 que aconteceu comigo? - falo sem olha lo.
-você está na minha casa, eu te trouxe para cá quando você desmaiou, como se senti?
- Ahn bem ...me sento bem - falo me levantando, e pra piorar levante muito rápido...e senti uma leve vertigem...sendo amparado por Lee, suas mão grandes seguraram firme meus braços me mantendo apoiado...seu corpo está tão cheiroso ...um cheiro de sabonete e perfume  -O-obriga-do.
-De nada, vem por aqui- falou abrindo a porta e me puxando junto, a porta dava a um corredor no final da mesma tinha uma prateleira com alguns troféus grandes e ao lado estava o professor com um pano na mão tirando pó de alguns troféus igualmente grande e ao seu lado está alguns troféus no chão.
-Gostou? acabamos de colocar essa prateleira - falou sorridente...e só agora 11 e noto seus cabelos úmidos  - a estante não tinha mais e lugar - falou me puxando para um dos cômodos ....Já dá porta ele mostra a estante..que está lotada de troféus.
-Nossa! e eu gostei daquela prateleira e da estante....lindo troféus.
-Eu ah - falou e logo que Lee entro na sala, tropeçou no tapete e caiu de cara no chão - aí ahn.
-Lee? Você esqueceu do tapete de novo? - falou Gai-sensei rindo ainda da porta  - depois fala pra mim ter cuidado irônico não?   Oi Gaara falou parando de meu lado, e olhando Lee ainda deitado (esticado) no tapete.
-Oi Gai-sensei, Lee? - falo baixo - você está bem?
- Eu an estou medindo o tamanho dos linhas do tapete- falou e eu olho confuso para o professor.
-São só Desculpas esfarrapadas...ele fala a mesma coisa sempre, levanta Lee - falou voltando para os troféus.
-Eu estou bem aqui - faliu baixinho.
-você está legal?-falo andando em sua direção.
-Estou - falou se sentando ainda de costa.
-Certeza?- falo parando em sua frente, o mesmo estava de cabeça baixa...me sento ao seu lado - Lee?- o mesmo levanta o rosto minimamente e eu vejo seu rosto vermelho -está doendo muito?
-Não está doendo...Eu ...só....só estou com vergonha - falou ele me olhando e sorrindo tímido -Isso sempre acontece ...mas só o Gai-sensei que já viu....eu sou muito distraído...só fiquei com vergonha de cair na sua frente - falou mexendo é um seus cabelos.
-Ahn tudo bem ....pelo menos você não desmaia....ou fica congelado - falo rindo de seu olhar confuso - sabe quando eu estou com vergonha desmaio ou eu fico congelado no lugar e pra piorar eu fico mudo - falo sentindo meu rosto corar por seu olhar estar em mim.
-Então você está com vergonha aquela hora.... ahn ...pelo menos você não dá Desculpas sem noção - falou sorrindo e eu sorrio junto - você tem um sorriso lindo Gaara ...Você deveria sorrir mais.
-Ahn - resmungo envergonhado, mesmo que eu tentasse falar tenho certeza que nada sairia...sou tirado de meus pensamentos pelo barulho do meu celular.
       
       ligação  On
-Ahn alo?
-Gaara? onde você está? Você está bem? - falou meu irmão.
-Oi kankuro, estou bem sim, estou na casa do L-lee- falo sentido seu olhar em mim.
-Espera ....aquele Lee? o de cabelo de tigela? que você é apaixo.
-E sim kankuro - falo o cortando antes que ele termine aquela frase- porque você me ligou?
-você se esqueceu que hoje os Uchihas vão almoçar em casa?- falou baixo como se quisesse guardar um segredo -E não muda de assunto.
-ah? nossa estou muito atrasado?
-só se você demorar mais de um minuto - falou soltando um suspiro - an shino não faz isso ...eu já estou arrumado seu chato.
- eu já chego espera..... eu ah será que eu  posso levar uma pessoa?
-Claro Gaarinha. ..- falou rindo logo depois - para de me fazer cócegas  seu idiota.
-Cuidado...Não esqueça a porta aberta - falo levantando meu rosto que nem tinha notado abaixar e Lee estava distraído do suas pulseiras e brincando com uma de âncora.
-Eu já olhei, não precisa ficar preocupado marinho, estou pensado em falar para o papai, que eu e o shino estamos namorando ...ele fica de ótimo humor quando a dona kushina  está por perto.
-verdade, eu já estou indo Tchau kankuro.
-Tchau e não demora - falou e logo desligou.
        
                  ligação off
-Gaara você não vai fica para o almoço?
- sinto muito, hoje tenho visita em casa- falo sorrindo pequeno - mas ....ah você quer ir comer comigo? digo almoçar é claro -  falo envergonhado com o duplo sentido da frase.
-você está me chamando para almoçar? na sua casa?
-Es-tou...sim, vo-você quer?
-Claro....mas, só se você aceitar vir aqui algum dia para almoçar....Então, você aceita?
- Aceito sim - falo sorrindo feliz por não ter gaguejado - Então vamos? 
-Vamos - falou se pondo em pé e fazendo uma posse linda na minha opinião - porque a força da juventude corre por minhas veias - fazendo por fim um jóia com a mão.
-Esse é o meu garoto - falou gai-sensei parado na porta com uma posse idêntica à de Lee, sinto meu coração doer...Será que eles tem mesmo algo? - você é meu orgulho - gai-sensei falou com lágrimas nos olhos.
-Obrigado, Gai-sensei - falou Lee choroso se jogando nos braços do mesmo, sendo abraçado prontamente.., aquilo me encomendou tanto que me levanto do chão e saio da sala a passos rápidos, não quero presenciar aquele momento de carinho do "casalzinho", passei por umas portas até encontrar a da saída...que deu para a lavanderia e por fim ao quintal, procuro pra que lado fica o portão de saída, quando o encontrei...escutei passos atrás de mim.
-Ei, eu levo vocês - falou o homem que tem o amor da minha vida.
-Não precisa Gai-sensei - falo rápido.
-Claro que precisa - falou Lee que chegou logo atrás de Gai-sensei - você mora longe que eu sei, e nunca chegaremos em vinte minutos andando.
-Eu tenho que passar no mercado e pagar algumas contas e aproveito e deixo vocês lá - falou Gai-sensei sendo seguido por Lee.
-Vem - falou Lee, passo pelo portão sendo trancado por Lee, seguindo para o carro azul marinho.

Alguns muitos depois, já em frente de casa.

-Uau - falou Lee com os olhos brilhantes- Gaara que casa linda, você mora quando tempo aqui?
- Faz quase três anos - falo ainda parado na frente de casa.
-Aonde você morava ante?
- Eu...- fui cortado por uma voz gritante e feliz.
-Gaara- falou se jogando em minhas costas.
-Ahn Oi de novo Naruto- falo me livrando de seus braços, assim que vi seu rosto...pude ver seu sorriso sugestivo, me aproximo de sua orelha e sussurro- Você é muito malvado sabia ...sua loura de farmácia.
-Eu sou apenas um podre Fundashi, que quer ajudar o seu melhor amigo ruivo, a ser amado e ter o prazer de fazer um lemon delicioso com um atleta de macacão- falou se afastando e me olhando com seus olhos brilhantes.
-Seu amigo da onça - falo sorrindo, e antes que eu possa dizer mais alguma coisa, escuto um resmungo...resmungo não ...estava mais para um rosnado ....Como um animal selvagem, meu olhar para em um ser com cara nada amigável...me olhando como se quisesse me matar da pio forma possível - então esse é o tão famoso Sasuke Uchiha.
-E você deve ser o tão famoso Sabako no cu...ops....diz dizer Gaara- falou com um sorriso venenoso, se pondo ao lado de Naruto e o abraçando pela cintura.
-Sasuke - falou Naruto corado - o que deu em você? Você nunca fala palavrão.
-Isso se chama ciumes - falo rindo - Não se preocupe Uchiha, eu não gosto de louros, prefiro os morenos - falo pisando um olho e Naruto me olha indignado, e abraça o Uchiha...eu em? que ciumes.
- Seu cabelo de fogo fica ligue do meu namorado - falo ele me olhando sério, seus olhos azuis por uma fração de segundo ficou laranja ...nossa deu até medo agora -Eu te ajudando com o sombrancelhudo e é assim que me agradece - foi aí que eu me lembrei que Lee ainda estava ao meu lado, meus olhos seguem em sua direção e o mesmo por incrível que pareça....Estava plantando bananeira, e andando pra lá e pra cá e contando quantos "passos" ele consegue dar e pela suas contas...ele já tinha passado de oitenta passos.
- Espera esse é o Lee?! caramba ele não mudou nada - falou o Uchiha e riu logo depois, chamado a atenção de Lee, que parou o que fazia e volto a ficar em pé com seus pés (risos)
-Sasuke?
-Oi cabelo de tigela - falou fazendo um pequeno aceno.
-Sasuke. ..oh meu deus, quando foi que você voltou?
-ontem cedo - falou beijando os cabelos de Naruto.
-E nem avisa os amigos - falou dramático e sorrindo depois - Quando o Naruto falou que estava namorando eu achei que era outra pessoa,  eu até já tinha imaginado sua cara quando soubesse que seu amor estava com outro -falou rindo-  já estava até imaginado a morte do coitado.
-ainda bem que você sabe Lee, porque se você pensar alguma coisa pervertida com meu namorado e eu encobrir, eu corto o que você tem no meio das pernas - falou o Uchiha com um sorriso quase diabólico nos lábios, me fazendo arrepiar de medo -Então em diz quantos  centímetros tem seus brinquedinho?- me engasgo e começo a tossir...Como o Uchiha pergunta isso assim do nada?!
-Vinte - falou Lee feliz, como se não tivesse acabado de ser ameaçando. .mas espera...vinte é grande ...muito grande...o meu e dezesseis, sinto meus pulmões faltar ar, meu rosto fixa quente, será que ele vais ser cuidadoso comigo? claro se algum dia nos tivermos algo ...meus olhos ficam escuro por alguns segundos, escuto a voz estridente de Naruto me despertar.
- SASUKE, isso ...Isso é coisa que se pergunta?- falou do meu lado ...segurando em meus braços - Você está bem? - e antes que eu responda, escuto a voz de Uchiha.
-Só queria provar que eu sou melhor e mais grande que ele, eu tenho vinte e três centímetros de pura sedução...Então o que acha? eu sou o maior - falou sorrindo.
-Sasuke isso não é hora...Ei espera vinte e três, ah isso explica a sensação maravilhosa meu Seme.
- Se você é o maior, vamos ver quem é o menor, quantos centímetros você tem Gaara - falou Lee, sinto minhas pernas ficarem bambas.
-E-eu...Eu ..de-ze-sseis -  gaguejo.
-Eu tenho vinte - falou Naruto um pouco corado e com um bico -Eu sou tido errado Sasu, eu deveria ser pequeno como um Uke e não grande como um seme- falou choroso -Eu sou um Uke imperfeito.
-Você é perfeito meu amor - falou o Uchiha quase esmagando o namorado em seus braços e enchendo seu rosto de Beijos.
-Ei que pouca vergonha é essa?- falou uma voz masculina- vão fazer safadeza na casa da mãe Joana.
-Calado kankuro, deixa eles - falou shino  você melhor que ninguém gosta gosta de uma safadeza.
-Quieto shino -falou kankuro com um bico - vocês não vai almoçar? bando de crianças, vão ficar aí até quando?
-Já estamos indo - falo sorrindo para os dois parado na porta -Vamos - falou para os três ...dois abraçados e um fazendo exercício?!


Notas Finais


Beijos de chocolate 😚😚😚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...