História Eu culpo você ( One Shot - Sasusaku) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Visualizações 81
Palavras 771
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Uma one-shoot sobre um dos meus casais preferidos❤

Capítulo 1 - A carta


Fanfic / Fanfiction Eu culpo você ( One Shot - Sasusaku) - Capítulo 1 - A carta

Para Sasuke Uchiha

Não sei exatamente quando essa carta chegará até você ou se chegará, mas senti que precisava falar o que se passa na minha mente e no meu coração, ainda estou na faculdade de medicina aqui em Tóquio, esse ano é a minha formatura, então você sabe que ando muito ocupada com o meu TCC e preparativos para o baile, porém eu acordei hoje e pensei em você, na verdade é difícil não pensar, então resolvi escrever esta carta.

Ontem passei em frente a escola que estudávamos no fundamental, lembrei da primeira vez que lhe vi e fiquei como boba observando você de longe, eu era só uma menina encantada pelo garoto mais bonito da escola como todas as outras, o tempo passou e até nos aproximamos um pouco durante o ensino médio, talvez isso não deveria ter acontecido, você era um sonho distante, era alguém por quem eu tinha uma paixão platônica, mas com a sua presença constante eu passei verdadeiramente a vê-lo, você não era um príncipe encantado, nem era perfeito, seu sorriso não era como eu imaginava, você na verdade era cheio de dor, raiva, imperfeições, seu sorriso era triste, enfim, você era só um rapaz como qualquer outro, que por muitas vezes me feriu com palavras amargas e atitudes cortantes, mas quanto mais eu via seu eu verdadeiro, mais meu amor crescia, em algum momento eu alcancei seu coração, lembra quando você segurou a minha mão quando eu me machuquei e desejou por fim a quem me causou dor?! Eu soube alí que nós havíamos crescido e que poderíamos lutar contra nossas fraquezas e medos juntos. 

Aquela noite, a nossa noite, depois da festa na casa daqueles seus amigos do cursinho, formos até a sua casa, seu irmão havía saído e seus pais estavam viajando, nós não estávamos namorando nem nada, éramos apenas amigos, porém houve um momento naquela sala escura que seus olhos iluminados apenas por uma luz que atravessava o vidro da janela encontrou os meus, eu me perdi naqueles olhos eu soube que não poderia fugir de você, eu até tentei, desviei o olhar, inventei uma desculpa, mas você segurou minha mão me puxou para perto, nossos rostos ficaram tão perto, você olhou dentro dos meus olhos e me beijou, foi um beijo intenso e quente que fez meu coração disparar e daí em diante sabíamos que não poderíamos e nem queríamos fugir de nós mesmos, você me conduziu até seu quarto, fechou a porta, com seu braço esquerdo colou meu corpo ao seu sua mão direita acariciou meu rosto e novamente me beijou, dessa vez suavemente, sentindo meus lábios, eu me entreguei a você, suas mãos acariciavam meu corpo, cada toque, cada investida sua em mim, fazia com que eu me tornasse uma mulher, dormimos abraçados e acordamos com os nossos rostos bem próximos, eu estava feliz, mas não sabia que os próximos dias seriam de dor e separação.

Quando seus pais morreram e seu irmão foi acusado de assassiná-los sua mente se encheu de ódio e desejo de vingança, foram dias tristes, em que senti seu desprezo e abandono, depois de tantas lágrimas e raiva finalmente você descobriu que toda culpa havia sido de seu tio e que seu irmão era inocente, mas já era tarde  seu coração estava perdido e sua mente confusa por causa do suicídio de seu irmão.

Foi quando você veio até mim e me disse "até um dia, talvez" e me deixou apenas observando sua partida em busca de redenção.

Eu sei que isso é como um retiro espiritual, uma busca para pagar seus pecados cometidos, mas faz 3 anos que não nos vemos, tenho a esperança que essa carta chegue até você através do seu amigo Naruto,  que é o único que sabe do seu paradeiro. 

Saiba que meu coração ainda bate forte quando ouço seu nome, olho para as estrelas e lembro da noite em que nos amamos, e eu o culpo todos os dias pelo nosso passado empoeirado, eu culpo você pelo seu perfume que ainda está na minha pele, eu culpo você por eu não conseguir deixar te amar, eu culpo você,  porque eu sei ser somente sua.

Autora on 

A Sakura entregou sua carta para que Naruto entregasse ao Sasuke, o que ela não sabia é que Sasuke estava em Tóquio, e sua carta chegou até ele. 

Em uma tarde de primavera sentado embaixo de uma cerejeira florada ele leu sua carta e após terminar sua leitura, ele fechou os olhos e ao abri-los olhou em direção a universidade onde Sakura estuda e diz:

- Eu também a culpo por me fazer amá-lá tanto, estou voltando...

...minha Sakura.



Notas Finais


Obrigada a quem leu até aqui.
😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...